sábado, 15 de junho de 2013

TEM ALGO PODRE DEBAIXO DESSAS MANIFESTAÇÕES

Confesso que já vi este filme antes. Durante o regime dos militares. Eles misturavam seus agentes entre os manifestantes e o vandalismo comia solta. Depois, a culpa era dos estudantes que apenas queriam mostrar sua indignação contra o estado de coisas e a intervenção nas universidades. O mais conhecido caso de infiltração foi aquele do Rio Centro, quando uma bomba explodiu no colo de um militar à paisana. E aquela bomba na OAB, que matou a secretária? Por que a oposição colocaria uma bomba na secretaria da OAB, aliada na luta contra o regime de exceção?
Em Brasília, apenas de leve, a Rede Globo, mestre em esconder as coisas do governo, disse que a manifestação, também, era contra os gastos da Copa do Mundo. Só isso. Depois voltou ao Rio de Janeiro e a São Paulo, onde a confusão era total. Rapidamente, mostrou também um soldado quebrando os vidros de uma viatura policial. Com certeza pra jogar a culpa depois nos manifestantes. Toda manifestação começou pacífica e tornou-se violenta quando a Polícia se meteu no assunto. Principalmente em São Paulo, habitat natural dos tucanos.
Aí arrumaram um jeito de dividir o País no meio. Tipico de uma situação em pé de guerra civil. Os produtores rurais de todos os estados resolveram interditar as principais estradas do País, com seus tratores e caminhões. Reclamavam contra as invasões pacatas em suas fazendas de terras devolutas. Também concordo com a reforma agrária, não que eles querem, tem demorado demais. Até os índios foram convocados a entrar no imbróglio.
Será que tem alguma manobra naval da força norte-americana nas costas do Brasil?

É O QUE DIZEM...

Imagina na Copa do Mundo... (de Iraq Rodrigues - BH)


BH entregue às traças. Lacerdinha pendurado no saco dos Fifeiros. Anastácia teve azia. Tiago Lacerdinha só lamber ipso facto as botas dos gringos da Fifa. BRT, o que é isso  ? Buraco nas Ruas Todas ? ônibus de graça para turista ? E  um caco velho, reformado montado em cima de carroceria diferente ?   Andei em ônibus de turismo em Cuba e tive de pagar cinco CUCs (Um CUC  = US$ 1,13), mas eram ônibus supernovos, com guia anunciando cada atração turística e dando seu histórico. Os ônibus circulam o dia todo. Você paga uma vez e pode percorrer todas as atrações, descendo em cada uma e pegando o próximo ônibus, sem ter que pagar de novo. Isso, sem falar nos taxis-coco, lindos, econômicos e baratíssimos, para 2 a 3 pessoas. Taxis de carros antigos recuperados também tem de sobra. 
E BH, sem transporte coletivo para a população, o que dirá para turistas... 
Deus nos perdoe por fazer o país passar por tão grande vexame.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.