sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

AS 20 PIORES SITUAÇÕES E SERVIÇOS NO BRASIL DA COPA DO MUNDO


1 - Apresentar denúncias contra operadoras de celular. O PROCON exige até CPF do Tiradentes e as últimas contas das denunciadas nos últimos cinco anos. Segundo a atendente, é pra preservar a credibilidade das operadoras - Céus. Ou você apresenta logo ou pode até acabar preso, culpado pelo Mensalão.
2 - A falta de unidade do STF por causa das pendengas pessoais, fogueiras de vaidades, acesas e mantidas pelo Batman. Aquele mineiro que um dia foi a esperança de recuperação da idoneidade tupiniquim.
3 - Falar mal de Dilma Rousseff, do Lula, como grandes culpados do atoleiro que o Brasil teria se enfiado. Ninguém se lembra da CPI da corrupção que o governo FHC consegui neutralizar.
4 -Condenar Eduardo Azeredo em linchamento público e deixar Clésio Andrade tomando sorvete de creme com coco, sentado no meio-fio de sua Mansão na Pampulha, cercado de seguranças pagos pelo contribuinte e pelos associados da Confederação Brasileira de Transporte.
5 - O material publicitário de Aécio Never, com certeza produzido pela primeira irmã Andréa, publicado nas redes com o título: Em que você votará para presidente da República? O rapazinho dos Neves dispara na frente, quase o dobro de Dilma, mas nas pesquisas verdadeiras e honestas (sic) tem a metade da intenção de votos da Presidenta.
6 - Ouvir os bocas azedas de pequeno número mas que fazem tremendo barulho garantindo que a Copa do Mundo no Brasil será um vexame incalculável e que, pra piorar, o Brasil perderá a final por 1 a 0, na disputa com a Argentina, gol de Lionel Messi aos 45m do segundo tempo
7 - Buscar ou tirar passaporte na seção de imigração da Polícia Federal, no Bairro Anchieta.
8 - Apresentar queixa contra empresa de comércio no Procon da Assembleia.
9 - Comprar na Drogaria Araújo da Prudente de Morais, sei lá se ali é Cidade Jardim, Luxemburgo ou Santo Antônio. Rapazes atenciosos, todavia moças mal preparadas e péssimas vendedoras. As caixas brutas, grosseiras e feias.
10 - Acreditar na seriedade das livrarias da Capital, grandes ou pequenas. Ficam com seus livros em consignação e jamais lhe chamam prum acerto. A do Shopping Woods, no Luxemburgo, surpreendeu agora ao entrar no time das caneiras.
11 - Marcar compromisso e ter que sair de casa duas horas antes pra chegar no horário visto o embananamento do trânsito da Capital do Doutor Lacerda.
13 - Optar entre Pimentel e Pimenta.
14 - Aguentar Marcelo Pacote afirmar que Rodrigo Souza joga bem, é bom de bola e novo titular. No banco de reserva mantém Nilton e Eurico, contra a opinião da esposa de Nilton, Karin, grande entendedora de futebol.
15 - Pretender massificar as qualidades do técnico Paulo Autuori até que todos acreditem que ele é melhor de serviço do que Cuca.
15 - Ouvir que os estádios do Brasil são uma merda, superfaturados, fora de mão e que ficarão vazios por falta de mobilidade urbana de nossas congestionadas cidades.
16 -  A intensa onda de pessimismo espalhada pelos membros da Oposição da Presidenta Dilma, em favor de Aécio Never, nas construções superfaturadas das nossas praças de futebol que já fizeram até a Petrobrás, entregue enxuta por FHC e falida pelo PT.
17 - A luta interna de Joaquim Barbosa pra recuperar o prestígio de Batman e ser novamente a esperança brasileira no caminho da Presidência.
18 - Garantir que, apesar de Mandela, e de ter custado mais cara, a Copa do Mundo na África do Sul teve um número bem inferior de corrupção na sua Copa do Mundo. E que se o pessoal da oposição estivesse no poder a Copa sairia pela metade do preço ou não seria realizada.
19 - Tratar qualquer tipo de negócio com a loja da Claro no Diamonds Mall. Cruzes, que moças despreparadas e grosseiras! Depois dizem que as meninas ganham menos que os meninos no Brasil. Mas as comparações que enfrento, os meninos dão de 60 a zero.
20 - Vou vender meu carro, vender minha casa em Lagoa Santa, alugar meu apartamento na favela do Santo Antônio, dar uma volta pelo mundo, notadamente em Cuba e depois voltar pra Caratinga. Não é tão diferente quanto a Capital, mas pelo menos lá tem menos gente sem-vergonha.

20-A  - Fora do previsto. Já existe um militar do Exército, super reacionário, de meter inveja no deputado Jair Bolsonaro, candidato a candidato à presidência. Se Fernando Collor foi eleito presidente, porque um cara desses não consegue chegar, também, no Palácio de Brasília. A mídia reacionária tupiniquim arrasta todos os pobres de espírito pro lado desses caras. Como preventivo, façam que nem este filho do pacato Sodico de Piedade de Ponte Nova: vá logo a Cuba arrumar lugar pra ficar lá, depois das eleições presidenciais, caso um torturador desse seja a nova zebra da história brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.