segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

POLÊMICA NA ESTREIA DO GALO: LUCAS OU DÁTOLO NA LATERAL?

 Adiantaria o quê Paulo Autuori manter segredo sobre o nome que ocupará a lateral esquerda do Atlético no jogo contra o Zamora, na Venezuela?
Duvido que os locais tenham tantas informações assim sobre o time mineiro, a ponto de saber que mudará, por completo, a maneira de jogar com um ou o outro atleta.
A dúvida maior está na cabeça do técnico alvinegro pelo que viu de Lucas Cândido como lateral e como volante e o que viu do argentino Dátolo como lateral e como meia armador.
Na minha cabeça está o Lucas Cândido da Copa do Mundo de Clubes e daquele jogo contra o Raja Casablanca.Sem nenhum cacoete pra posição do lado de campo.
Também minimizo as críticas feitas ao Cuca, inclusive por esta Trincheira, porque sua opção pro setor eram nada. Já tinha utilizado Lucas em alguns jogos do Brasileiro e ele se saiu bem.
Alguns críticos já se antecipam ao acontecimento e afirmam que Autuori pretende é tirar o braço da seringa. Se vencer, ganhará aplausos pela humildade de colocar em campo o time de Cuca.
Se perder, já o ferram por atender parte as sugestões de manter "o time de Cuca", apesar do fracasso em Marrakesh.
E, principalmente, por voltar com Lucas Cândido à lateral, a contragosto do próprio atleta e de ter testado Dátolo em duas partidas, com atuações convincentes.

PRESSÃO DESNECESSÁRIA

Ainda que já tenha decidido quem jogará na lateral, Paulo Autuori, experiente em competições dessa grandeza, deve saber que não contribuiu em nada na tranquilidade emocional dos rapazes. Lucas é menino recém saído da base.
Dátolo tem mais experiência e até já participou de outras Libertadores nos clubes por onde andou. Porém, é jovem ansioso, também.  A expectativa de jogar ou não deve sempre sair da cabeça do atletas e se resumir nas especulações apenas.
Já me manifestei sobre o assunto. Pra usar tanto Lucas Cândido, quanto Dátolo, o técnico alvinegro teria que mudar seu conceito tático. Pular pro futebol europeu.
Usar uma linha de três zagueiros, com o pesadão Rever, sem suas melhores condições médicas e físicas, na sobra. Colocar Léo Silva pela direita e Lucas Cândido como beque pelo lado esquerdo.
Na frente deles, Pierre, Marcos Rocha e Dátolo, outra linha de três.
Ronaldinho Gaúcho, pela esquerda, e Tardelli, pela direita, seriam armadores. Por dentro Jô e Fernandinho, este caindo bem pelas beiradas do campo.
Sei que o Atlético nunca experimentou tal esquema. Tem que haver a primeira vez. Na Europa, os principais times jogam assim, agrupados. Todos sobem, mas deixam sobra, e todos defendem, mas prontos pro contra-ataque.

FOGÃO ESTREIA

O treinador do Botafogo tá certo ao não se prenhar pelo ouvido por aqueles que fazem do jogo contra o San Lorenzo nesta terça-feira, um duelo fácil em razão da derrota dos adversários (2 a 0) no Campeonato Argentino pro modesto Olimpo fora de casa.
Segundo Eduardo Hungaro, perdeu, mas jogou bem e será difícil batê-lo no Maracanã. Afinal, o San Lorenzo é o atual campeão argentino. E tem a benção do Papa Francisco, seu torcedor número um.
O fato de poder repetir o mesmo time animou Eduardo Húngaro: Jefferson, Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Marcelo Mattos, Jorge Wagner e Lodeiro; Wallyson e Ferreyra.





Outros jogos desta noite de terça-feira:

No México, na mesma noite, jogam Santos Laguna x Arsenal da Argentina pelo Grupo 7. Outro time argentino estará envolvido nessa rodada: o Velez Sarsfield irá ao Peru jogar contra o Universitário, pelo Grupo I.
Na quarta-feira,  12, estreia o Cruzeiro no Grupo 5 visitando a altitude de 3.200 metros pra derrubar lá de cima o Real Garcilaso, enquanto o Flamengo estará no México pra pega o Leon, pelo Grupo 7. 

FRED ESTARÁ NA COPA

A notícia boa que Luiz Felipe Scolari queria receber chegou nesta segunda-feira via Doutor Runco. A lesão de Fred, afastado dos últimos jogos do Fluminense, não é séria e ele poderá entrar na lista da Copa do Mundo.
José Luiz Runco examinou o jogador do Fluminense e constatou que o edema muscular na parte anterior da coxa direita não é grave. Não houve ruptura da fibra muscular.
A informação que havia chegado à comissão técnica do Brasil, sexta-feira, era  de que o problema seria mais sério e causou apreensão, e que Fred poderia ficar até dois meses fora.
 O coordenador técnico da Seleção, Carlos Alberto Parreira, falou com atleta e o definiu como extremamente preocupado. Foi por isso que Runco fez uma avaliação do caso.Não vou soltar foguetes por causa disso.
Nesta terça, Felipão divulga a lista de 18 ou 19 atletas para o amistoso - o último antes da Copa do Mundo - contra a África do Sul, em Johanesburgo. Felipão explicou que só convocará este número de atletas que jogam fora do Brasil por falta de tempo pra treinar.

BOA DO GAÚCHO

Renato Gaúcho, animado após a goleada de 3 a 0 sobre o Flamengo, com o futebol mostrado pelo gordinho Walter soltou essa:
Walter está na medida certa para brilhar no Fluminense. Waltinho jogava com 105 quilos. Está agora com 99 quilos. Daqui pra frente, o que ele perder é lucro. Só não  podemos transformá-lo numa Olívia Palito, porque ele vai perder a força.

PISÃO NA BOLA DO COELHO

O América voltou à sua rotina: bastaram três partidas no Mineiro pra que a diretoria do América anunciasse a demissão do técnico Silas. Tudo por causa da derrota diante do Cruzeiro. Insatisfeita com a apresentação da equipe, a cornetada se reuniu e despediu o treinador. Vai começar todo trabalho de novo. Afe Maria!

ALTITUDE AJUDA

Antigamente não ajudava não. Mas a preparação física e o próprio futebol nos países montados nos Andes evoluiu tanto que agora conta muito. Porque seu estádio em Cuzco está em obras, o Real Garcilaso optou por Huancayo, também de enorme altitude, pra receber o Cruzeiro na estreia da  Libertadores, nesta quarta-feira, às 10 da noite.
 A mudança de cidade manteve a estratégia peruana: Huancayo está a 3.200 metros acima do nível do mar. A altitude segue, segundo o treinador do Real Garcilaso, Freddy Garcia:

“Trabalhamos sempre com seriedade e cremos que podemos fazer as coisas bem feitas na. A altitude é sempre um fator a nosso favor e que não se pode desprezar”.
A delegação do Cruzeiro, por sua vez, chegará a Huancayo na noite desta segunda-feira. O técnico Marcelo Oliveira comandará  no estádio nesta terça-feira, no mesmo horário do jogo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.