sábado, 19 de outubro de 2013

GALO X CRUZEIRO DO CLÁSSICO JUNTOS NO STJD

Selvageria na torcida do Cruzeiro vai tirar mandos de campo do time na reta final do Brasileirão (foto de Ramon Lisboa - DA Press-EM- Superesportes)

Atlético e Cruzeiro foram denunciados nesta sexta-feira por conta dos incidentes do clássico realizado no dia 13 de outubro, no Independência.
Os clubes foram enquadrados no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. A pena pode ser multa entre R$ 100,00 e R$ 100 mil a perda de mando de campo por até dez partidas.
O julgamento foi marcado para o dia 24 de outubro, próxima quinta-feira.
Segundo a denúncia no STJD houve cenas de selvageria, desordem e falha total do mandante, no caso o Atlético. 
O procurador Rafael Fioravante Alvez Vanzin baseou a denúncia em imagens de vídeo, súmula do árbitro e boletim policial.
-"Ocorreram cenas de selvageria e total desordem, inclusive com lançamento de artefatos explosivos, pondo em risco a integridade física e a vida de adultos e crianças presentes ao evento”, disse o representante do Tribunal.
A acusação do STJD ainda cita que o presidente do Atlético, Alexandre Kalil, admitiu a entrada de torcedores com explosivos no Independência.

O fato de ninguém ter sido detido, identificado e autuado é visto como “total falha” do clube mandante, de acordo com os registros do Tribunal. 
Pelo lado celeste, a briga entre duas facções da torcida e o arremesso dos explosivos é o ponto agravante da denúncia. (Superesportes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.