terça-feira, 30 de julho de 2013

NÃO VAI NÃO, BERNARD, UCRÃNIA É GELADO E UMA GELADA


Caso fosse eu o pai - procurador impessoal não, porque esses só pensam em dinheiro - não deixaria o Bernard e seu belo futebol afundarem-se na gelada Ucrânia, longe dos olhos do mundo e da Seleção Brasileira.
Bom, trata-se do Shakhtar, time que disputa a Liga dos Campeões com respeito. Por analogia, este filho do Sodico dirá que aqui na América do Sul tem time da Bolívia na disputa da Libertadores. É que nem lá...
Segundo Alexandre Kalil, o clube já acertou com o Shakhtar os valores da transferência. E foi transparente: os números giram em torno de 25 milhões de euros. Multipliquem aí e vejam quanto dá isso na grana tupiniquim. É dinheiro pra encardir!  Pro Atlético pouco importa de onde vem o dinheiro, desde que seja dentro daquilo que pediu pra liberar o garoto.
Entretanto, Kalil foi bem paizão: "se Bernard não quiser ir pra Ucrânia, não tem problema nenhum. Já conversei com ele e a decisão tá na mão dele. É assunto particular dele e se não quiser ir, não irá na marra".

Bernard gostaria que fosse a proposta dum país mais visível, como Portugal, por exemplo. O Porto chegou a se manifestar, porém não tem bala na agulha. (foto de Alexandre Guzanshe - DA Press-EM)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.