quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

TITE NÃO GOSTOU DO QUE VIU E MUDA TIMÃO DOMINGO


Acompanhado do seu auxiliar e ex-jogador Edu, que esteve em várias temporadas no futebol inglês, o técnico do Corinthians Tite assustou-se com a atuação do Chelsea frente ao Monterrey.
O time inglês tornou fácil demais a vitória por 3 a 1 e deixou os mexicanos abobalhados. Principalmente com as alterações promovidas pelo treinador adversário, Rafa Benitez.
Por causa disso, Tite admite alterações na equipe da estreia e que venceu com dificuldades o Al-Ahli por 1 a 0. Pior que levou tremendo sufoco no segundo tempo.
Neste domingo, o tsunami alvinegro que invadiu o Japão lotará o estádio de Yokohama e verá outro Corinthians. É o que Tite promete.
Para tanto estuda as possíveis entradas de Romarinho, Jorge Henrique e Edenilson. Pode sobrar até para o Sheik, que daria seu lugar pro argentino Martinez.
- Vou analisar. Posso ter dois jogadores de velocidade na linha de três ou dois armadores. Vou pensar. Não vou esconder garantiu Tite.
Tite tem dúvida por causa do porte físico dos ingleses, notadamente dos defensores. Imagina que sem Douglas, a equipe perderia no combate.
A Trincheira pensa diferente: o grande problema de Tite é a massa corintiana que foi atrás do time e levou o excesso de confiança extravasado aqui pela imprensa esportiva em seus noticiários.
Pô, um saco! A Globo exagera como não exagerou nos casos do Flamengo, Grêmio, Internacional e Cruzeiro.
Na minha roda de conversa à toa não há quem se disponha a ficar do lado corintiano.
E todos contestam aquela manjada retórica de Galvão Bueno: o Corinthians é o Brasil no Mundial Inter Clube.Coisa nenhuma!

Fui São Paulo contra o Tigres por vários motivos.Cito dois: meu amigo e conterrâneo Ney Franco e a arrogância argentina de achar que ganhará sempre aqui no grito e na porrada.

Nos seus vários anos de futebol, o técnico do Chelsea Rafa Benitez admite jamais ter visto algo semelhante, como a "invasão corintiana". Na entrevista coletiva depois do jogo contra o Monterrey, Rafa afirmou "não querer ver a torcida entrar em campo".
-Espero que não faça a diferença. Nós, também, vamos ter uma parte menor que poderá nos dar ânimo e motivação.- Disse o treinador, sabendo que em Londres não houve qualquer reação à altura da vitória nas semifinais. Benítez  está pela segunda vez na final do Mundial Inter Clubes. Na primeira vez, em 2005, foi vice-campeão com o Liverpool, ao ser derrotado pelo São Paulo por 1 a 0.

Alexandre Kalil não conseguiu derrotar o auditor Jonas Lopes de Carvalho Neto no STJD.
Lembro o caso: o moço em tela envolveu num imbróglio danado ao participar do julgamento de RG-49 e aplicar-lhe a pena de suspensão.
Kalil soube depois que o referido auditor é torcedor do Flamengo e detestava RG-49. O Urso ficou bravo.
Disparou contra o auditor. O Galo então entrou com uma ação no STJD pedindo a expulsão de Jonas Lopes.
Na decisão desta quinta-feira, o STJD arquivou o pedido do Atlético que já havia sido negado, também em forma de recurso.
Um dos auditores.Caio César Rocha, no seu voto, condenou a atitude de seu colega.
- A atitude dele foi infeliz, mas ocorreu no passado, sem qualquer vínculo com o julgamento. E a repercussão foi totalmente desproporcional ao fato.
Porque o calo pisado não era dele.

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Cruzeiro, (foto de Tarcisio Badaró - globoesportes.com) pegou o avião pra Montevidéu, no Uruguai, calado e retornou dois dias depois mudo.Quem por aqui estava cheio de expectativa ficou decepcionado.
Tem sido assim o dia-a-dia do Cruzeiro.
Bem pra não ser totalmente injusto, ratifico o aspecto mudez apenas na parte em que a torcida queria uma declaração forte do cartola sobre algum reforço. Disse nada.
Esta aí a mudez de Mattos. No atacado, falou as abobrinhas costumeiras.
Disse que foi conhecer a estrutura do Montevideo Wanderes; que deu andamento às conversas sobre parceria com o empresário Victor Hugo Mesa, dono do clube.
Que por enquanto, nada foi acordado, mas que está otimista com o desenvolvimento das negociações; que, em breve, acredita, surgirão novidades.
Nem isso é novidade, porque as partes conversaram sobre o tema por ocasião da visita do empresário à Beagá.

Pra não ficar totalmente mudo de informações, como a Assessoria de Imprensa do Cruzeiro, Mattos afirmou que "trocamos algumas ideias, nada ainda concreto"
Segundo Mattos, será feito um relatório ao presidente Gilvan Tavares:
- São muitas opções de ideias, de coisas que podem acontecer. Acredito que virando o ano pode clarear um pouco mais. Tem alguns pontos para serem colocados em pauta, mas muito em breve alguma coisa pode acontecer.
A viagem de Mattos ao Uruguai levantou as especulações - por falta de assunto mais sério - da contratação de Max Rodrigues, do Wanderes.
O jogador de 22 anos foi apontado pelo empresário uruguaio  como em condições de atuar no futebol brasileiro.
Aí Mattos deixou a mudez das boas novas de lado e informou:
-Eu vi um jogo. É um bom jogador, um jogador novo, jovem, que está despontando no mercado. São opções de negócios que podemos fazer com o clube.
Pronto, está aí em resumo o verdadeiro motivo da viagem de Mattos. Pra evitar contratar outro Diego Arias, alguém do Cruzeiro foi lá ver o menino do Wanderes.
Porém, Mattos insistiu na meia verdade: "não temos uma situação formada, não foi conversado sobre possível vinda de jogadores do Wanderes para cá, mesmo o Max. Esse não é nem muito o foco".
Que bobagem, gente! Me engana que eu detesto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.