segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

RG-10 É ATRAÇÃO EM LONDRES


Há poucas coisas que Ronaldinho Gaúcho( FOTO Leandro Canônico) não conquistou no futebol. Campeão do mundo com a seleção brasileira em 2002 e eleito o melhor jogador do planeta em 2004 e 2005, o atacante não se arrepende de nada do que fez na carreira. Ou quase nada.
Na verdade, ele lamenta uma coisa: não ter jogado mais tempo ao lado de Lionel Messi no Barcelona. Em entrevista ao jornal britânico "Daily Mail", o jogador do Atlético falou sobre tudo. A fama de festeiro, a "coragem" de Felipão, a aposta em Leandro Damião e, claro, Neymar.
Ao ser perguntado se sentia arrependimento por nunca ter jogado no futebol inglês, o mais rico e badalado do mundo, R10 não pensou duas vezes:
- Não, porque joguei por alguns dos maiores clubes do mundo e ganhei tudo. O único arrependimento que tenho é o de não ter jogado mais temporadas com Messi. Ele é um grande amigo. Eu percebia mesmo quando ele era mais jovem que seria o melhor. Era empolgante ver um garoto que fazia coisas que a maioria dos jogadores apenas sonham - destacou.
Ronaldinho encontra-se em Londres, onde participará de um amistoso contra a seleção da Inglaterra, quarta-feira em Wembley, em evento que faz parte da comemoração dos 150 anos da Federação Inglesa de Futebol (FA).
A Inglaterra traz boas lembranças ao atacante. Nas quartas de final da Copa do Mundo de 2002, foi o autor do polêmico gol que garantiu a classificação brazuca para as semifinais na vitória por 2 a 1. O técnico era o mesmo de agora, Felipão, um dos mais marcantes da carreira do craque.  
- Tenho lembranças especiais de Luiz Felipe Scolari. Claro, vencemos a Copa com ele em 2002 e jogamos um futebol bonito. Mas ele acreditou em mim ao me chamar de volta. Ele é muito corajoso e já diz que o alvo é vencer a Copa de 2014 - elogiou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.