sábado, 11 de agosto de 2012

SÁBADO DE ESPORTE CHEIO DE ALEGRIA, TRISTEZA, DÚVIDA E MALDADE

Santo Deus, quem imaginou passar este sábado sentado no sofá da sala, regando-se a um bom vinho italiano e tira-gostos supimpas, na companhia de filhos e netos, recebendo presentes e cafunés, com certeza, não se decepcionou. Todavia, no mundo do esporte, recheado pelo Campeonato Brasileiro em suas diversas séries e na fase final das Olimpíadas de Londres, viveu momentos imponderáveis de alegria, tristeza, dúvida e assustado com a maldade das informações mentirosas do submundo do futebol.

Posso começar esta Trincheira com comentários sobre as informações maldosas. O site Lancenet divulgou matéria que no título já dava pra matar os atleticanos de coração. Informava que por ordem do Presidente Alexandre Kalil, o atacante Ronaldinho Gaúcho fora cortado da concentração e não enfrentaria o Vasco da Gama nesta tarde de domingo, no Independência. Motivo: Kalil fora à Cidade do Galo reunir-se com os atletas concentrados a respeito da confusão em que se envolveram Rever e Danilinho em Sete Lagoas. Disse para os rapazes que diante dos fatos, a concentração seria antecipada em dois dias daqui a partir de agora. RG-49 reagiu e bateu boca com o presidente. Kalil desmentiu tudo numa conversa telefônica com o repórter da Itatiaia, Roberto Abras. Quem pode ter inventado tudo isso e com detalhes? A quem pode interessar uma confusão dessas, se acontecida, realmente? Tal sujeira da grossa seguiu aos acontecimentos com a presença de André no Chalezinho e a confusão em Sete Lagoas. Penso que mudaram de estratégia nos planos pra derrubar o líder Galo fora dos gramados. E espero que o Urso Bravo esteja bem atento e, se possível, com a braveza e a falta de tato que o caracterizam quando pisam no pé do Galo.

Ainda no mundo da bola, o sábado reservou a decepção da Seleção Olímpica de Mano Meneses causada pela derrota incontestável perante o México por 2 a 1 na briga pela medalha de ouro. Os mexicanos ficaram com a melhor posição no pódio e coube a medalha de prata, me parece que já é a terceira, aos brasileiros. A decepção foi causada pela expectativa. Arrumamos uma Seleção pesada, de bons nomes e craques de prestígio internacional. Jogadores supervalorizados. Amarelaram em Londres. Talvez seja o inicio da queda de Mano Meneses e o fim de alguns atletas na Seleção Brasileira. A CBF, segundo o presidente Marins, manteria Mano apenas em caso de vitória. Murici Ramalho vem por aí

Logo depois dessa decepção, a alegria intensa com as meninas do José Roberto – o único brasileiro tricampeão olímpico: ganhou com os rapazes e foi bi com as meninas – que atropelaram os Estados Unidos após saírem perdendo o primeiro set. Fizeram a virada e botaram 3 a 1 nos ianques e a medalha de ouro no peito. A terceira do Brasil nas Olimpíadas. A emoção não para porque neste domingo vamos à luta por nova medalha de ouro pro vôlei masculino.

Não houve decepção com o nosso boxe. Pelo contrário, tivemos medalhas históricas. Os irmãos Falcão fizeram bonito, também. O mais novo deles, na final do peso médio até 75 kg, Esquiva Falcão Florentino perdeu para o japonês Ryota Murata, mas confirmou o melhor resultado do boxe brasileiro em Jogos Olímpicos. Foi derrotado na contagem final por apenas um ponto – l4 a 13. Levou a inédita medalha de prata, numa polêmica punição no último assalto que lhe tirou a vitória. Antes desse histórico segundo lugar olímpico, os medalhistas do boxe brasileiro eram Servílio de Oliveira, com o bronze na Cidade do México-1968, e Adriana Araújo e Yamaguchi Falcão (irmão de Esquiva), terceiros colocados agora em Londres-2012.

Voltamos ao campeonato brasileiro: à tarde, o América despencou pro sétimo lugar. Chegou a liderar a Série B, com quatro pontos na frente dos adversários e agora está longe do G-4. Foi derrotado neste sábado pelo Vitória da Bahia no Estádio Independência por  2 a 1. Nesta rodada, a 15ª, o Boa perdeu de 2 a 0 para o Goiás, no Serra Dourada e o Ipatinga conseguiu o incrível resultado de 2 a 0 sobre o Bragantino, lá em Bragança Paulista. O Boa Esporte está em 14º lugar perto da zona do mal e o Ipatinga está atolado lá dentro.

CRUZEIRO VENCEU, MAS SEM  MOSTRAR NADA

Então todos fomos esperar a apresentação do Cruzeiro, no estádio Pituaçu, em Salvador, contra o Bahia. Celso Roth cumpriu a promessa de mudança e fez uma salada na equipe. Colocou Thiago Carvalho na zaga com Léo e sacou Victorino. Tirou, também, Diego Renan e botou Marcelo Oliveira na lateral esquerda. No meio-campo, Tinga foi pro banco e entrou o garoto Lucas Silva, que apesar de errar muitos passes teve uma atuação segura na marcação. No ataque, voltou com a dupla Wellington Paulista e Borges, equívoco total. Jogar com dois centroavantes Roth já comprovou que não funciona.
O primeiro tempo ainda foi tolerável e o Cruzeiro fez l a 0, gol de Montillo, e até poderia ter feito mais. Borges perdeu incrível oportunidade, em jogada do argentino. No segundo, o Cruzeiro jogou feito time pequeno. A bola não parava no ataque e o Bahia pressionava. Os azuis chutavam pra frente, pro alto, para os lados. A ruindade do Bahia ajudou o Cruzeiro a conseguir a vitória por l a 0 e subir para o sexto lugar, com 26 pontos. Quarta conquista dele fora de Beagá.
No intervalo, Roth tirou Borges e informou que fora por decisão tática. Entrou com Anselmo Ramon e deixou Wellington Paulista, que, como no caso de Borges, não jogava bem. Anselmo esteve omisso. Antes, como acontece em todos os jogos, Ceará pediu pra sair e entrou Diego Renan. Quase no final, Montillo também pregou e entrou Souza..
Pra não ser totalmente desagradável, direi que ao contrário do jogo contra o Santos, o time mostrou vontade de vencer em Salvador. Brigou muito. Está mal escalado, foram feitas substituições equivocadas, e a maioria não tem preparo físico. Tá num bagaço de fazer pena.

Nos outros resultados de sábado, o Santos empatou no Pacaembu com o Atlético-GO por 2 a 2 e o Sport perdeu em casa, na Ilha do Retiro, por l a 0 pro Figueirense.  
Na Série C, outra alegria: o Tupi Futebol Clube venceu o Brasiliense por 2 a 0, neste sábado, deu o primeiro passo rumo a melhor posição no Campeonato Brasileiro da  Sílvio e Cassiano fizeram os gols. A partida foi no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora. Com a vitória, o Galo Carijó soma agora seis pontos, deixou a última colocação do Grupo B. Tentará, no próximo jogo, sexta-feira, em Itápolis, contra o Oeste, se aproximar do G-4.

3 comentários:

  1. O futebol brasileiro passa por uma crise tecnica, isso é evidente e é agravada por esses treinadores com suas taticas mirabolantes e até eu, q não sei nada de tatica, posso afirmar q eles são fraquissimos.Mano Menezes pode ser bom para clube, mas em termos de selecão foi mais uma invencão do Andres Sanches.Celso Roth é outro enganador, com fala empolada e com um ego do tamanho do mundo, o q desagrada a maioria dos jogadores com quem trabalha.Seu trabalho não vai para frente , pois perde o comando do grupo facilmente, como foi no Gremio(liderava o campeonato e num voo humilhou o meia Douglas na frente dos companheiros, q a partir daquele momento perdeu a confianca no treinador, e o time despencou ladeira abaixo), no Galo e em todos os times q passou.A gente olha para o mercado e fica apavorado por não termos opcões de bons treinadores.E nem de bons jogadores.essa derrota pode ser boa , pois podemos estar forjando , na derrota, uma geracão vencedora, como foi em 88 e q ganhou a copa de 94.Por outro lado , ao vermos q será esse time para a copa de 2014, a situacão é preocupante, pois não vejo grandes jogadores no mercado q possam integrar essa selecào e mudar o quadro atual.

    ResponderExcluir
  2. Sobre essa nota do lance, posso te afirmar q a FLAPRESS é muito forte e não engole o bom momento de Ronaldinho no Galo.O clube q abra o olho , pois irão fazer de tudo para derruba-lo, fora de campo, nesse brasileiro.Como sou botafoguense, acompanho direto o q acontece no Rio e a Flapress quando quer derrubar algo usa de tudo q tem direito.O Cuca sabe disso pois trabalhou 2 anos no Botafogo e sofreu na mão dessa turma.No caso do galo, ainda tem o Kalil q bateu de frente com a Globo, sendo o ultimo a assinar o contrato e é desafeto da turma da rua da Alfandega(CBF).E futebol,não se ganha apenas dentro do campo , não.

    Feliz dia dos pais para vc também....

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.