segunda-feira, 13 de maio de 2013

NÃO HÁ CULPADOS. APENAS UMA EQUIPE BEM SUPERIOR A OUTRA


Não me agrada esta fase da caça às bruxas, principalmente atrás dos culpados pelo debacle (céus!) cruzeirense no Horto. Não foi nada diferente dos outros times, tidos como melhores, que, também, se enredaram por aquelas bandas e apanharam feio dos rapazes do Cuca, invictos há 34 jogos no Independência. Eu mesmo apontei o dedo pra Marcelo Oliveira e pelos pecadilhos cometidos. Nada, entretanto, que possa estremecer seu trabalho eficiente até agora.
A coisa mais exata é que não há nada igual, no momento, entre Atlético de Ronaldinho Gaúcho, Tardelli, Bernard, Rever, Jô e outros. A realidade é triste, contudo, nesse aspecto. O Cruzeiro no momento, exceto por Fábio, não tem nenhum outro jogador em condições técnicas de atuar no time atleticano.
 Portanto, não há culpado, não há como correr atrás de erros. Não há como desmerecer a vitória do Atlético por 3 a 0, placar pequeno pela diferença enorme vista em campo.
Não já antecipei, também, a torcida azul deve comparecer ao Mineirão tão somente pra prestigiar o trabalho que se faz de recuperação de prestígio da equipe, arrasado ano passado. Não pense em virada! O título deste ano já tem dono, não apenas pelo placar da primeira partida, mas, e principalmente, pela diferença entre as equipes.

É O QUE DIZEM...

Ex-goleiro Aranha (aranhatrg@hotmail.com) - https://bay174.mail.live.com/mail/clear.gifCaro amigo Flavio vcs da imprensa querem ajudar seu amigo Marcelo mas o Cruzeiro  não tem time  para ganhar do  Galo
isso e uma realidade hj no Brasil não tem time para se igualar ao Atletico não posso dizer se e parte tática ou por individualidade eu joguei no Cruzeiro por vários anos e não posso falar qdo   Wanderlei estava mas o Cruzeiro só foi respeitado mesmo com um time fraco  e que a torcida não  acreditava   e passou a confiar  foi qd  Adilson Batista estava e a imprensa   atleticana metia o pau nele e a torcida cruzeirense  burra ouviu e ele foi embora  e depois não deu certo em outros times mas o Galo qd ele estava aqui não era páreo para o cruzeiro por isso meu amigo te falo qd vc nao tem jogador parte tática manda muito este ano o   campeonato mineiro  foi  fracasso  os  menos piores foram vila e tombense e mesmo assim tomaram   goleada     gostaria de ter uma entrevista cv e falar varias coisa sobre o campeonato mineiro.
Resposta: Não é do meu feitio misturar amizade com trabalho.

Altamiro Fernandes da Cruz - BH -Meu caro Flávio! Torcer é: Saber respeitar o direito do outro em escolher por qual Clube irá dedicar o seu amor; Saber - acima de tudo - reconhecer a superioridade técnica do adversário e, sem margem à dúvida, o Atlético é, hoje, o melhor time do Brasil sem nada a dever aos grandes clubes europeus;
Saber reconhecer a grandeza inconteste do adversário, pois, assim, estaremos valorizado mesmo na derrota; Saber e reconhecer que - mesmo sendo torcedor do Cruzeiro - estamos inferiores tecnicamente ao ótimo time montado pelo Kalil. Parabéns ao Atlético pela insofismável e maiúscula vitória! Saudações do torcedor CRUZEIRENSE!
Resposta: Gostei de ver a sua sinceridade, Tenente.

João Batista - ex-TV Horizonte - Flávio, incontestável a vitória do Galo, que mostrou uma superioridade a km de distância deste time em formação do Cruzeiro.  Sem dúvida que o jogo no Mineirão será diferente, pois o Galo não precisará fazer muito esforço para manter este placar e jogar tranquilo, sem perder peças importantes para a Libertadores.


Dizem que todo clássico é imprevisível, mas nestes dois confrontos, não tinha a menor dúvida de que o Galo seria bem superior ao Cruzeiro, pois tem hoje uma equipe que se conhece em campo e jogam se divertindo.  Enquanto que o Cruzeiro, ficou claro para todos, precisa acertar quem é realmente seu 11 titulares.
Parece que o Marcelo ainda não sabe. Pois Everton na esquerda, Leo na Zaga, Leandro Guerreiro no meio não são os titulares do meu Cruzeiro. Será apenas do PACOTE, como vc bem o diz, não é?  
Mas nada está perdido e creio que ele é inteligente e saberá trocar as peças e efetivar os melhores no Brasileirão, pois o Mineiro já era.  Já foi e eu fui... 
Resposta: Esse negócio de que clássico é imprevisível e que não tem favorito é conversa fiada. Vc leu minha pré coluna de domingo? 

FUTURO CAMPEÃO

Algo me diz, pura intuição, que o adversário do Atlético na final da Libertadores sairá da partida desta noite, no Pacaembu, entre Corinthians x Boca Juniors. Confesso minha ignorância em projeções e não sei se existe tal possibilidade. Espero que sim. E minha torcida, por isso, vai de pronto pro Corinthians. Pouco simpático por nossas bandas, em razão dos excessos da mídia nacional, porém uma equipe forte o suficiente pra enfrentar o Galo no seu terreiro.

FORÇA COELHO

Acreditar no Coelho nesta quinta-feira contra o Avaí, na Ressacada, jogo de volta pela Copa do Brasil, é exigir demais de seus sofredores simpatizantes. Afinal, o barrigas verdes ganharam aqui por 1 a 0 e são bem fortes na Ressacada. Além disso, o treinador do América usa o esquema do desespero. A diretoria contratou, o reforço chegou, treinou num dia e estreia no outro. Contra o Avaí, são anunciadas as estreias de Andrei, volante; Jailton, zagueiro; e Sérgio Motta, atacante. Nem se fosse, Coutinho, Pelé e Pepe...

INCONFIDÊNCIA DE MÃE

Entusiasmada com a atuação do filhinho craque, no dia dedicado à ela, a Mãe de Bernard cometeu uma inconfidência ao repórter Henrique André, de o Tempo, e produtor do nosso Jogada de Classe, ao anunciar negociações com seu filho com o Borussia Dortmund.
Segundo ela, se a coisa encaminhar-se mais um pouco esses dias, o pai de Bernard irá à Alemanha fechar o negócio. Os alemães oferecem 13 milhões de euros e Kalil quer 20 milhões. O que se pode fazer? Essa venda é mais que esperada. Para este clube ou outro da Europa.

GRÊMIO A PERIGO

Tem sido decepcionante o futebol que o milionário time do Grêmio mostra na Libertadores. Ou na temporada. Amanhã joga todas as suas fichas em Santa Fé, na Colômbia, contra o Independente local. No primeiro jogo, em Porto Alegre, os gremistas suaram sangue pra vencer por 2 a 1. Uma derrota pela contagem mínima desta vez, tira o time do imortal Lupicínio Rodrigues da competição.

FLAVIO GARANTE

Meu velho companheiro e irmão de muitas lutas, Flávio Carvalho, garantiu no Jogada de  Classe de segunda-feira que o Cruzeiro já contratou o defensor Henrique, dublê de volante e zagueiro, do Palmeiras pra jogar na frente da zaga. Henrique se apresentaria após a Libertadores. Aguardemos, pois.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.