sexta-feira, 19 de abril de 2013

FORÇAS OCULTAS TENTAM BARRAR VINDA DE DEDÉ.


(Superesportes) Depois de Romário, a Fazenda Nacional é o novo obstáculo da venda já concretizada do zagueiro Dedé do Vasco para o Cruzeiro. Um oficial de Justiça bateu em São Januário nesta tarde de sexta-feira e depois seguiu direto para a Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) com um mandado de segurança que proíbe a transferência dos direitos federativos do jogador até a quitação de parte da dívida do clube carioca com a Fazenda. A assessoria da Ferj informou que vai cumprir a ordem judicial. 
Agora, o departamento jurídico cruz-maltino procura maneiras de derrubar o mandado de segurança.

URSO BRAVO NÃO QUIETA

Após aparecer em fotos e cenas empurrando carrinho de bagagem em Confins e sorridente dar adeus aos torcedores celestes que foram ao aeroporto buscar Dedé, Alexandre Kalil resolveu radicalizar.
O presidente do Atlético protestou no Twitter, nesta noite de sexta-feira, contra o supermercado que serviu de palco pra apresentação de Dedé no Cruzeiro.  Postou no seu twitter que nunca mais vai fazer compras no local. Além disso, "sugeriu" aos atleticanos que boicotem o mercado.
- Bom atleticano que sou nunca mais entro no supermercado SuperNosso. Vamos radicalizar!

BEIJO DE DEDÉ

A ideia do marketing do Cruzeiro, no comando do jornalista Marcondes Barbosa, no entanto, inovou e mexeu com a cabeça do zagueirão. Gol de placa de Marcondes e sua equipe. Foi justamente a falta de marketing uma das queixas de Dedé contra seu ex-clube. A maneira inusitada de apresentar o zagueiro à torcida agradou muito ao atleta.
Em vez de o jogador aparecer com a camisa 26 no CT do clube, a direção o levou para um supermercado de Belo Horizonte. O local escolhido foi o Super Nosso Xuá.  Dedé vestiu e beijou a camisa entregue pelas mãos do próprio presidente, Gilvan de Pinho Tavares.
Na próxima contratação a ser apresentada, por favor Gilvan, acerte antes com o Kalil pra evitar que o Urso Bravo saia da toca dele, arranhando as árvores. Heheheh!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.