sexta-feira, 7 de junho de 2013

FELIPÃO ENFIM CONVOCA JÔ. SÓ FALTAM TARDELI E RG-10

 Luiz Felipe Scolari, por fim, resolveu abrir parcialmente a cabeça e convocou o centroavante do Atlético, Jô, pro amistoso da nossa Seleção neste domingo, em Porto alegre, contra a França. Tudo por causa da lesão de Leandro Damião num dos treinos. Vale como prêmio às boas atuações do atacante do Galo na Libertadores. (foto de Alexandre Guzanshe/EM-DA Press)
No entanto, as chances de Jô vestir a amarelinha do Brasil pra jogar são mínimas. Curtirá o banco, ou verá o amistoso do camarote especial da Arena do Grêmio com outros companheiros. Tanto que Damião nem foi cortado. Ficará na lista dos 23 nomes enviados à Fifa e Jô, segundo reforçou Felipão, foi convocado apenas pro amistoso.
O jogador está pra lá de feliz. Não quer nem saber se ficará no banco, no camarote ou se jogará alguns minutos. Afirmou que só o fato de ser chamado por Felipão o gratifica, como reconhecimento ao esforço que faz, no momento, nos jogos do Galo.
Porém, nós, os mortais da turba ignara, gostaríamos de saber: se não vai jogar a Copa das Confederações porque convocar apenas pra um amistoso se já existe na lista outros 22 nomes?

É O QUE DIZEM...

Muito bem informado como sempre o jornalista político, umas das feras de nossa imprensa, Luiz Carlos Peninha, colocou no seu blog: "Jornais de BH estão dando a grave notícia: o pavimento de concreto da pista para ônibus da av. Antônio Carlos apresenta sinais de desgaste.
O primeiro trecho concluído dessa obra, realizada em junho de 2007, situado entre os bairros Aparecida e São Francisco, mostra a deterioração, com buracos e remendos na pista que tem mais de um quilômetro. Os investimentos são de 250 milhões de reais, com recursos da prefeitura e do governo estadual.
Isso é preocupante, e para se ter uma ideia, os contratos de obras com empreiteiras feitos na Europa e nos Estados Unidos preveem seguro da obra e centimetragem mínima do cimento ou do asfalto, sendo que o cimento é mais caro porque é mais resistente.
Neste caso, ao que parece, não houve o seguro e nem a centimetragem. Problemas, aliás, que acontecem geralmente nas licitações feitas no Brasil.
Opinião da Trincheira: meu caro Peninha, o serviço e você sabe melhor do que este filho do Sodico foi feito na correria pra atender interesses políticos. Como no caso das demolições do Independência e Mineirão.

FORA DA TOCA
Pelo visto, encerrou-se, realmente, o ciclo de WP-9 ( Wellington Paulista) na Toca da Raposa 2. Esteve emprestado ao West Ham da Inglaterra e seu contrato encerrou-se agora em junho. O Cruzeiro levou R$ 1 milhão no negócio. O clube inglês agradeceu e devolveu o atleta, até porque despencou pra segunda divisão.
Na manhã de quinta-feira, Alexandre Matos, diretor de futebol celeste, informou que acertou o empréstimo de WP-9 até o final do ano, quando, também, se encerra seu contrato com o Cruzeiro. Até que enfim... (foto Daniel Camargo/DA Press)

RANKING DA FIFA

Vou desgastar outra vez parte da minha parca paciência com a finalidade de explicar o que penso desse tal ranking da Fifa. Pura besteira! Bobagem usada pra retaliar a confederação fora das graças do capo di tutti capi Joseph Blatter, poderoso presidente da entidade máxima do futebol.
Vou remexer nessa porcaria só porque fui provocado pelo leitor jota.esse.be. de Sete Lagoas, cujo nome foi omitido. Perguntou-me, após longa explanação de seu ponto de vista sobre esse discutido assunto, nada diferente do que é digerido pela maioria dos brasileiros:
"Como conseguimos ficar atrás de Equador e da Croácia, apenas pra citar alguns, porém existem outras mais capengas ainda?"

EXPLICAÇÃO DE CADA UM

Cada pessoa tem sua explicação. A maioria, contudo, acusa a má administração do futebol brasileiro há anos, enquanto os países europeus se arrumavam. O negócio, em resumo, é o seguinte: a Fifa criou uma tabela de pontos, através de um instituto fantasma, que usa pra avaliar as conquistas e os números de pontos de cada seleção em determinado período.
Nunca me aventurei sequer a pesquisar tal pontos e tal instituto porque não creio neles. Não vou além de simples leitura nos conceitos da Fifa, visto que não engulo tal ranking como fator de avaliação.
Como pode nossa seleção que nunca deixou de participar de uma copa do mundo, que já conquistou o torneio cinco vezes, além de outros continentais, ficar atrás de times como Equador que não vence nada? 
Só pode acontecer tal situação em factoides produzidos no submundo do futebol internacional, nos porões da Fifa, com a finalidade de reduzir o lado psicológico da nossa seleção, como equipe; e de alguns atletas famosos visando jogar seus valores abaixo da maioria europeia.

TRINCA PERIGOSA

Defender a administração de Ricardo Teixeira e de Marins não é o meu propósito. Mas desmoralizá-los é o propósito da Fifa pra estancar a força política de ambos e de João Havelange. O intuito de colocar o Brasil bem baixo no ranking vale informar ao mundo que não somos mais aquele bicho assustador que conquistou cinco vezes a Copa do Mundo, por causa da administração da trinca.
Que o nosso estoque de craques acabou e os meninos colocados nas prateleiras de negócios são comuns.Não mais surgem, com frequência, nomes como Neymar e Lucas, como antes surgiam Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho, Rivaldo, Aldair, Roberto Carlos, Cafu, Pelé, Garrincha, Zico e outros nomes famosos. A safra agora é limitada, daí a seleção brasileira estar em nível tão baixo.

MERCADO AGRADECE

O mercado internacional agradece tal preocupação da Fifa e cada vez mais vem ao Brasil atrás de matéria prima. Os nossos jovens craques saem por preços de banana. A Fifa avalia que não temos time, nem treinador ( quesito em que tá coberta de razão.) Pretende deixar nosso time desamparado com essa campanha negativa feita pela própria mídia nacional. Se assim não fosse, qual justificativa teria, junto ao governo federal e à Rede Globo, de patrocinar a tal campanha de que a melhor arquibancada são as ruas.
Que diabo, sô! Não é nenhuma prova da Fórmula 1, em Mônaco, com corrida de rua. O nosso time não jogará pelada nas ruas. Precisamos dos estádios cheios de brasileiros empurrando nossa seleção. A Pátria de Chuteiras tá contra. Quer espaço nos estádios, durante a copa e na Copa das Confederações.
Que a Dama de Aço, ocupante do Palácio de Brasília, acorde a tempo de dar um basta nessa palhaçada da Fifa.

SAUDADE DA ARTE


Ah, que saudade que dá ver o mágico Alex com a camisa 10 do Coritiba! E marcando gols como este no finalzinho da partida contra o Fluminense, no Couto Pereira. Gol da vitória por 2 a 1. No primeiro gol, ele fez genial assistência pro companheiro Robinho marcar. O seu foi obra prima, apesar da falha do goleiro tricolor. Uma bomba da intermediária, de três dedos. Gol de número 400 na carreira e que botou o Coritiba na liderança do Brasileiro, no lugar do Cruzeiro, ex-clube de Alex, onde, também, tornou-se ídolo inesquecível. (Globo.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.