domingo, 8 de dezembro de 2013

APROVADO: RG-10 TÁ PRONTO PRO MUNDIAL DE MARROCOS

   RG-10 voltou em grande estilo com dois gols e está pronto pra Marrocos. Foto de Juarez Rodrigues- DA Press, EM, e Superesportes.
Independência lotado, o susto foi maior quando o Vitória, candidato ao G-4, abriu 2 a 0 no Galo com seis minutos de partida, gols de Marquinhos e Max Biancucchi.
O time de Ney Franco até passou a fazer contas pra chegar à terceira vaga, enquanto a Massa presente ao Horto queria apena despedir-se da equipe que segue já pra Marrocos.
Talvez ela, como eu, também, não esperava que Ronaldinho Gaúcho, retornando ao time depois de dois meses lesionado, fosse botar ordem na casa tão cedo.
Os baianos fizeram os gols rapidamente e não ligaram mais pra marcação sobre RG-10. Em duas bolas paradas e manteve o Galo com a campanha espetacular no Horto.
O time de Cuca, meio desligado, entrou na partida. Numa falta que ele mesmo sofreu, RG-10 marcou o primeiro belo gol, numa cobrança perfeita.
Ronaldinho chegou a anotar o gol de empate, porém estava impedido. O Atlético era melhor e a dupla Jô e Luan criou boas oportunidades. O Vitória se segurava como dava.
Nos minutos finais, o Vitória deu mais liberdade pra RG-10, que acionou Neto Berola, no lance do. Cobrança de RG-10 e o placar final - 2 a 2.

FICA RONALDINHO

No final da partida, ao delírio a Massa alvinegra gritou: "Fica Ronaldinho", pois seu contrato termina em dezembro.
Mas a renovação parece que acontecerá, conforme Alexandre Kalil já anunciou.
A cada gol marcado, RG-10 inovou na comemoração. Chegava à beira do gramado, na direção do camarote da diretoria, batia continência pra Papai Kalil.
Pra torcida mostrava a perna recuperada que esteve em tratamento nos últimos meses.
A delegação atleticana sairá do Aeroporto de Confins nesta segunda-feira, com certeza acompanhada por dezenas de torcedores. A estreia será dia 18, em Marrakesh.

CHEIOS DE RECORDES

Dois jogadores aproveitaram bem as oportunidades surgidas nos últimos jogos do Cruzeiro no Brasileiro: Luan e Souza, cujos contratos terminam em dezembro.
O Cruzeiro já estaria negociando a renovação do empréstimo de Luan com o Palmeiras, dono, também, dos direitos federativos de Souza.
O volante surpreendeu nas duas últimas partidas com seguras atuações.Contra o Flamengo, ainda marcou belo gol de fora da área. Com certeza, deve ficar.

MARCAS FANTÁSTICAS

Ao término do campeonato, o Cruzeiro não alcançou o último objetivo traçado de superar o número de pontos ganhos do São Paulo, em 2009;
Mas obteve marcas notáveis:  ataque mais positivo, maior número de vitórias, mais triunfos seguidos, campeão com maior antecedência e único a vencer todos os rivais

CHEIO DE GOLEADORES

Sem centroavante definitivo- Borges e Vinicius Araújo se revezaram bastante - o Cruzeiro teve números admiráveis de ataque.
Houve boa distribuição dos gols. Os azuis marcaram 77 vezes (média de pouco mais de 2 gols por partida).
Superou , assim, antiga marca do São Paulo, que tanto em 2006 quanto em 2008 balançou as redes 66 vezes.
A Raposa chegou ao título com quatro partidas antes da final, igualando a marca do São Paulo em 2007.


Outra marca histórica: em 38 partidas, foram 23 triunfos. Neste quesito, o Cruzeiro igualou a marca do São Paulo de 2007.
Nas 23 vitórias, oito foram consecutivas. Da 15ª à 22ª rodada, venceu Vitória, Ponte Preta, Vasco, Bahia, Flamengo, Goiás, Atlético-PR e Botafogo, igual seu de 2003.
Por fim, o time de Marcelo Oliveira foi o único a vencer todos os adversários em uma mesma edição de Campeonato Brasileiro.

FALTA DE GOSTO


( Globoesporte.com) - Os iranianos não puderam ver a definição dos seus adversários para a primeira fase da Copa do Mundo de 2014 na última sexta-feira.
Como de costume, a transmissão na TV local começou com alguns segundos de atraso para que, em caso de cenas mais ousadas, elas pudessem ser censuradas.
As primeiras imagens foram veiculadas, mas logo apareceu Fernanda Lima no sorteio final na Costa do Sauípe, na Bahia.
A presença constante da apresentadora exibindo vestido com decote ousado para as tradições no Irã causou o corte de pedaços da transmissão no país, de acordo com o jornal francês Le Point. 
Fernanda Lima seguiu aparecendo durante todo o acontecimento e os editores da TV local acabaram não encontrando solução.
Cortaram totalmente a programação. Logo depois, foram informados que o grupo do Irã teria Bósnia-Herzegovina, Argentina e Nigéria.
Trincheira: se os iranianos não gostam dessas coisas e culpam a religiosidade deles. Nós, que também somos religiosos, gostamos muito. Vimos até os vídeos-tapes.

FINAL DRAMÁTICO E SUJO


    Espetáculo de ferocidade humana em Joinville - torcedor ferido e em coma- Foto de AFP Photo/Heuller Andrey 

Aquele espetáculo dantesco e violento na Arena Joinville, onde quatro pessoas foram internadas no Hospital São José e três, ainda, correm risco de vida. não era bem o que a gente queria ver na última rodada do Brasileiro
Numa época de Copa do Mundo no Brasil esta e outras fotos correrão o mundo a mostrar como o futebol é tratado pelas autoridades neste País de desonestos e de corrupção. O mal sempre vence. 
Irresponsabilidade do Ministério Público de Santa Catarina que não liberou Polícias Militares para o jogo Atlético Furacão, punido com perda de mando de campo, por causa da violência de sua torcida, e o Vasco da Gama, ameaçado do descenso.
Só foram contratados 80 vigilantes pra fazer a segurança nas arquibancadas.
Segundo o Ministério Público barriga-verde por tratar-se de evento particular é costume em Santa Catarina não atender requisição de policiais. E o povo é que se dane! O mesmo povo que paga impostos pra sustentar todos os incompetentes do MP e da PM.
Depois de uma hora paralisado, o árbitro mineiro, o azarado Ricardo Marques, reiniciou o jogo e o Atlético Furacão goleou o Vasco por 5 a 0.
Resultado que lhe deu o terceiro lugar do Brasileiro.
Já o Vasco que precisava vencer pra fugir do rebaixamento, pela segunda vez em cinco anos cai pra Série B. Sua imensa torcida entrou em parafuso.

CAMPEÃO TAMBÉM CAI

Com o Fluminense, campeão de 2012, a coisa foi pior. Conseguiu vencer o EC Bahia na Fonte Nova ocupada por 40 mil pessoas por 2 a 1, de virada. Não foi o suficiente.
Na combinação de outros resultados, o Coritiba venceu por 1 a 0 o São Paulo, em Itu, no interior paulista e se garantiu na séria A. Derrubou o Fluminense.
Os quatro que disputaram a Segundona ano que vem são os dois cariocas - Fluminense e Vasco - e mais Ponte Preta e Náutico.
O G-4 ficou então com o Cruzeiro, campeão, 76 pontos; Grêmio, vice, com 65;  Atlético Furacão, 64 e Botafogo, com 61.
Outro golpe que pode ser aplicado no futebol carioca é ficar fora da Libertadores, caso a Ponte Preta que empatou em 1 a 1 o primeiro jogo com o Lanus, ganhar o título da Copa Sul Americana.
Então, o G-4 se transformaria em 5-3, porque a quarta vaga seria dada à Macaca de Campinas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.