quarta-feira, 6 de novembro de 2013

FESTA DO TÍTULO SÓ QUANDO OS NÚMEROS APONTAREM O CAMPEÃO DE FATO E DE DIREITO

Que o Cruzeiro é campeão de direito do Campeonato Brasileiro/13 é inegável. Treze pontos na frente do segundo colocado e a apenas seis rodadas do fim da competição não deixa margem pra se imaginar qualquer surpresa.
Na realidade, o que se especula é a questão do título de fato. Quando virá?
Pra sair contra o Grêmio neste domingo será preciso que duas situações se concretizem: o Cruzeiro vencer o Grêmio, no Mineirão.
E o Atlético Furacão empatar ou perder pro São Paulo, em Curitiba. Situações pra lá de possíveis.
Contudo, sou contra qualquer preparativo de comemoração antecipado pela diretoria celeste. Seria falta de respeito ao Grêmio e ao Atlético Furacão.

PIRULITO ENFEITADO

Se tais situações acima citadas se concretizarem que a torcida  vire Beagá de ponta-cabeça. Faça sua festa pelas ruas, buzine à vontade, ocupe o Pirulito da Praça Sete.
Pode ser que, de repente, até apareça, sem encomenda, o carro dos Bombeiros pra conduzir os atletas pela festança das ruas.

LOUCURAS DO XARÁ

Esse tipo de coisa passa, também, pela cabeça do Furacão, do Grêmio e Botafogo interessados em ver o chope do Cruzeiro azedar.
Mas o que não pode é o meu amigo Marcone Barbosa, diretor de Marketing do Cruzeiro, anunciar uma programação de festa de comemoração.
Como querem alguns apressadinhos, tipo meu xará Flávio Carvalho, que não dorme há uns 30 dias à espera de comemorar este tricampeonato.
Segundo ele, resposta ao título da Libertadores das Américas, que, também, não é novidade pros cruzeirenses que já comemoraram um bicampeonato.

GALO NÃO DESISTE

Meu amigo e gente da maior competência, o advogado Lásaro Cunha, informa que departamento jurídico do Atlético não desistiu de colocar Fernandinho, Dátolo e Emerson no Mundial de Clubes.
Surgiu nesta terça-feira, informação de que a Fifa vetara a inscrição dos três, porque foram contratados após a Copa Libertadores. O Galo não conhece tal informação.
O diretor jurídico Lásaro Cândido da Cunha explica que o processo de inscrição de jogadores tem alguns trâmites demorados que devem ser seguidos, e que a Fifa pretende analisá-los bem.

REVELAÇÃO DE 60 ANOS

O treinador do Flamengo, Jaime de Almeida Júnior, pode ser considerado a revelação mais velha do Campeonato Brasileiro. Aos 60 anos, botou o time nos eixos.
As informações sobre de Jaime são bem desencontradas. Se querem saber mais sobre ele, leiam a entrevista que concedeu ao site Globo.com - Excelente!
Jaime, antes de voltar ao Flamengo pra dirigir os times da base, esteve no Japão e na Coréia, além de vários outros times caboclos de menor importância.
Sua maior chance é agora no Flamengo. Como foi a de Andrade, campeão brasileiro, e queimado na discriminação absurda do submundo do futebol brasileiro.

JAIME FALA DE RG-10

Sobre a passagem de Ronaldinho Gaúcho pela Gávea, sem sucesso, o técnico Jaime de Almeida que na época comandava os juniores do Flamengo, afirmou o seguinte:
"Eu acho que no caso do Ronaldinho houve erros dos dois lados. O que posso dizer é isso. Precisava de um pouco mais de boa vontade dos dois lados.
"Ele tinha tudo para se tornar o grande ídolo depois da era do Pet. Não quero criticar ninguém, mas eu convivi lá e acho que faltou paciência de um lado e profissionalismo do outro. Do próprio clube"

CHORORÔ DAS VIÚVAS

As viúvas do gordinho Walter, que gostariam de elegê-lo o melhor jogador do Brasileiro, não o viram contra o Flamengo, no Maracanã.
Lamentaram. E inventaram que tal contusão tirou a chance de Walter, há quatro jogos fora do time do Goiás, de ser eleito pela votação o melhor do Brasileiro.
Votação de quem? Do pessoal do Sportv não, porque lá o gordinho Walter só tinha o voto de Lélio Carmona. Mudou. O voto dele agora é de Everton Ribeiro.

CALA BOCA, EDSON - 1

Nas atuais raras aparições públicas do Rei Pelé, ele tem cometido algumas gafes próprias da idade. A última delas foi em São Paulo, mas repercutiu em Portugal.
Ao comentar  a premiação da Bola de Ouro este ano entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, o Rei se chamou CR7 de "Cristiano Leonardo".
A imprensa esportiva portuguesa não perdoou o rei do futebol. "A Bola". com humor, escreveu foi um "dia infeliz" do eterno Rei do Futebol.

CALA BOCA EDSON - 2

O jornal de Lisboa destacou que uma vez, Pelé se referiu a Airton Senna como motorista da Fórmula 1.
E lembrou outras gafes do ex-craque, que um dia esqueceu o Hino do Santos.
Em outra oportunidade, Pelé trocou Michael Jordan por Michael Jackson.E na famosa briga com Romário tomou um chega-pra-lá especial do Baixinho.
Em 2005, o Rei comentou que Romário devia se aposentar e ouviu este comentário do atual deputado: "Pelé calado é um poeta".
Como eterno fã do Rei Pelé desprezo o sentimento de inveja que vários ex-atletas sentem por ele. Eu diria, então: fala Pelé. Cala a boca, Edson!

FALTA DE RESPEITO - 1

Um tal de Toninho Nascimento, que é secretário do Ministério do Esporte deu uma demonstração de falta de respeito aos dirigentes de clubes e entidades do futebol.
A coisa começou com a informação de que o ME pretende concluir em 15 dias o projeto que obriga os clubes a pagarem suas dívidas com o Governo Federal.
Até aí, nada de mais. São obrigados a agir assim. O projeto atinge não apenas os clubes de futebol, mas qualquer outro com dívidas a partir de R2,4 milhões.
O projeto prevê a moleza de 240 meses pra quitação das dívidas, com juros baixos, como quer Alexandre Kalil, presidente do Galo.
Porém a coisa será apertada: a ideia é que os clubes que não pagarem sejam punidos com perda de pontos e até rebaixamento nos campeonatos que disputam.
Além disso, os presidentes de cada clube teriam de comprometer seus bens pessoais para poderem aderir ao programa.

 FALTA DE RESPEITO - 2

O ministério discute o plano com uma comissão formada por cinco clubes - Flamengo, Vitória, Coritiba, Internacional e Botafogo. Federações e a CBF estão fora.
Por que falei em falta de respeito? Porque o referido Secretário do ME usou essas palavras:  o cara (presidente do clube) pode ser preso, e o clube rebaixado.
Não sei se o Urso Bravo engoliria isso. Comigo diria logo: "cara é a mãe"!

COELHO SE AFASTA DO G-4


O América perdeu mais uma oportunidade de entrar no G-4 da Série B. No Estádio Anacleto Campanella, o alviverde saiu na frente diante do São Caetano com gol de Andrei Girotto, porém cedeu o empate ainda no primeiro tempo, gol de Cassiano Bodini. O resultado é ruim pro Coelho, que poderia ultrapassar provisoriamente o Icasa e ficar entre os quatro primeiros colocados do campeonato.

Um comentário:

  1. Falgeraldo, que história é essa de "tricampeão"? Pelo que sei o Cruzeiro ganhou 1 campeonato brasileiro. E "tri" é quando se ganha o mesmo torneio três vezes seguidas. Como exemplo, o Brasil foi bicampeão mundial e não é "penta", foi campeão 5 vezes. É diferente.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.