terça-feira, 3 de setembro de 2013

ESTA EU OUVI NOS BASTIDORES DE JOÃO VITOR XAVIER

Do deputado João Vitor Xavier, da Rádio Itatiaia, ouvi o absurdo de que a CBTU, companhia do metrô de BH, não opera o metrô do Rio de Janeiro, porém sua sede encontra-se lá. De lá veio a determinação pra que o metrô, nos dias de jogos no Horto, não opere mais após 11 da noite, como fazia em caráter especial, por questão de custos.
Nem aqui, nem no Recife, onde, também, opera a empresa.
Pior ainda o que está no restante do ofício comunicando o fato à Federação Mineira de Futebol. Segundo a CBTU os jogos são iniciativas privadas e como tal, caso queiram o trem correndo fora do horário, especialmente em dias de partidas noturnas, poderão os organizadores entrar em contato com a empresa e acertar o custo extra.
Será que estes caras acreditam que o trem da CBTU transportarão os times pros jogos?. Ignoram que os usuários serão aquelas mesmas pessoas que, estupidamente, são obrigadas ao transporte coletivo horrível de Beagá e de se sujeitarem aos horários extravagantes da Rede Globo, às quartas-feiras?
Isso não valeria, também, outras ruidosas manifestações, porém pacíficas? A CBTU é uma empresa mista, cujo presidente é nomeado pelo governo federal. O artista que a comanda, atualmente, um tal de Francisco Carlos, vive no Rio de Janeiro.
É bem capaz de nem de saber o prejuízo político que essa antipática medida traz pra reeleição

LI NO BLOG DO CHICO MAIA

De Chico Maia, no seu blog, do dia 3, terça-feira: "Não é de hoje que este Lucas Silva vem merecendo ser titular do Cruzeiro. Ótimo que tenha surgido um Marcelo Oliveira na vida do clube neste momento. Um treinador que gosta de apostar na base porque um dia já foi uma aposta, e provou que o treinador estava certo. Lembro-me das desculpas ridículas do Celso Roth ano passado, para não “oportunizar” o rapaz como titular. Aí está, possivelmente uma nova estrela no meio campo cruzeirense, onde alguns fizeram fama especial".

OPINIÃO DA TRINCHEIRA

Pena que o menino Chico Maia não me prestigie mais acompanhando meu blog e nem me dê ibope no Jogada de Classe da TV Horizonte, Então, saberia o quanto Serginho e este filho de dona Geralda brigaram - e brigarão - pela titularidade de Lucas Silva.
O decantado treinador "que gosta de apostar na base, porque um dia já foi aposta", preferia apostar no amigo Souza, ex-reserva. 
E como tem sido a luta pra tirar a viseira de Marcelo Pacote pra ele enxergar que as qualidades de goleador/matador de Vinicius Araújo superam as de Borges, poste puro, além de criarem perspectivas de ótima transação financeira no futuro com o Exterior. 
Sem falar que brigamos por Maike e este superou todas as expectativas, menos de Pacote. Tão logo pôde, ele voltou com Ceará, lateral sem velocidade e sem a ousadia ofensiva do menino da base pelo lado direito.
O Cruzeiro tem uma nova geração excelente na espera de treinador ousado que saiba fazer a mesclagem correta. Todos imaginamos que este seria Marcelo. Foi aquele Marcelo Oliveira que trabalhou na base do Atlético e depois virou treinador principal em Curitiba.
O novo Marcelo sabe que outros poderão vir - amigo Chico - Elder, Alisson, Léo e Wallace, zagueiro, todos na boca.
A minha maior tristeza, entretanto, é que acreditei na possibilidade de Marcelo Oliveira proceder tal investimento. Só que não é nada diferente dos treinadores viciados que passaram pela Toca da Raposa: gosta, também, da ação entre amigos.

É O QUE DIZEM...

Iraq Rodrigues - Lagoa Santa - "Flávio, sua análise, nesta crônica, foi impecável. Mas creio que não é apenas o "envelope" da Libertadores. O time do Galo caiu vertiginosamente com a saída, por contusão, do Leandro Donizete. Aliás, quem diria que ele, que chegou sem nenhum cartaz, viria ser um jogador tão  importante para equipe ?
Aproveitando, Kalil tem que mandar uma barca com os filhos de Lela e buscar reforços.
Já citei no Twitter do Kalil, que o Santiago Silva ( ex-Boca) foi de graça para o Lanus, está fazendo gol até de bunda. Sugeri a contratação do Blandi, garoto centroavante do Boca, que ainda não engrenou direitinho, mas ainda vai estourar. Tem 19/20 anos.
Outros jogadores do sul da América poderiam vir, também. Bons nomes não faltam É só acompanhar o campeonatos e a Copa Sul Americana. Meu medo mesmo, de verdade, é que não estamos revelando ninguém.
Onde andam os antigos cônsules do Galo nas cidades do interior que viviam descobrindo garotos bons de bola levando para o alvinegro? Não existem mais? Se não, puxe a orelha do Kalil para montar novos consulados e buscar "os garotos perdidos". Bem, só nos resta sofrer e esperar..."
Trincheira: Kalil, considere-se de orelhas puxadas...

TÁ NO SITE DO ESTADÃO

Gabriel Costa, de 18 anos, jogador das categorias de base do Fluminense, que estava desaparecido desde maio, foi assassinado por traficantes após roubar um carro e levá-lo para  favela de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, de acordo com a Polícia Civil.

Dois acusados de matar Costa foram presos na segunda-feira. Ele teria roubado o carro e levado para o Parque São Francisco de Paula. O chefe do tráfico na comunidade proíbe que veículos sejam escondidos ali. Por isso, teria pedido a morte do jogador. O corpo foi esquartejado e jogado em um rio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.