sábado, 22 de fevereiro de 2014

MISTÃO DO CRUZEIRO COLOCA TIME NA LIDERANÇA DE NOVO. VENCEU BOA SEM DIFICULDADE EM VARGINHA: 3 A 1.

SUPERESPORTES - Com os reservas o Cruzeiro venceu o Boa Esporte por 3 a 1, em Varginha, na noite deste sábado, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. Marcelo Moreno (duas vezes) e Júlio Baptista marcaram os gols celestes; Bruno Aquino fez o tento do time do Sul de Minas. Com o resultado, o time do técnico Marcelo Oliveira foi a 17 pontos, abrindo quatro de vantagem para o Boa. 
Além de valer a ponta do Estadual, a partida em Varginha era a oportunidade de muitos reservas mostrarem serviço. Os titulares foram poupados porque a Raposa enfrenta a Universidad de Chile, nesta terça, às 17h30, no Mineirão pela Copa Libertadores.
Mesmo que pese o desentrosamento, o Cruzeiro atuou bem em muitos momentos do jogo, sendo mais incisivo que o adversário do interior mineiro. Destacaram-se os meias Marlone e Elber, os mais lúcidos em campo, e o atacante Marcelo Moreno, autor de dois gols.
O Cruzeiro agora foca as atenções na Libertadores. Uma vitória é fundamental para que o time se recupere, uma vez que a estreia foi marcada pelo revés diante do Real Garcilaso, no Peru. Por sua vez, o Boa busca recuperação contra o Guarani, no próximo sábado, pelo Estadual.

BOA ESPORTE 1 X 3 CRUZEIRO
Boa Esporte: Emerson; Edmar, Neylor, Mateus Alves e Marinho Donizete; Moises Ribeiro (Alexandre), Vinicius Hess, Malaquias (Wandinho), Betinho; Francismar (Filipinho) e Bruno Aquino
Técnico: Ney da Matta
Cruzeiro: Fábio; Mayke, Leo, Wallace e Luan; Souza e Henrique; Elber (Alisson), Tinga (Nilton) e Marlone; Marcelo Moreno (Júlio Baptista).
Técnico: Marcelo Oliveira
Gols: Marcelo Moreno (duas vezes) e Júlio Baptista para o Cruzeiro; Bruno Aquino para o Boa Esporte
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Melão, em Varginha
Data: 22 de fevereiro de 2014, sábado, às 18h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa/MG) e Leonardo Henrique Pereira (FMF)
Cartões amarelos: Neylor (Boa) e Souza (Cruzeiro)Foi
TUPI EMPURRA MAIS NACIONAL PRO BURACO
O Tupi venceu o Nacional por 1 a 0, na tarde deste sábado, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. Com o resultado, o Galo Carijó da Zona da Mata se reabilitou do empate sem gol em Juiz de Fora com o Villa Nova, na última quarta-feira, e subiu provisoriamente para a terceira colocação na tabela com 11 pontos. Já o Nacional segue na vice-lanterna do Estadual com apenas quatro.
O único gol foi marcado pelo atacante Núbio Flávio aos 45 minutos do 1º tempo. Ele aproveitou um rebote do goleiro na grande área e empurrou a bola para a rede. Na próxima rodada, sábado de carnaval, o Tupi enfrentará o Tombense, às 16h, em Tombos. No mesmo horário, o Nacional jo bio Flávio (Sidinei)

Técnico: Lúdio Magno
Nacional: João Carlos; Fabrício (Alexandre), Américo, Rafael Silva e Guilherme; Marcão, Iuri Oliveira, Iuri Pimentel (Jonatan) e Lucas Patinho (André) ; Danilo Santos e Janio. 
Técnico: Marcelo Cabo
Motivo: sétima rodada do Campeonato Mineiro
Estádio: Radialista Mário Helênio
Data: 22/02/2013
Gol: Núbio Flávio, aos 44 minutos do 1º tempo
Árbitro: Wanderson Alves de Souza (CBF/FMF)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes (CBF/FMF) e Breno Rodrigues (FMF)
Cartões Amarelos: Felipe Lima e Genalvo (Tupi); Fabrício, Marcão e Danilo Santos (Nacional)
Cartão Vermelho: Danilo Santos (Nacional)
Público: 728 pagantes
Renda: R$ 8.020,00

Trincheira: o site não levou o Villa Nova e nem a Caldense muito a sério e apenas noticiou na classificação o placar entre eles, sem detalhes. Em represália mostrei os dados dos outros times. Ou mostra todos ou não mostra ninguém, pô!

Um comentário:

  1. SR FLAVIO ANSELMO, DOMINGO O TIME B DO CRUZEIRO MATOU O AMERICA, QUARTA O B DO GALO DESTROÇOU A URT, SABADO O B DO CRUZEIRO DESFILOU EM VARGINHA. ESTES TIMES DO INTERIOR NÃO MUDARAM NADA, CADA ANO FICAM PIORES.CAMPEONATO MINEIRO JÁ ERA. INFELIZMENTE.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.