quinta-feira, 27 de setembro de 2012

APÓS DERROTA NO RIO GALO ENFRENTA LUSA PRA MANTER OBJETIVO DE CUCA


Acabou aquela história de que o Atlético tinha um jogo a menos que o Fluminense. Todos os times têm 26 jogos no Brasileiro, e os pontos previamente ganhos, na cabeça de alguns apressados coleguinhas e torcedores, do adiado jogo contra o Flamengo estão perdidos. A derrota por 2 a 1 no Engenhão segurou o Galo na vice-liderança com 52 pontos, quatro atrás do Fluminense. As contas antecipadas passam a ser outras: o confronto direto com o líder aqui no Independência, que poderia diminuir tal vantagem.( Foto de Alexandre Loureiro/VIPComm)
O técnico Cuca projetou 12 pontos para setembro e o mesmo número para outubro dentro da caminhada pra conquista do título. Contudo, o Atlético marcou apenas oito pontos até agora e tem chance de chegar a 11 diante da Lusa neste sábado no Canindé. Se conseguir tal feito, terá de fazer 13 pontos em outubro. Se a derrota decepcionou alguns e impossibilitou chegar ao objetivo de Cuca, resta manter o foco no título e correr atrás da recuperação em São Paulo.
Nada de anormal, conforme esperava este filho do Sodico, aconteceu no Engenhão. O Flamengo jogou melhor, com maior disposição e anulou as jogadas do Atlético. Nem o gol de Jô, empatando a partida em l a 1, após Wagner Love ter feito um belo gol para os rubro-negros, permitiu respirar ares de virada. O Flamengo voltou a marcar, outro belo gol, com Liedson, falha coletiva da defesa.
Na coletiva, Cuca deixou nas entrelinhas o favorecimento da arbitragem do baiano Jailson Macedo, porém pura transferência de responsabilidade. Apitou bem e expulsou corretamente Rever, aos 28m do segundo tempo, por agressão ao adversário, com um soco, dedurado pelos demais assistentes da arbitragem.

PALAVRAS DURAS DE MAURO
E desnecessárias. O desabafo de Mauro Fernandes, após a derrota do América por 2 a 1 diante do Grêmio Barueri, até então lanterna da Série B, poderia ser evitado. Treinador experiente, andado, ele sabe perfeitamente o mal que causou ao grupo ao afirmar que o presidente deveria dispensar todo time pela vergonhosa atuação. No futebol não existe os justos pagam pelos pecadores. Os pecadores pagam pelos pecadores. Um comandante atento sabe quem errou fora do comum e quem tentou acertar apesar de a falta de apoio dos demais. Mauro terá problemas daqui pra frente. (Foto de Marcos Michelin/EM -DA Press) 

PARADAS TORTAS DO CRUZEIRO

O pessimista diria: não há outro caminho para o Cruzeiro senão aquele sofrimento do ano passado, à porta do descenso. Os menos céticos acreditam, no entanto, que o time conseguirá no maior sacrifício vencer o Internacional neste sábado em Varginha e depois conseguir, ao menos, um empate diante do Grêmio em Porto Alegre. Ah, na sequência terá a Lusa no Melão se o STJD não mudar a punição de perda de seis mandos de campo. Com 35 pontos, o foco dos azuis, realmente, tem que se voltar para o fantasma do rebaixamento. Precisa de mais nove pontos pra não esquentar a cabeça.
As notícias ruins são constantes na Toca da Raposa. Ruins para o trabalho de Celso Roth, que segundo o presidente Gilvan do Pinho Tavares, está firme no cargo visto que a diretoria não pensar em cometer o desatino de trocar de treinador agora. Bem, essa informação para alguns é ruim, pra mim é a mais inteligente no momento.
Ruim mesmo foi saber que o time poderá ficar sem Victorino por três partidas. De preterido pelo treinador, o uruguaio voltou com a corda toda, jogando bem. Vai desfalcar o Cruzeiro por causa de sua convocação para a seleção uruguaia que disputa as eliminatórias da Copa do Mundo. No dia 12 de outubro, O Uruguai enfrenta, em Mendoza, a Argentina, que lidera a disputa, com 14 pontos. Quatro dias depois, jogará contra a Bolívia. Os uruguaios estão em quarto lugar, com 12 pontos.
Victorino, portanto não enfrentará a Lusa, dia 10; nem o Flamengo, dia 13 e poderá ficar de fora, também, no jogo contra o Corinthians, di8a 17. O pão de Roth precisa cair com a manteiga pra cima. Justo agora que tem composto bem a sobra na defesa do Cruzeiro, recuperando sua antiga forma. 

6 comentários:

  1. Estavam tratando este jogo como uma vitória adiada.

    Aquele título de campeão do primeiro turno só serviu para o time subir nos saltos.

    O Atlético já viveu várias vezes esta situação do Flamengo. Mal colocado e vencendo times da ponta.

    Por isso eu peço ao jornalismo, menos paixão e mais razão para não distorcer a realidade.

    ResponderExcluir
  2. E o Orlando disse que vai exibir amanhã o lance Cáceres agredindo o Réver.

    Digam para ele que isto não existiu. Foi invenção plantada para desviar o foco.

    Ele deveria mostrar a agressão do Réver que ele não exibiu hoje. A Globo mostrou quem agrediu quem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoas que o conhecem me disseram que ele tem preferência pelo galo. Mas ele diz o contrário na tv.

      Excluir
  3. Quando o Danilinho levou uma cotovelada do Roger compararam com o UFC.

    Naquele mesmo jogo o Danilinho tinha dado uma voadora no Montillo no início do jogo.

    Agora vamos ver se a imprensa vai reprisar o lance do Réver mil vezes. Acho que não né? Ele faz parte do time da CBF.

    ResponderExcluir
  4. Perder para o fla no Rio é normal.Não pode o galo tapar o sol com a peneira e não reconhecer o momento ruim, q num campeonato longo como esse , aconteceria mais cedo ou mais tarde.Resta saber se o time assimilou esses golpes e terá forca para reagir, pois não tem nada perdido.O Flu tem muitos jogos dificeis pela frente, inclusive 3 classicos regionais.Não pode o galo entrar em parafuso e cometer erros como o de Rever.Sobre esse jogador, não importa se ele foi agredido ou não, pois sua acão/reacão foi intepestiva , e preocupa por ter partido do capitão do time, o q pode nos levar a crer q os nervos na cidade do galo andam a flor da pele.Jogo difil domingo e uma vitoria pode colcoar o time nos trilhos de novo.Sobre o juiz do jogo contra o fla, o arbitro apitou bem e não há o q reclamar.Faltou o galo entrar em campo.Só isso....

    ResponderExcluir
  5. Obrigado por suas participações. O Foro está aberto pra discussões. Abs a todos.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.