segunda-feira, 29 de abril de 2013

RESENDE, PROXIMA PARADA DO CRUZEIRO NA COPA DO BRASIL


É de se esperar que o Cruzeiro não se esqueceu do futebol agressivo, compacto e consistente que exigiu no alçapão do Bonfim, diante do Villa Nova. Pelo curto espaço entre uma partida e outra, sem se esquecer que ambas têm a mesma forma decisiva de disputa (mata-mata), imagino que o time de Marcelo Oliveira use o mesmo espírito guerreiro contra o Resende nesta quarta-feira pela Copa do Brasil. Caso repita o placar do jogo em Nova Lima, os azuis eliminarão o jogo de volta; ou se fizer apenas a metade da goleada por 4 a 0. Não coloco aqui nenhuma discussão entre o Resende e o Leão do Bonfim, até porque vejo no time mineiro mais história e competência que os fluminenses.
Todavia, cabe aos rapazes desmistificar qualquer conversa de que a Copa do Brasil é residência das maiores "zebras" do futebol tupiniquim. Se a história já revelou tal fato e Marcelo Oliveira sabe disso que alerte o seu elenco pra necessidade de usar igual determinação, sem salto alto, nessa segunda visita do Cruzeiro na competição.
Na primeira partida, bateu o CSA em Maceió por 3 a 0. Eliminou a partida de volta, é verdade, porém teve atuação abaixo da crítica, que espero não ver mais repetida. É a primeira vez que o Cruzeiro enfrenta o Resende. Em Volta Redonda, a Raposa fez sete partidas e teve duas vitórias, três empates e duas derrotas - Flamengo e Fluminense.

POLITICAGEM
                          &
                           BOTEQUIM

O governo de Minas e a prefeitura de Beagá estão com milionárias campanhas publicitárias nos principais veículos de comunicação pra tentar convencer os desavisados "eleitores" que aqui é a terra do emprego fácil, dos grandes investimentos e que uma nova BH estará pronta em breve. Pergunto: esta dinheirama toda, se aplicado em saúde, segurança, transporte, não seria suficiente pra averbar as inverdades das peças publicitárias?
Por falar nisso, cadê o meu aumento de aposentado, professor Anast-azia? Meu e dos outros colegas de sofrimento, claro!

GALO COMPLETO METE MEDO

Qualquer treinador adversário que afirmar que enfrenta o Atlético no momento sem receio em qualquer estádio é tremendo mentiroso. Nesta partida de quinta-feira, no Morumbi, os conceitos táticos do time estarão restabelecidos pelo técnico Cuca que em razão das contusões de Bernard e de Tardelli teve que mexer na equipe. Obrigatoriamente tal medida trouxe prejuízos não apenas individuais, visto a qualidade dos lesionados, como também a obrigação de alterar determinados esquemas.
Uma coisa é jogar com Bernard e Tardelli, outra é jogar sem eles. Sem Ronaldinho Gaúcho, o Galo conseguiu manter excelente padrão por causa de Diego Tardelli às vezes revezando em campo com Guilherme. Contra o São Paulo, o Atlético estará completo. Do jeito que Cuca gostaria de escalá-lo. Pode-se questionar se Bernard terá condições plenas ou se Tardelli aguentará 90 minutos. Depende da entrega de cada um.

BOI BANDIDO NO SP

A torcida são-paulina tá numa preocupação só; afinal, o time voltou a jogar mal contra o Penepolense e apesar da vitória, de classificação pra semifinal do Paulistão, não gera boas expectativas na Libertadores. Principalmente contra o melhor time da competição. Ney Franco, além disso, não contará com o goleador Luiz Fabiano ainda suspenso e colocará o estabanado Aloísio no lugar dele. Aliás, o apelido de Aloísio é "Boi Bandido". Céus!

É O QUE DIZEM...

Paulo Mário – Nova Lima – "Sobre o primeiro titulo e consequentemente o seu texto: TEM JEITO NÃO, MINEIRO SERÁ DECIDIDO COMO SEMPRE POR ATLÉTICO X CRUZEIRO. Faço um lembrete: NO ANO PASSADO AS FINAIS DO MINEIRO FORAM ENTRE AMÉRICA FUTEBOL CLUBE e o Atlético Mineiro. Merece correção".
Resposta da Trincheira: Pronto, Paulo Mário. Corrigido está. 

ENCONTRO INFERNAL

Na decisão da Copa Libertadores do ano passado, Emerson Sheik foi a principal figura do Corinthians contra o Boca Juniores. Nessa partida, fez de tudo, inclusive morder a orelha de seu marcador, o zagueiro Caruzzo. Vão se reencontrar nesta noite em La Bombonera e Sheik afirmou que tá preparado para o que der e vier. Até morder o Caruzzo outra vez: "Faço tudo o que precisar pra vencer". Ô loco, meu!

SEM VANDECO

Aquele sorriso maroto, aquela gozação pra cima do treinador do Huachipato não valeram apenas uns chutes da Comissão Técnica chilena no polêmico Vanderlei Luxemburgo. A Conmebol resolveu aplicar nele uma suspensão de seis partidas e o Grêmio não terá seu elegante treinador – eliminado no campeonato gaúcho – esta noite contra o Santa Fé da Colômbia. O Grêmio joga em casa e precisa fazer bom resultado pra depois enfrentar a altitude de Bogotá. Como seu time atual é inconfiável...

DEDÉ JÁ PODE JOGAR

Coisa mais sem nexo essa da Fazenda Nacional punir o zagueiro Dedé por causa de uma dívida fiscal do Vasco da Gama. Jogador deixou de ser patrimônio de clube desde a promulgação da Lei Pelé. Não há mais passe e os direitos federativos ou econômicos possuem vários patrocinadores, inclusive o próprio atleta. Seu direito de trabalhar é constitucional e a Justiça do Trabalho resgatou esse direito ao conceder a liminar que autoriza Dedé a ser registrado e jogar pelo Cruzeiro.
Se o Vasco deve 50 milhões à Receita, que punissem o Vasco. Penhorassem suas rendas, fechassem o clube – se houver apoio legal pra isso, claro. Novela encerrada, eu espero. E que o zagueiro e o Cruzeiro toquem em paz a vida deles, sem interferência da Receita Federal e seu famigerado leão.

FALANDO EM FAMIGERADO...

Pode-se incluir na relação de famigerado o tal empresário de jogador que faz o que bem quer nas águas da alienação dos atletas.Guilherme tocava sua vida no Atlético melhor do que podia. Não é titular e nem chance pra ser, porque os de cima têm jogado mais que ele. No entanto, o seu empresário Sérgio Soares, numa nota oficial segunda feira, buscou os 15m de fama que precisa e reclamou as poucas chances dadas por Cuca ao seu cliente. Talvez porque ele não entrou na partida contra o Tombense, no sábado.
Kalil respondeu à maneira dele: jogador insatisfeito não fica no Atlético. Ou seja, se aparecer interessado com o dinheiro investido pelo clube mineiro leva Guilherme. Coisa difícil, né? Guilherme é uma das mais caras contratações feitas por Alexandre Kalil contra até mesmo o apoio da maior parte da torcida. Como gostava de dizer meu saudoso pai: " A porta da rua é a serventia da casa".

 MENTIRA PUXA MENTIRA

O buraco que Bernardo, jogador do Vasco, ex-Cruzeiro, meteu-se nessa história envolvendo traficante, namorada de chefe de tráfico, tiros, agressões, etc, não para de causar-lhe problema. Foi ouvido no 21º DP de Bonsucesso e caiu na mentira. Afirmou que nem conhece Dayana, a namorada do traficante, atingida por cinco tiros na perna. Os dois não foram pegos juntos e amarrados juntos, segundo a história inicialmente apurada? No Complexo da Maré, populares confirmam a história dos tiros, da agressão e até outras coisas. Convém Bernardo botar uma pedra em cima pro assunto não render mais. Pode feder pra chuchu no final de tudo.

SALTOS E PULOS TRICOLORES

O Fluminense entra numa fase de pulos e saltos enormes. Joga nesta quinta-feira contra o Emelec, no Equador e volta depressa pra pegar o Botafogo, no domingo, pela final da Taça Rio. Este jogo pode valer ao Botafogo o título carioca, visto que venceu a Taça Guanabara, o primeiro turno do Carioca. Tem o empate a seu favor. Ambos só não tiveram a Federação carioca ao lado deles. Tipo de partida que merecia adiamento em razão da presença dos tricolores numa competição mais importante, a Copa Libertadores.

BAND CONTRATA GÊMEAS

A Rede Bandeirantes de Televisão que saltou à frente de todas as outras emissoras na contratação de piratas pro exercício ilegal da profissão de jornalista, como os ex-atletas comentaristas esportivos, reforçou seu elenco com as gêmeas Bia e Branca Feres, aquelas do nado sincronizado. Em qual prateleira as colocará não me cabe, daqui da província dizer. O certo é que são muito bonitas, mas competentes nem tanto.  

GERENTE DO AMERICA SAI

Interessante, ainda no domingo o ex-goleiro Fabiano anunciava a possível apresentação de dois reforços para o América nesta terça-feira.  Então, chega a segunda-feira e nada de reforços. A bomba ficou por conta da demissão do próprio gerente sob alegação de que seus negócios na sua cidade natal, interior de São Paulo, exigiam a presença do dono, assim como seus filhos mais novos. Outra pergunta: por que mesmo o Fabiano foi contratado?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.