terça-feira, 7 de agosto de 2012

SANTOS X CRUZEIRO, O CLÁSSICO QUE UM DIA FOI O MAIOR DO BRASIL



Sem saudosismo, sem resgatar a época de Raul, Perfumo, Piazza, Tostão, Dirceu Lopes e Cia contra Gilmar, Carlos Alberto, Zito, Coutinho e o Rei Pelé, páginas do passado, o importante é acompanhar a busca de recuperação do Santos, quase na zona do rebaixamento, e do Cruzeiro, saído de uma derrota (2 a 1) em casa pra Ponte Preta, numa enorme decepção da torcida. Na foto, Tinga, Roth e Guerreiro (Ramon Bittencourt/VIP-COMM)

Como os azuis irão conseguir tal reabilitação na Vila Famosa nesta quarta-feira à noite? Pela enésima vez, Celso Roth anuncia a alegria de fazer duas partidas seguidas sem mexer na equipe. Porém, minuto antes da partida, entra com qualquer surpresa. Tática pra surpreender o adversário? Duvido. Coisa de treinador turrão que adora inventar táticas defensivas, com jogadores de sua panelinha, e não escala um time à altura do Cruzeiro.

Os velhinhos celestes, aqueles sem condições físicas ou técnicas ideais, estarão em campo, contra o time jovem e renovado do Santos, sem vários titulares importantes como Neymar, Ganso, Dracena e com as renovações ousadas de Murici Ramalho em campo. Rezem pra que nova decepção não aconteça e o Cruzeiro despenque, outra vez, na tabela de classificação do oitavo lugar pra uma posição menos confortável.

AMÉRICA CRÊ EM MILAGRES

Esta bem informada Trincheira comete seus deslizes em alguns comentários importunos e informações imprecisas, porém acerta bastante: na segunda-feira anunciei que o América dispensara Givanildo e passaria acreditar em Milagres. Trocadilho aceito, e desmentido por Marcos Salum. As especulações giravam, de araque, em torno de Jorginho, Lula Pereira e Adilson Batista pra dar satisfação a algum grupo cético quanto ao sucesso do “inexperiente” técnico da base americana.

Visto não ter se encontrado ninguém melhor, Salum confirmou o que a Trincheira já sabia: Marco Antônio Milagres seria o novo treinador do Coelho. Por favor, deixem o moço trabalhar sem pitacos e cornetadas, coisas bem próprias da torcida, conselheiros, e da quantidade de presidentes que o clube tem.
 
Ainda bem que o nome de Milagres ( foto de Fernando Martins/Globoesporte.com) saiu do consenso numa reunião dos nove integrantes do conselho administrativo do América, o gerente de futebol Jair Albano Félix e o superintende Alexandre Faria. Eles chegaram à mesma opinião de que Milages pode comandar o América, sim senhor, até o fim da Série B e com sucesso. Vamos torcer juntos.

Milagres tem feito sucesso
no time sub-20 que comandou no final do ano passado na s conquista do Campeonato Brasileiro da categoria no Rio Grande do Sul.  comandou o time sub-20 que conquistou o Campeonato Brasileiro da categoria, no Rio Grande do Sul.  Este ano, disputou a Libertadores de juniores e fez bonito, sendo eliminado nos pênaltis, nas quartas de final, pelo River Plate, da Argentina.

CBF DEFINE JOGO FLA X GALO

Até que enfim a CBF
definiu a data e local do jogo adiado entre Flamengo e Atlético. Se tivesse feito isso na época devida não teria gerado tanta discussão e acusação. A partida foi marcada pro dia 26 de setembro, numa quarta-feira, às nove da noite, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, com capacidade pra 20 mil pessoas.

Vou à minha tabela do campeonato e apuro que a data escolhida está entre a 26ª e a 27ª rodadas, ou seja, no segundo turno da competição. Casualmente poderá servir pra roubar o título simbólico do Galo, reconhecido pela mídia nacional no caso de algum time do eixo, de campeão do verão, ou inverno, sei lá. Antes, o Galo joga em casa contra o Grêmio e depois sai pra pegar a Lusa, no Canindé.

A capacidade máxima  do projeto “Galo na Veia” foi atingida e o clube conta agora com 5.400 sócios que contribuem mensalmente com R$ 200,00. Têm direito de assistir todos os jogos do time no Estádio Independência. O mais importante é que dará ao clube um faturamento mensal de R$ 1.080 milhão. Claro que as despesas da promoção devem ser deduzidas daí e o Galo põe no cofre apenas o valor líquido, escondido a sete chaves.

Aviso aos inadimplentes: haverá um balanço mensal e os sócios com duas mensalidades atrasadas, seja seguidas ou intercaladas, serão afastados e outro cadastrado será chamado. Segundo o presidente do clube, Alexandre Kalil,( na foto, como sempre de cara amarrada, de Bruno Cantini-Atlético) o “Galo na Veia” terá crescimento gradativo. E pensar que o Internacional em 100 mil sócios/torcedores! Que falta faz um bom estádio próprio.

Este é um dos atrasos do futebol mineiro, se comparado ao do Rio Grande, de Santa Catarina, do Paraná, de Salvador, e do Recife. Os times maiores têm seus próprios estádios. Direis: têm centro de treinamentos? Alguns sim, e muito bons. Todavia, está próprio é como você estar no apartamento próprio. Quem paga aluguel sabe que é dinheiro sem volta.

Até o estado de São Paulo aderiu ao pensamento. Antes, o único grande sem moradia, jogando em estádio emprestado pela Prefeitura – Pacaembu – forçou o presente dos governos federal e estadual, o Itaquerão, sob pretexto de o maior estado do País ficar fora da Copa/14. Imaginem como serão todos os times paulistas no futuro próximo.

Informe da Gazeta News - Sem o meia Paulo Henrique Ganso e o atacante Neymar, o Santos sofre no Campeonato Brasileiro. Com a dupla representando a Seleção Brasileira nas Olimpíadas, o Peixe somou apenas uma vitória em seis jogos – além de dois empates e três derrotas. Por isso, o técnico Muricy Ramalho admite as dificuldades em montar um time competitivo durante esse período sem Ganso e Neymar, além da falta de opções dentro do elenco santista.

Murici aguarda, também
, a regularização do argentino Patrício “Patito” Rodríguez. E
Sem poder contar com nenhum destes três atletas, e mais  meia-atacante Bernardo, ex-Cruzeiro.Nem os retornos dos volantes Adriano e Arouca, animam Murici. .Eles não estiveram em campo na derrota pro Náutico (3 a 0) cumprido automática.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.