sábado, 25 de maio de 2013

ROBBEN MARCA GOLAÇO NO FINAL E TÍTULO DA LIGA É DO BAYERN

O comentarista Caio Ribeiro e o narrador Cleber Machado tanto pegaram no pé de Arjen Robben que acabaram queimando a língua no final do jogo decisivo da Liga dos Campeões da Europa, no Estádio Wembley. O holandês  teve uma, duas, três chances de abrir o placar e desperdiçou todas. Mas foi dele o passe do primeiro gol e, também, o gol da vitória do Bayern sobre o Borussia por 2 a 1, na conquista do título. 
Arjen Robben ao perder as chances de abrir o placar em Wembley fez um filme com o pênalti decisivo perdido diante do Chelsea, há um ano, passar pela cabeça dos torcedores vermelhos. Com este lindo gol tornou-se o herói do jogo e acabou com a sina de vice-campeão após dois títulos perdidos em finais em três anos.
Robben ainda teve grande parcela de responsabilidade no primeiro gol do jogo, marcado pelo croata Mandzukic. Foi do holandês o passe para o centroavante apenas colocar nas redes, aos 15 minutos do segundo tempo. Pouco depois, aos 23, o Borussia Dortmund viria a empatar a partida, em pênalti cometido grotescamente pelo brasileiro Dante, às vistas de Felipão, que estava no estádio inglês, em companhia de Parreira. A falta foi cobrada por Gündogan. 
Tudo levava a crer que a partida iria para a prorrogação. Ela teve momentos de comando do Borussia, outros do Bayern e estava bem equilibrada na hora do gol de Robben. Foi no contra-ataque. Um chutão da defesa, Ribéry recebeu a bola entre dois zagueiros, tocou de calcanhar pra Robben. Este passou pela zaga em alta velocidade e tocou de lado tirando do goleiro Felger, uma das melhores figuras em campo. Bayern, campeão. Robber, num choro convulsivo, de alma lavada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.