quarta-feira, 20 de novembro de 2013

PARECIDO MAS NÃO FOI: CHILE CAIU NA ARMADILHA DO BRASIL

Os chilenos tiveram maior posse bola, tocaram bonito, mas chutaram apenas três vezes no gol do Brasil. Numa delas, o goleiro Júlio César, inexplicavelmente, sem reflexo, ficou parado no centro da meta e levamos o empate. O Brasil tinha feito 1 a 0 com Hulk, numa bela tomada de bola de Oscar e bem enfiada por gigantesco atracante canarinho que mandou o petardo cruzado. Então os chilenos empataram no segundo tempo.
Ficaram todo entusiasmado e foram ao atacante. Deixaram o lado direito da defesa pra Neymar. Os contra-ataques vieram. Faltou mais seriedade ao garoto do Barcelona que abusou das jogadas individuais. Robinho, também, fazia tudo certo e na hora do gol chutava pra fora. Mudou de tática e fez 2  a 1 resultado final de cabeça. cruzamento de Maicon.
Pareceu que o resultado foi injusto por causa do volume de jogo dos chilenos. Mas na verdade eles caíram na armadilha que o Brasil armou.


A seleção fez contra o Chile seu último amistoso do ano. Agora, a turma só volta a se reunir no ano da Copa pra um amistoso contra a África do Sul e quando Felipão anuncia a convocação definitiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.