domingo, 5 de janeiro de 2014

ASSIS CHEGA PRA LEVAR RG-10 PRA TURQUIA, MAS PODE OUVIR CONSELHO DE TAFFAREL - MELHOR É FICAR NO GALO MESMO























Assis, o irmão de RG-10, rodeado pela Imprensa turca, diz que volta ao Brasil pra ouvir o Atlético e sua proposta pra manter o craque.

No paralelo das informações sobre o interesse do Besikas em levar Ronaldinho Gaúcho pra Turquia, o repórter Luiz Martini, do Superesportes, escreveu bela e completa matéria, ouvindo Cláudio Taffarel, radicado na Turquia.Taffarel, campeão do mundo com a Seleção Brasileira de Carlos Alberto Parreira, ídolo da Massa alvinegra e da torcida do Galatasaray, onde é, atualmente, treinador de goleiro, recomenda na reportagem de Martini que RG-10 fique por aqui mesmo.
Muita coisa corre paralelamente à reportagem publicada pelo Superesportes. As publicações dos jornais turcos dando como certa a contratação do craque; a chegada de seu irmão e procurador Assis pra bater o martelo nesta segunda-feira com Alexandre Kalil.
A declaração de Kalil de que gostaria de ver RG-10 no Atlético em 2014 pra comandar o time no bicampeonato da Libertadores e na busca do título do Brasileiro, mas que não pretende fazer nenhuma loucura pra afundar o clube financeiramente e manter o ídolo.

CONSELHO DE TAFFAREL

Leiam a entrevista de Luiz Martini com o Cláudio Taffarel;
"Conselho de ídolo para ídolo. Se tivesse a oportunidade de aconselhar Ronaldinho Gaúcho, o ex-goleiro Cláudio Taffarel falaria ao craque para ficar no Atlético e não ir para o Besiktas.
O tetracampeão com a Seleção Brasileira trabalha como preparador de goleiros do Galatasaray, rival do time que pretende contratar R10, mas o motivo, segundo ele, para recomendar a renovação com o Alvinegro seria outro.
Faz tanto tempo que não converso com o Ronaldo. Mas ele está muito bem em Belo Horizonte. É uma cidade boa, com um povo legal. Eu aconselharia a ficar no Atlético. Se a gente está bem num lugar, não devemos mudar muito. E acredito que ele está feliz. Mas isso cabe a ele e seus familiares”, disse Taffarel ao Superesportes.

Durante o período na Turquia, Taffarel chegou a ser treinador interino do Galatasaray. Porém, desde que Roberto Mancini foi contratado, ele voltou para o cargo anterior. Conhecedor do futebol turco, ele analisa porque o Besiktas insiste em contratar Ronaldinho.
“A rivalidade é alta. O Besiktas busca um jogador como ele (R10). Eles tiveram problema com o Manuel Fernandes, que é um armador. Eles precisam de um jogador como Ronaldinho. E a cidade de Istambul é boa para viver”, completou. 
Questionado se um reforço como Ronaldinho poderia envolver uma ação de marketing do Besiktas, para dividir espaço com Galatasaray e Fenerbahçe, clubes prestigiados no país, o ex-goleiro disse que não vê necessidade.
“O problema não é mídia. O Besiktas é uma boa equipe, que está construindo um estádio novo. É um time grande, com uma torcida apaixonada e importância. Eles começaram bem o último campeonato".

"Depois que os vencemos na casa deles, houve invasão de campo e eles foram punidos. Agora, eles querem acertar o time. Tem um brasileiro lá, que é o lateral Ramon”, finalizou. 
Taffarel atuou com a camisa do Atlético entre 1995 e 1998. Com o Galo, ele foi campeão mineiro e da Copa Conmebol. Ele ainda passou pelo próprio Galatasaray e Parma, da Itália, antes de anunciar a aposentadoria em 2003. 

2 comentários:

  1. A dias, assisti uma entrevista do Reinaldo, dizendo que estaria passando a coroa de Rei a Ronaldinho Gaucho. Diante da citada entrevista, não, posso deixar de externar minha opinião a respeito do fato. Sou atleticano dos antigos, nasci na década de 50 e comecei a ser atleticano a partir de 1970. Portanto participei do reinado de três dinastias e de três reis atleticanos: E pela importância desses reis, para as cores do clube, e pela entrega e dedicação dos mesmos, nós os atleticanos consideramos o Rei Reinaldo como nosso maior rei, o Rei Dadá como nosso segundo maior rei e o rei Ronaldinho como nosso atual e terceiro maior rei. O Dadá nos deu o único título de campeonato brasileiro que possuimos, além de nunca ter proporcionado aos cruzeirenses o prazer de tê-lo como jogador. O Ronaldinho nos deu o único título da Libertadores que possuimos, além de nos ter devolvido o rótulo de time grande e que inspira temor aos adversários. Quanto ao Rei Reinaldo, ele é o maioral para nós, por nos ter dado o orgulho e a alegria de sermos atleticanos. Ele é insuperável. É maior que o Rei Pelé, para nós, os Atleticanos.

    FICA A MINHA OPINIÃO.
    Um abraço.
    JOSE ALVES PEREIRA
    JOÃO MONLEVADE - MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opinião sensata de quem ama o seu clube. Não há o que contestar, até pq ela se fundamenta em fatos concretos com os quais concordo inteiramente. Abs e feliz ano de 2014

      Excluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.