terça-feira, 11 de junho de 2013

ABSURDOS DA FIFA NA COPA DO MUNDO NO BRASIL

Desconfio que os partidos da Oposição tirarão vantagem desta Copa do Mundo no Brasil. São tantas as exigências absurdas da Fifa que sobram críticas até pro ex-presidente Lula, que assinou o contrato inicial com a entidade internacional. A omissão da Presidenta Dilma e dos governos estaduais, principalmente o de Minas Gerais e da Prefeitura de Beagá, causa mal estar aos cidadãos. A Fifa assumiu a Cidade Administrativa e a Prefeitura; saíram o professor Anast-azia e o doutor Lacerda. Quem manda agora é Blatter e sua cambada. (Na foto, Blatter, novo governador das Geraes e Prefeito de BH, quase presidente do Brasil, saboreando churrasco com os puxassacos gaúchos)
Vou citar algumas intervenções indevidas da Fifa, homologadas pela Prefeitura e pelo Governo do Estado. Acabaram com a Feira do Mineirinho; foram proibidos eventos de rua, por exigência da Fifa, que não admite eventos que não estejam ligados à Copa. Afinal, esses não rendem dinheiro pra ela.
Passou por cima da lei estadual que proíbe bebida alcoólica no Mineirão; proibiu a atuação de ambulantes e bares em determinado raio do estádio.
Estes são os que eu consegui detectar, por enquanto. Sem falar nas intervenções que exigiu no pré-contrato no entorno do Estádio e na hotelaria, e mobilidade das cidades sedes.
Por exemplo: por que obrigaram Cruzeiro e Atlético a jogarem na Arena do Jacaré se o Independência será usado apenas pra treinamento das Seleções e até hoje apenas a Seleção do Taiti se encontra em BH e treinando no CT do América?
Isso tudo por causa desse torneio sem-vergonha, caça níquel, que dará retorno financeiro apenas à Globo e à Fifa. Estive em quatro copas do mundo e um mundialito no Uruguai. Jamais vi coisa igual, tal submissão do  país promotor à Fifa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.