terça-feira, 12 de março de 2013

LOS PASOS DEL GIGANTE

Se no Independência os jogadores do The Strongest tietaram Ronaldinho Gaúcho o quanto quiseram, todos tirando foto com  o craque - e sendo atendidos na maior gentileza - em La Paz a coisa não mudou: desde a chegada da delegação, RG-10 teve assédio de mega-estrela, tudo dentro do maior respeito.
Em momento algum o craque atleticano perdeu a paciência com o exagero do assédio, distribuiu autógrafos à vontade, e atendeu a imprensa local com a mesma atenção da brasileira. Em razão dessa empatia, o Galo conquistou a capital boliviana.
 Claro que no gramado, não deve esperar - muito menos RG-10 - a mesma manifestação de carinho. The Strongest encara essa partida como a arrancada em busca de uma vaga na outra fase.

Aproveitando-se de matéria publicada no site Goal.com sobre os jogadores mais ricos do mundo, lista na qual RG-10 ocupa o quinto lugar, a mídia boliviana dedicou páginas e páginas ao atleta do Galo. Segundo o site, Ronaldinho tem patrimônio avaliado em R$ 220,5 milhões. Céus!!
David Beckham, do Paris Saint- Germain, lidera o ranking com R$ 621,5 milhões; seguem-lhe Lionel Messi com R$404,3 milhões; Cristiano Ronaldo com R$ 392 milhões e o brasileiro Kaká, com R$ 232,7 milhões.
O site informa que o cálculo pra levantar as riquezas dos atletas levou em consideração salários, contratos de patrocínio e bens possuídos.
Este filho de Sodico chama esses rankings e outros mais de "chutômetros".

Um dos principais colunistas do País, Julio Peñaloza, deslumbrado com o talento de RG-10, fez uma analogia entre o craque do Galo e Di Stéfano, Pelé, Cruyff, Maradona e Messi. Ele garantiu que nenhum desses outros astros teriam a facilidade de conduzir a bola como o atleticano:
 “Ronaldinho abusa da elegância para desfilar em campo e controlar o jogo da forma como quer, afirmou.

Diria que o América subiu um degrau nas suas avaliações sobre treinador. Saiu do desconhecido Eutrópio pra um de melhor currículo,  Paulo Comelli, 52 anos. Mesmo assim, algumas críticas apareceram na mídia porque se esperava salto mais alto. Alguém mais reconhecido.
Marcus Salum, o homem forte do futebol americano, buscou o boné onde a mão alcançava. Comelli me parece ter o perfil do profissional que cabe nas exigências financeiras atuais do Coelho.
Seu último clube foi o Criciúma, de onde foi defenestrado por causa da campanha ruim do time no campeonato barriga-verde. Porém, na Série B levou o Criciúma ao vice-campeonato, atrás apenas do Goiás e subiu pra série A. A meta atual do Coelho, também, é subir.
Paulo Comelli pega logo uma dureza na estreia: o clássico contra o Galo, no domingo próximo, às seis e meia da noite, no Independência.
  
O título do primeiro turno do Campeonato Carioca, que vale a Taça Guanabara, como sempre acontece foi bastante comemorado pelo time vencedor. O Botafogo FR? Ou seria melhor: Seedorf FC?
Claro que por mais elogiosas seja a atuação de Clemente Seedorf  no grupo do Botafogo, nem ele mesmo se permitirá assumir todos os méritos. Principalmente pela atuação de Jefferson na decisão e dos meninos da base.
Em campo, Seedorf esteve extremamente participativo. Mais do que o normal até. Seedorf foi o jogador na decisão que mais sofreu faltas: sete. Empatado com Lodeiro, terminou como maior finalizador, com quatro, e ainda fez seis lançamentos .
Mostrou o seu conhecimento de jogo. Em determinados momentos, chegou a pegar jogador pelo braço para colocá-lo em sua posição numa jogada de bola parada. Teve um pequeno entrevero com Carlos Alberto antes de uma cobrança de falta e falou além do seu normal com o árbitro.
Depois de uma sequência de erros de Vitinho preocupou-se em acalmar o garoto. Como um pai, deu um forte abraço no jovem durante o jogo. No gol de Lucas  participou com um toque de calcanhar antes do cruzamento de Julio Cesar para Bolívar dar o passe ao lateral. Comemorou com seu sorriso e junto com o grupo.

Enquanto passarem a mão na cabeça desse moço, ele não tomará postura de homem. O atacante Jobson foi preso em São Paulo por denúncia de agressão à sua mulher, Thayne Bárbara. O jogador do São Caetano, time ameaçado de descenso no Paulistão, sofreu um profundo corte no braço direito, porém saiu livre de mais essa. A mulher registrou a queixa, a pedido do advogado do jogador, como tentativa de agressão.

O Cruzeiro terá outra chance de trabalhar melhor sua formação titular no jogo em Varginha, neste domingo, contra o Boa Esporte. Pra isso, Marcelo Oliveira não pode misturar as bolas: uma coisa é dar chance a Elber de iniciar o jogo no lugar de Dagoberto. Outra é sacar Vinicius Araújo pra colocar Borges autor de dois gols na última partida.
Explico: desde o ano passado Elber tem merecido jogar como titular. Nas últimas partidas, após a ameaça de ser emprestado (besteira dita pelo presidente do clube), tem sido fundamental nas vitórias apertadas.
Quanto a Vinicius Araújo, ele não foi bem no primeiro tempo contra o Araxá, porque a bola não chegou nele. Borges entrou no seu lugar e com Elber na direita, Diego Souza mais solto pelo meio, após a entrada de Luan no lugar de Everton, recebeu as bolas que o menino não recebera antes.
Penso, então, que pra se estudar novas formações táticas, Marcelo deva abrir mão de um volante e prender mais seus laterais. Desta forma, usar  Elber no meio, com Nilton, Diego Souza, Everton Ribeiro e na frente Luan pela esquerda e Vinicius Araújo por dentro.
Essa quantidade de atacantes preocupa porque gente boa tem sido preterido. O elenco tem 34 jogadores. Entre os atacantes, somente Dagoberto e Vinicius Araújo foram relacionados para todas as partidas da temporada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.