sexta-feira, 12 de abril de 2013

PRIMEIRA FASE ESTÁ QUASE NO FIM,

E as oitavas de final do Campeonato Mineiro já têm dois garantidos: Cruzeiro e Atlético. Qual deles será o primeiro na classificação não se sabe. Depende da rodada desse final de semana, a 10ª, ou penúltima, na qual o líder atual Cruzeiro não joga.
O Galo vai de time reserva em Poços de Caldas enfrentar a Caldense, sétima colocada, esta sem receio de cair e nem aspiração de subir ao G-4. 
A não ser claro que vença os dois jogos que lhe restam e que a turma da sua frente perca. Combinação complicada.
O Cruzeiro com 25 pontos só joga na terça-feira próxima, contra o Nacional no Mineirão. O Atlético, com 24 pontos, priorizou seu jogo contra o São Paulo, na quarta que vem, pela Libertadores, apesar de já se garantir nas oitavas de final do torneio continental e como o primeiro na classificação geral. Leva um time forte à Poços e se vencer assume temporariamente a liderança do Mineiro.

CLASSIFICAÇÃO PODE MUDAR,

Mas pra que isso aconteça o Villa Nova, quarto colocado com 15 pontos, tem que perder por uma diferença de dois gols do América, quinto colocado, 12 pontos – se vencer chega aos mesmos 15 e a vaga será decidida no saldo de gols, atualmente o Leão tem 3 gols e o Coelho zero. O jogo será em Nova Lima.
Outro confronto interessante que define vaga é Tombense, terceiro colocado com 16 pontos, contra o Tupi, sexto colocado, 12 pontos e mínimas chances de entrar no G-4. A partida será em Tombos e se os locais vencerem garantem logo uma vaga nas oitavas. Belo campanha do caçula.
Jogam, ainda, na briga contra o descenso, Boa Esporte, décimo colocado, com 8 pontos, em Varginha contra o América –TO, lanterna com 6 pontos e, virtualmente, descido.
O desesperado Araxá, que na rodada anterior derrotou o Tupi em Juiz de Fora, numa virada eletrizante, tem 6 pontos e precisa de vencer, em casa, o Guarani, nono colocado, com 8 pontos, também a perigo.  O Araxá é o penúltimo colocado.

OS AMIGOS DAS REDES,





Em primeiro lugar são dois: Borges, do Cruzeiro; e Júnior Negão, do Tombense, ambos com seis gols. Em segundo, com 5, estão Fábio Júnior (América), Jô, Rever (Atlético) Nena (Caldense) e Tchô (Villa Nova). Com 4 gols segue a lista Vanderlei, ex-Atlético, atualmente no Nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.