sexta-feira, 20 de setembro de 2013

COELHO EMPATA COM OESTE E FICA MAIS LONGE DO ACESSO

O América está cada vez mais distante do sonho de retornar à elite do futebol brasileiro. Nesta sexta-feira, o time perdeu a chance de se reaproximar do grupo que briga pelo acesso ao empatar com o Oeste por 1 a 1, em Itápolis, pela 24ª rodada do campeonato. Logo no primeiro minuto, Bady colocou o Coelho em vantagem, porém Piauí, em bela cobrança de falta, deixou tudo igual para os donos da casa (Superesportes).
  
RODADA DO BRASILEIRO TÁ QUENTE NESTE DOMINGO:
CORINTHIANS X CRUZEIRO, À TARDE; GALO X VASCO À NOITE.

A 23ª rodada do Campeonato Brasileiro será aberta na noite deste sábado com Fluminense x Coritiba, às seis e meia,  e com Vitória x Grêmio, às nove horas.
São dois confrontos que podem mexer bastante com a tabela de classificação, principalmente o jogo entre cariocas e paranaenses, no Maracanã. 
O tricolor está em 10º com 29 pontos, enquanto o Coxa tem um ponto a mais, porém duas posições acima.
Neste bolo está, também, o Vitória de Ney Franco, que pulou do 10º pro sexto lugar após vencer o Vasco, no Rio por 2 a 1. Tem a mesma pontuação do Coritiba.
O melhor colocado é o adversário dos baianos, o Grêmio, terceiro colocado e brigando com o Internacional pra permanecer no G-4.
O time de Salvador, depois da entrada do meu amigo e conterrâneo Ney Franco e de seu auxiliar, o gente-boa Eder Bastos - o Bombinha - teve uma boa subida.
Porém, tá cheio de problemas: não contará com Michel, o Guerreiro; Cáceres, Neto Coruja e o goleador argentino Maxi Biancucchi.

DOMINGO DE JOGAÇOS - l

O mais esperado jogo da rodada 23 é o clássico Corinthians x Cruzeiro, no Pacaembu, às quarto da tarde, jogo da Rede Globo. É uma partida de enorme risco pelas situações diferentes dos adversários.
O Corinthians tá na porta de uma crise que pode custar a cabeça do treinador Tite, caso seja derrotado e permaneça em sétimo lugar, com apenas 30 pontos.
O Cruzeiro enfrenta esta adversário sempre perigoso e acuado. O time de Marcelo Pacote disparado na liderança, com sete pontos na frente do segundo, o Botafogo, quer manter a diferença. Tudo pode acontecer, inclusive nada.
O vice líder joga em casa, no Rio de Janeiro, e recebe o Bahia, que vem de uma vitória (2 a 0) sobre o Fluminense, na Fonte Nova. O Botafogo levou aquele passeio dos azuis.
A situação deles é a seguinte: o Botafogo, com 42 pontos,  precisa vencer e torcer pelo tropeço do Cruzeiro pra se aproximar do líder.
O Bahia só pensa na vitória pra fugir do perigoso do descenso. Tem 28 pontos e está em 13º lugar, um posto atrás do Galo, que tem melhor saldo negativo. Dá procê?

DOMINGO DE JOGAÇOS - ll

Outro jogo importante pra classificação será Internacional x Portuguesa, em Novo Hamburgo. O Colorado vem da derrota pro Bahia, em Salvador e por isso não entrou no G-4. Tá em 5º lugar com 34 pontos.
A Lusa é 16º, fora do Z-4, por causa da vitória (3 a 0) sobre o Náutico. Tem 26 pontos ganhos.
No Estádio Serra Dourada, o Goiás do destaque Walter, nono colocado com 30 pontos - tá naquele bolo dos 30 - recebe o São Paulo de Murici Ramalho, invicto há três jogos, com 27 pontos e brigando pra não voltar ao incomodo Z-4.
Sem Mano Meneses que pulou fora do barco fazendo água, após a derrota pro Atlético Furacão, visita o Náutico, no Recife.
Dois times em naufrágio: o Fla tem 26 pontos, em 15º lugar. O Náutico é o lanterna e tá encruado nos nove pontos. O Mengo será a redenção dele?

GALO DE VOLTA AO HORTO

Segundo Cuca, se o Galo vencer os três próximos jogos - Vasco da Gama, Criciúma e Santos - poderá pensar no título nacional.
Portanto, quer o apoio da torcida no Horto neste domingo às seis e meia.
O Vasco tá ferido, perto de crise, mas não tá morto, ainda.
O Galo tem 28 pontos e está em 12º lugar dentro do bolo intermediário.
Já o Vasco da Gama, de Dorival Júnior, tem 24 pontos e tá dentro do Z-4, em 18º.
Quarto colocado, com 38 pontos, quatro na frente do quinto Internacional, o Atlético Furacão recebe no estádio do Paraná, em Curitiba, um visitante indigesto: a Ponte Preta.
A Macaca tá cheia de moral após enfiar 2 a 0 no Corinthians, em Campinas.
Todavia, sua luta é pra não cair: tem apenas 19 pontos ganhos e tá no buraco negro, em penúltimo lugar.
Finalmente, na Vila Belmiro, o Santos instável recebe o Criciúma. O Peixe tá no meio do bolo, com 29 pontos em 11º lugar.
O Criciúma é o primeiro do buraco negro, com 24 pontos.

TÁ NO SITE TOQUE DE BOLA
de Juiz de Fora

O Tupi, por meio de seu diretor-executivo de Futebol, Alberto Simão, pede que o procurador do STJD, Paulo Schmitt, se afaste do julgamento do caso relativo à invasão de campo pelo massagista da Aparecidense no jogo de volta das oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D.
Aquele jogo em 7 de setembro, quando o massagista evitou, aos 44 minutos do segundo tempo,o gol que daria a classificação clube juiz-forano.
Schmitt protocolou na quinta-feira, 19, recurso sobre a decisão da Primeira Comissão Disciplinar do STJD, que excluiu, por 3 votos a 1, a equipe goiana da competição. Simão argumenta que o procurador tem laços do amizade com a família do advogado da Aparecidense, João Vicente de Moraes, e, por questões éticas, pede o seu impedimento.
“Respeitamos o trabalho do doutor Paulo [Schmitt], mas, com os fortes laços de amizade dele com os envolvidos, seria mais prudente para a imagem do Tribunal o seu impedimento".
"Descobrimos que o doutor Paulo Schmitt, procurador do STJD, e João Bosco Luz, presidente do Goiás e pai do advogado da Aparecidense, João Vicente de Moraes, têm uma relação direta advinda do Tribunal. A Aparecidense é uma filial do Goiás, que empresta jogadores e banca os salários de vários atletas".
"A relação deles vai além. Ambos trabalham para a Confederação Brasileira de Basquete[CBB].  Schmitt como advogado e Luz como auditor”, afirmou Simão, não temendo represália em razão do posicionamento adotado pelo clube mineiro.
Segundo informações da Tribuna de Minas, o novo julgamento do caso, agora no tribunal Pleno, deve ser confirmado para a quinta-feira, 26.

Trincheira: Partindo dessas denúncias, não há outro caminho ao Procurador, senão cair fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.