quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

OI TÁ MESMO FORTE NO ESQUEMA. COOPTOU ATÉ O PROCON

Tenho saudade do procurador Délio Malheiros, hoje vice-prefeito de Beagá, como defensor dos fracos e oprimidos consumidores. A coisa funcionava com ele e os empresários comiam o pão que o diabo amassou nas pretensões de cavucar os parcos rendimentos dos assalariados com seus intermináveis estoques de golpes safados. Nesse blog mesmo, logo abaixo, tá uma denúncia que eu deveria apresentar no Procon da Assembleia. No primeiro dia, fui despachado de volta por culpa minha. Esqueci de levar a última fatura da Oi TV que me aplicava 1-7-1. Cobrava dois pontos e só passou a entregar um, a uns 20 dias atrás. Quando reclamei a primeira atendente me mandou esperar porque era defeito por causa da chuva. Até contestei: "porque o problema só deu num ponto". E ela me garantiu que poderia acontecer e me mandou esperar. Pois bem, na segunda vez, munido da tal fatura, a mocinha que me atendeu no balcão perguntou se eu tinha as outra faturas, bem antigas, que cobravam e entregavam dois pontos. Afirmei que não. Se fosse juntar tudo quanto é papel de cobrança a minha casa estaria cheia até o teto em todos os quartos. Fiz a moça vr que além do mais, a Oi passou a me enganar há apenas 20 dias, quando falou em problema de chuva.
E por aí foi. É só vcs lerem na minha petição abaixo.
A mocinha pediu cópia do contrato. Nem me lembro quando o assinei e não sei se tinha. Me mandou entrar no site da Oi, e se eu sabia como fazer. Bom, sei mas não encontrei nada com referência a contratos que eu também tive curiosidade de conhecer antes de ir ao Procon. Aí ela me mandou voltar pra casa e levantar a documentação, Estranhei. Nunca foi esse o procedimento do Procon. Sempre anotava a queixa, ligava pra empresa e marcava uma reunião no Procon. Aí sim uma decisão seria tomada. Não sei se moça estava com preguiça de ligar pra Oi, que é realmente coisa confusa, mas pra gente. Pro Procon não. Eu resolvi perguntar o motivo de tanta frescura. Ela me respondeu na maior cara de pau: pra evitar desmoralizar a empresa. Desmoralizar a OI? A empresa tá mais suja no Procon que poleiro de galo. 
Aí reagi: disse-lhe que eu próprio iria atacar a empresa por meio dos meus veículos: blog, twitter, emails, televisão, rádio e etc. Aí um colega seu chegou, e reconhecendo-me quis saber o que acontecia. A respondi que nada e deixei a mocinha grilada. O que fazer, professor Délio Malheiros? A OI cooptou até o Procon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.