domingo, 5 de janeiro de 2014

FUTEBOL DE LUTO NO MUNDO: MORRE EUSÉBIO, A PANTERA NEGRA, AOS 71 ANOS EM LISBOA

O treinador da Seleção do Céu anda apressado. Nos últimos meses, levou um monte de ídolos eternos aqui da terra deixando cada vez mais triste o amante do futebol. Após nomes como Djalma Santos, Gilmar, Nilton Santos, entre outros, a última convocação foi de Eusébio, a Pantera Negra.


  ( foto AFP Photo - Nicolas Asfouri)


Em 1966, ele comandou um time histórico de Portugal, que eliminou o Brasil


Grande craque da história do futebol português até o surgimento do fenômeno Cristiano Ronaldo, Eusébio faleceu na madrugada deste sábado em Portugal, aos 71 anos. De acordo com a imprensa do país europeu, a causa da morte foi uma parada cardiorrespiratória, por volta das 4h pelo horário local.
"A notícia pegou todos de surpresa e de forma brutal, inesperada porque há homens que nunca deviam partir. Morreu Eusébio da Silva Ferreira, referência maior do Sport Lisboa e Benfica e de Portugal", publicou o Benfica, comunicando a morte do jogador, já durante a manhã deste sábado na Europa.

Nascido em 1942, na África Oriental Portuguesa, na região hoje conhecida como Moçambique, Eusébio surgiu para o futebol no Sporting Lourenço Marques. Em 1960, chegou ao Benfica, clube no qual atuou por mais de 600 vezes, se tornando o grande nome da história do clube e ídolo maior do futebol português.
Apelidado de "Pantera Negra", aproximou-se da marca de um gol por jogo durante a carreira, a qual encerrou num périplo por clube menores nos Estados Unidos, México, Canadá e Portugal mesmo, entre 1975 e 1980, recusando-se a parar apesar das seguidas operações no joelho esquerdo. Assim, aposentou-se aos 38 anos.
Pela então fraca seleção portuguesa, Eusébio só teve chance de disputar uma Copa do Mundo, em 1966. Na Inglaterra, comandou um time histórico, que eliminou o Brasil e chegou até o terceiro lugar, melhor posição já conquistada por um time português num Mundial. Eusébio foi o artilheiro da competição, com nove gols. O país só voltou a disputar uma Copa em 1986 e, depois, de 2002 para cá.

REPERCUSSÃO EM PORTUGAL






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.