domingo, 30 de junho de 2013

BUFFON PEGA PÊNALTIS E ITÁLIA VENCE URUGUAI


Durante a partida, o experiente Buffon, um dos melhores goleiros do mundo, repetiu o que fez durante a Copa das Confederações: alternou bons e maus momentos. Falhou num dos gols de Cavani - marcou os dois da Celeste - na cobrança de falta. Porém, defendeu três pênaltis nas cobranças alternadas. Verdade que não foram bem batidos, porém o goleiro fica sempre com o mérito.
No tempo normal, empate em 2 a 2, numa partida equilibrada e interessante.
Nenhuma das seleções fez corpo mole por tratar-se da disputa do terceiro lugar. A Itália queria o resultado positivo e o Uruguai, também. Aos 23m, Diamanti cobrou falta, a bola acertou a trave, rebateu nas costas do goleiro Muslera e, ia pro gol, quando foi empurrada pras redes pelo zagueiro Astori. A arbitragem chegou a dar o gol a Diamanti, mas voltou atrás, após consultar o sistema eletrônico, e deu o o gol pro zagueiro.
O empate aconteceu no segundo tempo.Gargano puxou o contra-ataque e lançou na esquerda. pra Cavani bater cruzado, aos 12m, e fazer 1 a 1. A Itália voltou a liderar o placar, com um gol de Diamanti, de novo numa falta, aos 30m.
A vantagem cinco minutos depois, Cavani voltou a igualar o marcador, em mais uma cobrança de falta. Buffon saltou com atraso e não conseguiu evitar o segundo gol uruguaio, que levou o duelo para a prorrogação.
Pela segunda vez seguida, os italianos foram pra prorrogação. Apenas seguraram os uruguaios e contaram com a decisão por pênaltis. Venceram então por 3 a 2, graças ao goleiro Buffon que pegou as defesas de Forlan, Cáceres e Gargano.
Os italianos fizeram festa com as medalhas no peito e levaram junto a boa torcida que compareceu à Fonte Nova pra ver a disputa entre Itália e Uruguai. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.