segunda-feira, 29 de abril de 2013

TEM JEITO NÃO, MINEIRO SERÁ DECIDIDO COMO SEMPRE POR ATLÉTICO X CRUZEIRO.


Nada será diferente do que acontece na maioria das vezes no Campeonato Mineiro: Cruzeiro x Atlético deverão fazer as finais. No sábado, com alguma dificuldade, porém sem Ronaldo Gaúcho e outros titulares, apesar das voltas de Tardelli e Bernard, o Galo derrotou o Tombense, ( 2 a 0, gols de Luan e Donizete) na casa do adversário.
Se levou susto em determinados momentos foi coisa pouca; o time jogou suficiente pra garantir a vantagem inicial de segundo colocado na classificação geral, e aumentá-la na disputa direta com o Tombense. 
Agora só com ajuda dos deuses do futebol, o Tombense inverte a situação, marcando 3 a 0 no Galo em pleno Independência pra ficar com a vaga. Fatura liquidada e o Atlético garantido nas finais.
Na outra semifinal, também não aconteceu nenhuma novidade. O Cruzeiro não deu chance ao Villa Nova e com atuação espetacular, goleou por 4 a 0 e garantiu sua presença nas finais. Serão dois clássicos decisivos de uma história repetitiva e nem por isso sem emoções profundas.
Cruzeiro e Atlético chegam à decisão em condições de igualdade: os azuis ainda invictos, contando no cartel com a vitoria por 2 a 1 sobre o arquirrival na reabertura do Mineirão. O Galo, apesar das pressões que sofre daqueles que o querem desestabilizado na Libertadores, ainda se mantém como equipe coletiva e individual de grande porte.

FESTA DE DIEGO SOUZA

O meu amigo e comentarista global Bob Farias optou por Everton Ribeiro como melhor jogador em campo contra o Villa Nova. Em parte tem razão. Everton Ribeiro jogou demais e fez dois gols de altíssima qualidade, principalmente o segundo. Respeito a opinião de Bob, claro.
Porém, entendo que esta foi a melhor partida de Diego Souza com a camisa celeste.  Mostrou vontade incrível de atuar. Com dois minutos, já obrigava ao jovem e bom goleiro do Leão, William Nobre, praticar a primeira defesa difícil. Em seguida, testou indefensável bola na trave esquerda, aos 9m. Aos 18m, na cobrança de falta, Diego Souza acertaria a mesma trave e o  mesmo lugar.
O jogo era todo do Cruzeiro, com destaque de Diego Souza.O time marcava sob pressão e não deixava o Villa Nova sair lá de trás. O Leão, em razão disso, ficou nervoso e desandou a cometer faltas.
Aos 21m, outra falta da defesa do Villa, desta vez sobre Everton Ribeiro. Quase em cima da linha da área. O próprio Everton Ribeiro pediu pra cobrar e o fez com acerto, no canto direito do goleiro William Nobre. Cruzeiro 1 a 0. A porteira escancarou-se. Aos 22m, em jogada pessoal, da esquerda para o meio, Diego Souza soltou a bomba de fora da área e anotou 2 a 0 Cruzeiro.

PRESSÃO DE GOLEADA

A pressão era tão grande que já se sabia que o terceiro gol viria logo. Demorou um pouco mais e veio aos 36m, em outra bela jogada de conjunto entre Diego, Dagoberto, Guerreiro, Everton Ribeiro, de calcanhar, e a bomba de Diego Souza, de fora da área. Cruzeiro 3 a 0, placar do primeiro tempo.
Na fase final, a disposição do time de Marcelo Oliveira era a mesma. Com cinco minutos, Bruno Rodrigo cabeceou uma bola de escanteio na trave.
Aos 16m, Everton Ribeiro marcou o gol mais bonito da partida, numa jogada individual na qual ele driblou um monte de gente e com calma, depois de receber o passe de Diego Souza, pela meia direita e chutou forte pra vencer o goleiro do Villa. Cruzeiro, 4 a 0.
Como tem jogo no meio da semana pela Copa do Brasil, contra o Resende, no Rio de Janeiro, o Cruzeiro resolveu tirar o pé do acelerador e esperar que o placar fosse aumentado sem que fizesse força.





BERNARD JOGA EM SP

O São Paulo que se prepare porque o esquema de Cuca funcionou bem pra preservar seus principais jogadores na partida em Tombos. Até Bernard que deixou o gramado sob suspeita de contusão mais séria, no mesmo ombro que o afastou bom tempo da bola, após melhores exames em BH ganhou plena condição de atuar no Morumbi. Ronaldo Gaúcho foi poupado contra o Tombense e retorna à equipe, o mesmo acontecendo ao Jô. Então pra tranquilidade da torcida, o time que faz a primeira partida das oitavas de final da Libertadores, contra o São Paulo, quinta-feira, estará completo do porteiro da sede ao presidente Alexandre Kalil. Não faltará ninguém.

ENQUANTO ISSO, BERNARDO...
Globoesportes -  O meia Bernardo, do Vasco, é “171”. A afirmação foi feita por um empresário do ramo alimentício, chamado Andrews Moraes, em entrevista à Rádio Globo. Segundo Andrews, que tem empresas na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, Bernardo pediu, em janeiro de 2012, R$ 40 mil emprestados para quitar a casa que dera de presente à sua mãe. De acordo com o empresário, a dívida até hoje não foi paga.
Ele chegou até a mim por um amigo em comum, que sabia que eu tinha esse dinheiro na conta e que sou amigo de vários jogadores. Ele veio até mim, pediu o dinheiro, chorou por 10 minutos na minha frente. Nós fomos até o banco e ele assinou os cheques na frente do meu gerente. Quando chegou a época de me pagar, ele não atendia mais o telefone', afirmou Andrews.
Andrews disse que tentou, em vão, receber o pagamento. “Eu mandei o banco fazer o depósito dos cheques mesmo sem a autorização do Bernardo. Dias depois, o meu gerente me ligou dizendo que o Bernardo havia sustado os cheques dizendo que havia sido roubado”, explicou.

PROIBIU OU NÃO!

Márcio Resende de Freitas, durante a transmissão do jogo de Nova Lima, informou aos telespectadores da Poderosa que a Fifa, a pedido da Conmebol  havia proibido o uso de rádio ou telefone entre técnicos e auxiliares. Este expediente passou a ser usado de certo tempo pra cá. Os auxiliares ficam numa cabine de rádio ou no meio da torcida e dão pitacos aos treinadores no banco, porque têm visão melhor lá de cima.
 Ninguém mais resiste um radinho. Alguns não usam o aparelho, mas o deixam com outro auxiliar no banco. Os lá de cima sopram e os cá de baixo passam aos treinadores.
O repórter global, dentro de suas funções, como os dois treinadores em Nova Lima usavam tal expediente, procurou ouvir o Chefe da Comissão de Arbitragem que estava no local. Segundo ele, nada chegou à FMF, mas que houve sim a consulta da Conmebol. No entanto, entende que a proibição da Fifa só estenderá à Libertadores. Nos regionais os contatos permanecerão.

POLITICAGEM
                          &
                           BOTEQUIM

Enquanto os amigos de Ronaldo e Bebeto faziam a festa para operários e convidados do governo do Rio de Janeiro (como a presidente Dilma Rousseff) dentro do Maracanã na noite de sábado, policiais e manifestantes se enfrentaram na porta do estádio.
Em sua página no Facebook, o grupo “Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas” divulgou imagens do confronto com os policiais perto da estátua do Bellini. Os manifestantes são contra a privatização do estádio e as demolições da escola e dos parques esportivos de natação e atletismo que estão no complexo do Maracanã.
“E, de repente, a polícia soltou a primeira bomba, a segunda, o primeiro tiro de borracha, e outro, de forma desmedida, absurda. Em frente ao ‘Novo Maracanã’, palco da final da Copa do Mundo. Do outro lado, além de torcedores, professores, atletas e indígenas, estavam também crianças, alunos da Escola Municipal Friedenreich, que o governo quer demolir”, diz o texto na página do grupo.


FLU X BOTA DE NOVO

O Botafogo goleou o Resende (5 a 0) e o Fluminense atropelou o Volta Redonda (4 a 1) e vão decidir a Taça Rio. Caso os tricolores vençam haverá uma decisão extra pra se conhecer o campeão carioca. O Botafogo que ganhou a Taça Guanabara se vencer leva o título carioca. As apostas no time de Clemence Seedorf, que anda jogando como menino de 18 anos, são grandes.

TIMÃO CHEGA LÁ

No Paulistão, o Corinthians passou para as quartas de final goleando a Ponte em Campinas por 4 a 0. O Santos tirou o Palmeiras nos pênaltis, o Mogim Mirim enfiou seis no Botafogo-RP e, finalmente, o São Paulo de Ney Franco, às duas penas, derrotou o Penepolense por 1 a 0.
Agora Corinthians e São |Paulo cruzarão os bigodes. O Santos pegará o Mogi. É a fase do “vamos ver” no campeonato paulista. Como acontece no Gaúcho, onde o Grêmio foi eliminado pelo Juventude, o Internacional passou pelo Veranópolis.  Inter e Juve vão pro título. O Colorado atrás do tricampeonato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.