segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

RECADO PRO MARCELO OLIVEIRA: ANTES DE AVALIZAR CONTRATAÇÕES DUVIDOSAS ANALISE BEM BASE DO CRUZEIRO



Todo este latifúndio da crônica esportiva livre e independente das Geraes será distribuído hoje aos meus impávidos leitores pra machucar quem estiver na linha de fogo, inclusive este filho do Sodico.

Começo esta reforma gráfica literária (chique, né?) com a mensagem de Gastão P.Lopes (Uberlândia) sobre a minha defesa aos jovens talentos das divisões de base da Toca da Raposa.

"Não é que você certo, Flávio! O Cruzeiro contratou um monte de cabeças de bagre este ano e nenhum deles chega aos pés dos meninos Wallace, zagueiro; Vinicius Araújo, atacante; Alisson – um craque já feito – meio-campista e Lineker, atacante. Gostei do que vi na goleada sobre o Vasco (4 a 1) pelo Brasileiro Sub-20".

"Gostei, também, de Rodrigo Dias, autor de dois gols, mas é matador apenas. Um poste no meio dos zagueiros adversários. Espero que Marcelo Oliveira considere isso antes de pedir contratações do Coritiba formando seu grupo de amigos na Toca da Raposa".

Resposta: assino em baixo e gostaria que MO também assinasse.

 

Reginaldo Souza – Bairro Copacabana – BH "Caro amigo Flávio Anselmo, Acho que temos que valorizar nosso ídolos sim, ainda mais sendo da "terrinha", de Minas Gerais querida. Ingratidão é a pior coisa do mundo.Esta certo a assessoria de imprensa do jogador e vamos sim valorizar o ídolo e principalmente a pessoa do Gilberto Silva, pois homenagens depois que os idolos se vão, é fácil de fazer".
Resposta: Concordo com você, Reginaldo. Minha crítica teve outra direção. Pela repercussão, a maioria dos leitores entendeu o que eu quis afirmar.   

Altamiro Fernandes da Cruz-2º Ten PM- BH "...Bem sabemos que (assim apregoavam os mais velhos.) "o pau que nasce torto, em época das queimadas, até as cinzas do infeliz permanecem tortas". Pois é, caro Flávio, no Independência - se algum dia vier a ser demolido - até a poeira que dele restar ficará, também, torta".

"A grana gasta naquele belo estádio (sem margem à dúvida ficou "bunito prá Dedéu"!) daria para se construir outro estádio, em local apropriado (ali, onde está, nunca foi e jamais será apropriado para uma obra com este mister.) com maior capacidade de público e conforto para os torcedores".

"Faltou àqueles que idealizaram o Estádio do Independência aquilo que deve se fazer presente em todos os ramos da atividade humana: Planejamento!"

"Imaginemos: Se os responsáveis (será que há algum?) ao invés de reconstruir o Estádio Independência tivessem vendido aquele espaço para as empresas do ramo imobiliário; pegassem o dinheiro e, somado àquela "grana preta" que o Estado investiu na reforma, haveria dinheiro de sobra para se construir um "senhor estádio" em um local mais aprazível, acolhedor e sem causar tantos transtornos como vem causando o Independência".

"O estádio que tem o nome de Independência retirou dos moradores das imediações o sacrossanto direito de ir e vir (o Bhtrans dá para os moradores da área em dias de jogo um Cartão de Acesso ao local); do sossego (ninguém tem sossego em dia de jogo.); os hospitais (será que os idiotas que "planejaram" (sic!) aquela obra não sabiam que nas imediações há dois Hospitais e que, no caso em epígrafe, necessitam de oferecer aos seus pacientes o devido sossego para mitigar os seus males?)".

" Ninguém planejou nada. Os moradores vivem achacados pelos "donos das ruas" que cobram preços exorbitantes para que o cidadão não venha a ter o pneu do seu carro furado, a pintura arranhada etc, etc e tomem mais etc e tal! Os moradores - pobres coitados - ficam presos em suas próprias casas por não terem a independência e o sacrossanto direito - repito - de ir e vir!"

"Agora, meu caro Cronista Coração de Leão, com a inauguração do Mineirão aquele lindo e maravilhoso Elefante Branco, vai ficar entregue às moscas. Então,  o sossego, a paz e tranquilidade dos moradores e doentes internos nos hospitais voltarão a reinar no Horto para alegria geral de todos que ali residem e militam".

"A incompetência na elaboração daquela obra fora tanta que até "pontos cegos" nela se fazem presentes. Pode - Santo Deus! - um estádio ter pontos que impedem ao torcedor de assistir ao espetáculo? Isso sem se falar na impossibilidade de um cadeirante adentrar o estádio sem ter onde ficar. Nossa Mãe do Céu!"

"Vão ser incompetentes, assim, lá na China! Espero - salvo melhor juízo seu, claro - que este meu desabafo seja uma gota de água evitando, assim, que você machuque as suas mãos espremendo pedras neste deserto de vacas magras".

Resposta: Ué, Tenente, tava sumido! Eu já sentia saudade de seus "longos memorandos" a respeito do futebol. Suas críticas e sugestões procedem.

 

Davi Martins – Parauapebas/PA – "Estou vendo no noticiário o Atlético querendo contratar este tal de Luan da Ponte Preta. O cara tá bichado e  precisará, segundo a imprensa, de uns dois meses de tratamento e o Galo tá na parada para contratá-lo. Deve ser um fenômeno de jogador, né? Fez um gol pela Ponte e nem era titular. O que você acha disto?"
Resposta
: Penso ser um investimento a longo prazo que o Atlético pretende fazer ou alguma parceria que pediu a contratação do moço, de apenas 22 anos, e que, segundo o olheiro Lola, ex-craque do Galo, tem imenso futuro. Como o Cruzeiro fez com Martinucci. Recuperou-o de uma contusão séria e agora conta com ele e já comprou parte de seus direitos econômicos. Não creio que Luan seja reforço imediato pro Atlético. Ninguém lá pensa nisso. É parte da mídia, por falta de assunto, forçando a barra.

João Batista – TVH –BH - "O Cruzeiro precisa de um dirigente de Futebol à sua altura, e que pense em grandes negócios que tire o clube das dificuldades financeiras deixadas pela família Perrela".
"
Um Clube de futebol vive de bom elenco, e queimar Montillo para fazer caixa, pode não ser o ideal. Se o Galo teve patrocinador para manter o R49 no elenco e não enfraquecer o time, acho que o Cruzeiro tem poder de barganha com o mercado para trazer um bom patrocinador para associar à sua marca a do Clube e manter o ídolo para 2013".

"O BMG não é o melhor parceiro de nenhum clube, pois particularmente acho esse ex-presidente do Galo e dono do banco, um aventureiro e oportunista que viu no futebol grande oportunidade de ganhos, que no mercado financeiro não conseguiria com tanta facilidade".

É preciso investir em talentos que pensem nos negócios da Marca Cruzeiro Esporte Clube, e que tenha ideias criativas para gerar uma boa entrada de dinheiro para manter o clube na posição dos grandes do Brasileiro em 2013". 

"Acho esse Marcelo Matos, ainda incipiente, neófito para ocupar um cargo de tamanha importância.  Há outras alternativas e é preciso agir rápido, pois o mercado está acelarado e todos se preparando com eficiência para 2013. Se cochilar cai o cachimbo.  Acorda cruzeiro!"

Resposta: Com devido respeito à sua opinião de assíduo colaborador da Trincheira, aceito todas as críticas sobre parceiros, falta de criatividade, etc, etc. Mas não sacrifico Alexandre Matos. Posso criticá-lo como alerta, mas incentivo sua permanência no cargo. É novo e tem muito que aprender, sem os perigosos vícios dos últimos diretores.

 

César Rodrigues – BH- "Pois é Flavio Anselmo rezar segundo o sábio Angelino é ridículo. Que ponto chegamos! O Criador deve ficar tão feliz quando seus filhos soltam uma umas destas.Em relação ao Marcelo Oliveira você como um bom mineiro,esta sendo muito polido.A desconfiança do torcedor procede,não pelo passado atleticano,e sim pelo  que não conquistou.Duas finais consecutivas dentro do Couto Pereira,sendo uma para o time do Palmeiras sei não.Tem que ficar com um pé atrás com o moço.E vale lembrar que ele deixou o coxa,em uma situação terrível".

  Resposta: a ira de César é dirigida ao meu amigo Gegê Angelino pelas críticas que fez ao goleiro Fábio e suas orações em campo.






 

Alessandra Bicalho Ribeiro – Porto/Portugal – "Você está de volta a Beagá e eu de volta ao Porto depois de 48h de pura emoção. Só faltou encontrar com vocês. Foi simplesmente um final de semana em grande festa de 20 anos de formada da UFMG, um encontro delicioso com quase a turma toda. Depois um domingo em família, amigos e fechei com chave de ouro no meio da massa do Galo na Veia no Independência. Tuuuuudo de bom!!! Festa total!!!Gaaaaalooooo!!! De lá fui direto ao Ouro Minas para voltar feliz, sorridente e realizada junto com a tripulação. Ano que vem estou aí em agosto para matar a saudade direito. Espero que seja um ano excelente para todos nós".

Resposta: Falô, Leca, estamos à sua espera, também. Beijos.

 

 

 

 




Flávio Anselmo
Twitter: @fganselmo
email:   fanselmo@msn.com
Facebook: Fanselmo Fanselmo
Blog:  flavioanselmo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.