sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

DOMINGO TEM CLÁSSICO NO HORTO - COITADOS TORCEDORES E RADIALISTAS

Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Esta bonita citação bíblica que a gente lê em vários para-brisas traseiros de carros evangélicos. No Independência, deus é a BWA. Ao contrário da citação, lá ninguém olha por nós, pobres cronistas esportivos!
De repente, eu passo por mentiroso, visto que tenho confessado nesta Trincheira aversão  total à possibilidade de o caçulinha da dona Geralda frequentar os desmandos das administrações deles. Tenho coragem pra isso não. Nem com garantia do Kalil.
Se não vou ao Horto, por que reclamo de desmandos e problemas tantos?
Falo em solidariedade ao meu amigo Afonso Alberto, ex-presidente da AMCE e, atualmente, presidente em exercício da ABRACE, nossa associação brasileira.
Ele se diz indignado com a falta de humanidade da BWA com os profissionais de rádio. Notadamente, os mais velhos que precisam subir rampas e mais rampas, antes de chegarem às cabines.
Os operadores, carregando seus materiais, em malas que pesam 60 quilos chegam lá no cume botando a língua pra fora. E falaram que o Independência seria modernizado.
Sabe o que é isso, meu amigo de fé?
Pra Poderosa, tal problema inexiste. Primeiro, porque a BWA tem receio em provocar a ira de Thor. Segundo, porque seu pessoal e seus operadores não passam por tais dificuldades.
A Globo compra os direitos de transmissão dos jogos e então tudo a ela é permitido. Seus carros param onde querem e seus profissionais entram por qualquer portão dentro de enormes solenidades de saudação submissas.
As emissoras de rádio e seus profissionais são, no foco esdrúxulo do paulista dono da BWA e dos administradores locais,  o coco do cavalo do bandido.
Um monte de lixo que não sabem onde estocar ou ao menos encostar.  A AMCE não sem força, não atua nem pra estumar, açular os cães raivosos das emissoras de rádio em cima deste pessoal.
No meu tempo de presidente, os buldogues ou eu mesmo estaríamos  em cima deles.
A época é propícia, pras manifestações democráticas. As emissoras poderiam fazer greve sem se prejudicarem, assustando o governador Anast-azia ou o candidato a presidente, Aécio Never.
Fiquem nos seus estúdios com todo seu pessoal e transmitam de lá, como já fazem nos jogos longe das Geraes. E destaquem os problemas que as levaram a agir assim. A Itatiaia devia liderar tal movimento.
No máximo, em duas jornadas o Governo chama a BWA pra uma conversa séria, de homem pra homem. 
Após Kalil assinar acordo com a BWA eu o alertei: o Atlético terá problema com o Dr. Bruno dono da empresa.
O Atlético pode até não ter, porque Kalil não é turco pra lá de vivo e botou alguém esperto de sua confiança pra vigiar os rapazes de Bruno dentro da BWA.
Porém, os amigos do Atlético, por quem Kalil, quando tá com o pavio no lugar, tem a maior atenção, passam por dificuldades, sem alguém que olhe por eles.
Aliás, não tinham: agora o vice-presidente e presidente em exercício da ABRACE, Afonso Alberto, olha por eles.
 Então, Afonso, cacete no Bruno e na BWA. Meu quintal aqui, de força pequena, mas de vontade tamanha, tá às ordens.

INACREDITÁVEL: SUBIU OUTRA COLEGA

Não sei onde isso vai parar. Quando o danado do câncer vai parar de tirar amigos e ex-colegas do nosso meio?
Eu estava a caminho do cemitério a fim de velar e sepultar  o meu amigo Arnaldo Valle, ex-diretor da Record nos meus tempos lá, junto do saudoso Carlos Valadares. Ouço na Rádio Itatiaia que minha ex-colega de Rádios Guarani e Capital, a excelente apresentadora Luzia Alves, falecera de manhã e seria sepultada às 11 horas no Cemitério da Paz, onde enterramos há anos o meu padrinho Hamilton Macedo.
Passei por lá, rezei por sua alma, cumprimentei alguns amigos presentes e parentes. Toquei pra frente, pois não aguento mais sepultar este ano minha gente de fé.


NA TERRA DO ET

O Azulão será preservado neste sábado em Varginha contra o Boa Esporte, numa arriscada estratégia do técnico Marcelo Pacote Oliveira. É um duelo de líder, o Cruzeiro, com 14 pontos, contra o vice-líder, o Boa, com 13 pontos.
Ainda que respeite o adversário que joga em casa, Pacote sabe que a lotação do Melão será cruzeirense; por isso, manda um time forte que se estivesse responsável direto pelo Campeonato Mineiro estaria, também, disparado na ponta.
Do time titular atual, jogam apenas o fominha Fabio e o Souza, que já deve ter perdido tal titularidade com a volta de Nilton.
O jogo das quatro da tarde só deve ter aquela odiosa transmissão via "pagar-pra-ver",  ladroeira sem tamanho da Poderosa. Eu não pago de jeito maneira.
Você que não é bobo e acompanha seu time qualquer que seja a escalação sabe que no site "Futebol ao Vivo Net", é possível acompanhar tudo como se fosse na tevê. É o que faço.
Tenho, ainda, cabo especial pra conectar meu micro com minha televisão 920 polegadas. Do tamanho de meu barraco!

PRA SUA INFORMAÇÃO

Minha função não é informar, é comentar e desinformar. Complicar, como dizia o Chacrinha. A escalação do time azul você teria que procurar por aí. Contudo, pra tirá-lo da obrigação de ler todo jornal toma lá: Fábio; Mayke, Leo, Wallace e Luan; Souza e Henrique; Elber, Tinga e Marlone; Marcelo Moreno.

TITULARES POUPADOS


Pacote não quer os jogadores titulares cansados para o jogo contra a Universidad de Chile, no absurdo horário das cinco e meia da tarde, na, não menos absurda, data de 25 de fevereiro, numa terça-feira. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.