quinta-feira, 21 de março de 2013

BRASIL FAZ 2 0, MAS DEIXA ITÁLIA EMPATAR


Neymar e Fred (foto)fizeram bom primeiro tempo e sumiram no segundo com o resto do time brasileiro. 

Pelo que jogou no primeiro tempo, a Seleção de Felipão levou grande dose de sorte ao sair pro intervalo com o placar favorável em 2 a 0, gols de Fred e Oscar, em bem organizados contra-ataques. Na prática, o resultado teria de ser outro e só não foi porque Júlio César pegou muito e os atacantes da Azurra estavam pouco inspirados. Principalmente Baloteli.
No segundo tempo, os italianos gastaram apenas 11 minutos pra chegarem ao empate. De novo, Júlio César evitou a virada. Buffon foi mero espectador, ao contrário da primeira fase quando trabalhou alguma coisa.
Pra piorar, Felipão que já havia escalado mal, mexeu erradamente na equipe. Tirou Oscar, um dos melhores, pra colocar Kaká que não jogou nada. E deixou Hulk em campo jogando tão mal que até pisou na bola na única chance de gol que teve.

Não gostei da defesa na sua linha de quatro jogadores, apesar de vulnerável pois teve assistência apenas de Fernando. Neymar, Fred e Hernanes sumiram no segundo tempo.

Nos dois gols italianos, houve colaboração enorme do nosso meio-campo. No primeiro, Fernando perdeu a bola e a Itália obrigou ao Brasil fazer um escanteio. Na cobrança, De Rossi - o melhor jogador da partida - desviou sem chance para Julio César: 2 a 1.
Três minutos depois, Oscar perdeu a bola na intermediária pra Balotelli. O italiano avançou até a entrada da área e mesmo cercado por seis brasileiros que tiveram medo dele, bateu forte pra deixar tudo igual em Genebra: 2 a 2.

Contra a Rússia, no amistoso de segunda-feira, Felipão deve mudar pra tentar sua primeira vitória à frente do escrete canarinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.