quinta-feira, 30 de maio de 2013

SÓ FALTA GALO - OU TIJUANA -PRA DEFINIR SEMIFINAIS

´´

É o que a gente saberá logo mais após o apito final do chileno Patrick Polic logo à noite no Horto. Ou Galo ou o Cachorro mexicano.Não vou ficar em cima do muro: os últimos resultados da Libertadores encaminharam o torneio pra entregar o caneco de campeão ao Clube Atlético Mineiro. Dos três até agora oficialmente classificados pras semifinais - Newell`s Old Boys, da Argentina; Olímpia do Paraguai e Independente Santa Fé, da Colômbia - nenhum tem elenco e equipe coletiva pra superar os rapazes de Cuca. Dizem que futebol não é ciência exata e, por isso, não há como antecipar seu resultado. O próprio Cuca gosta de lembrar-se dos tempos de "Barcelona das Américas" quando venceu o Once Caldas na ida por 2 a 1 e perdeu na volta, em casa, por 2 a 0 e Cruzeiro caiu nas quartas de final.
Depois que passar pelo Tijuana esta noite, no Horto, o Galo enfrentará o Newell`s. Tem que manter o planejamento: conseguir bom resultado na ida e trazer a decisão pro Horto, onde qualquer adversário, no momento, é morto. Se acabou a mística do Boca Juniors, com o Bombonera, a do Olímpia permaneceu viva no Defensores del Chaco onde os paraguaios puxaram o tapete do Fluminense.O Independente Santa Fé, tambem, fugiu da regra geral. Chega às semifinais credenciado e poderá até fazer a final com o Galo. Repito: qualquer um deles que cair no Horto tá morto. Arriba,Galo!

Cruzeiro deixou dois pontos em Curitiba, naquele curral chamado Boqueirão, onde o Atlético-PR se apequenou por sujeitar-se a jogar ali.Campo ruim, gramado ruim, estádio péssimo e afora o susto pelos 2 a 0  iniciais,s azuis se agigantaram e superaram os problemas; Trouxeram o empate, perderam a liderança pro São Paulo, mas mostraram pela tevê a vergonha de um campeonato de cartas marcadas. Jamais tomaremos vergonha se não nos indignarmos contra as peripécias malandras que o submundo do esporte nos reserva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.