sexta-feira, 19 de abril de 2013

ESTE É DE BAGUNÇAR AEROPORTO REALMENTE

O Aeroporto de Confins ficou quase que totalmente pintado de pontos azuis no saguão de desembarque doméstico. Do jeito que o zagueirão da Seleção Brasileira Dedé, contratado ao Vasco, merecia.
Quebrou geral: cerca de 4 mil cruzeirenses, segundo avaliação da PM, mudou a rotina do aeroporto e carregou o Mito – assim chamado pelos vascaínos – nos ombros até a van do clube que o aguardava.
Não é porque a torcida carioca do Vasco decidiu rotular Dedé de "Mito" que a cruzeirense terá de manter. Dedé é mito no Vasco e não me perguntem por quê. Antes dele, centenas de craques passaram por lá e ninguém recebeu tal apelido. Que seja aqui apenas Dedé.
Fotos: Dedé segurando a camisa 26 do Cruzeiro de Washington Alves/Vipconm e da multidão azul numa boa com Alexandre Kalil de Rodrigo Clemente-Superesportes, EM e DA Press.
Quanto custou, quanto ganhará, são números passados. O importante no momento é saber como anda o psicológico de Dedé, após penar bom tempo, nos últimos meses, na decadência do Vasco, sem poder fazer nada.
A diretoria celeste que depois de anunciar Dedé prometeu, também, trazer o zagueiro/volante Henrique, do Palmeiras, fala, ainda, em aumentar o número de centroavantes trazendo Marcelo Moreno, do Grêmio e ex-artilheiro na Toca da Raposa, indisposto com Vanderlei Luxemburgo.
Considero Henrique uma pedida interessante, mas tenho dúvida quanto a Marcelo Moreno. O inchaço do elenco é visível e isso não é nada saudável à tranquilidade na Toca da Raposa e ao trabalho de Marcelo Oliveira.

É O QUE DIZEM...

Cesar Rodrigues (cesar@cofermeta.com.br) - Flavio Bom Dia! Ainda sobre o jogo galo x SP. De tudo que ouvi, um comentarista da sua amada ESPN soltou uma que vale a reflexão:  " O time do Boca,maior ganhador da Libertadores por anos, soube jogar a competição."        
"Tanto por suas catimbas, seus craques e ,principalmente, escolher adversários,tipo eliminando oponentes fortes,entrando com times reservas para perder jogos, fugindo de cruzamentos com times que não eram  convenientes".
"O Galo não foi inteligente. Tinha sim que ter matado este São Paulo encardido. Outro detalhe que me chamou atenção nos comentários: "Não resta duvida que o time atleticano é time muito bom,candidato sim a ganhar a Libertadores. Mas convenhamos que este ano encarou apenas dois "gigantes brasileiros,o Cruzeiro em formação e o São Paulo. Ganhou uma e perdeu duas".
POLITICAGEM
                        &
                        BOTEQUIM
Uma das notícias que mais me entristeceram, entre as dezenas de informações sobre bombas terroristas, ameaças do imbecil norte-coreano , da tentativa de envenenar o presidente dos EUA, foi aquela do abandono dos alfarrábios históricos de Leonel de Moura Brizola.
Enquanto primos/ herdeiros  brigam pelo patrimônio histórico, que, com certeza, renderá uma fortuna nas mãos de gananciosos, os documentos se deterioram, sem os devidos cuidados, depositados num guarda móvel vagabundo. Cadê o filho deputado dessa personagem histórica de nossa política?
Sou brizolista desde 64 quando chamou Jango, voltando da China, a descer em Porto Alegre e comandar a reação contra os militares.
João "Jango" Goulart, casado com Tereza, irmã de Brizola, não aceitou uma guerra civil nem o derramamento de sangue de brasileiros. Capitulou e rendeu ao casuísmo do parlamentarismo, inventado por doutor Tancredo e que o colocou como Primeiro Ministro.
Tempos mais tarde, com a oposição de todo mundo, inclusive de Jango e Brizola, um plebiscito derrubou esta forma de governo e deu no que deu. Ditadura Militar.
O caro Chico Maia, a quem iniciei no PDT de Brizola, não sei se continua com o mesmo espírito guerreiro do ex- governador do Rio Grande e duas vezes do Rio de Janeiro, com, certeza, está arrepiado, também. Espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.