segunda-feira, 31 de março de 2014

ESTA É A SEMANA DE PURGATÓRIO PRA CRUZEIRO E ATLETICO

 Antes de se enfrentarem domingo, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Mineiro-2014, no Horto, os arquirrivais Atlético e Cruzeiro viverão uma semana de purgar pecados, livrar-se das acusações tolas, expulsar os parasitas e os secadores de pimenteiras que os rodeiam. Terão de entrar purificados no clássico. Não é que antes terão molezas neste processo de purgatório, ou que o campeonato mineiro seja maior que o torneio continental no qual se envolverão no meio da semana.
A questão é que nada dessa vida abjeta se compara à rivalidade entre eles. Se domingo a decisão entre eles fosse de cuspe à distância, sem dúvida estariam mais focados nela do que nos jogos contra La U e Santa Fé pela Libertadores.

AVIÕES FRETADOS

E estão tão focados na decisão mineira que ambos fretaram aviões especiais pra retornarem logo após as partida no exterior e descansarem para o clássico de domingo.

VOLTA DOS TITULARES

Paulo Autuori esta feliz da vida.Mais que pinto no nicho. Afinal terá praticamente todo elenco liberado para o jogo desta quinta-feira, na Colômbia, contra o Independiente Santa Fé, pela Libertadores, no Grupo 4.
Pierre,Ronaldinho Gaúcho e Tardelli, poupados contra o Coelho, treinaram normalmente. Josué é um desfalque, tudo bem, mas Donizete Amorim era titular e está recuperando a posição. Autuori, no entanto, tem que estudar a maneira de colocar RG-10 e Guilherme juntos. Deve sair Neto Berola que tem jogado no lugar de Fernandinho, ou que demora a voltar.

BORGES OU JB

Nenhum dos dois - Júlio Baptista e Borges - fizeram por merecer o lugar de titular no ataque do Cruzeiro como centroavante. JB esteve perdido, lento, desligado e errando passes e Borges o substituiu e mostrou-se totalmente fora de forma, pelo tempo que ficou parado.
Por essa razão, aposto que Marcelo Pacote optará pela fórmula de Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, na armação; dois volantes, Henrique e Lucas Silva; e mais Dagoberto pela esquerda e JB pelo meio. William, o melhor contra o Boa, volta pro banco.
Na defesa a interrogação é Ceará que levou um chute no joelho direito e teve que sair do jogo contra o Boa pra entrada do garoto Maike. Como sempre, entrou bem. Se não der para o Ceará e tem gente torcendo pra isso, o menino da base continua mandando no pedaço.

DE BAIXO PRA CIMA

Prum time que estava no porão do descenso e subiu de repente pro G-4 e terminou o campeonato em terceiro lugar, o América tem mais é que comemorar a descoberta do jovem treinador Moacir Júnior que dava sopa por aí e fez por onde merecer a confiança que a diretoria do Coelho depositou nele. Tem que parar de chorar lágrimas aos baldes e tratar logo de arrumar uma equipe para a Série B do Brasileirão.
Nesta quarta-feira, o Coelho estreia na Copa do Brasil contra o Santos do Amapá, fora de casa, às oito e meia. Se vencer por diferença de dois gols, elimina a partida de volta. Já a estreia no Brasileiro será contra o Vasco, dia 19 de abril, sábado, também longe de casa.

 APRESENTAÇÃO DO CANDIDATO

O advogado Silvestre Antônio Ferreira tá mais que apresentado aos admiradores do futebol mineiro, como o moço que provocou a confusão toda na FMF e derrubou o presidente Paulo Schettino. No entanto, esta Trincheira não havia feito tal apresentação. Lamento. Recebi agora, dois anos depois de Chico Maia, que tem mais prestígio, o currículo do Silvestre. Vamos conhecê-lo um pouco mais:
Silvestre Antônio Ferreira, candidato a Presidente da Federação Mineira de Futebol. Brasileiro, casado, advogado militante, professor de direito penal, diretor financeiro do Colégio Lúcia Casasanta, produtor rural, ex-presidente da LDI - Liga de Desportos de Ipatinga por 11 anos.
Ao longo de sua jornada à frente da Liga de Desportos de Ipatinga, exerceu implacável e respeitosa oposição aos que conduziam o futebol mineiro, em especial ao presidente cassado da Federação Mineira de Futebol. Sua luta sempre objetivou a defesa dos interesses das Ligas Municipais e dos Clubes espalhados por todo o Estado de Minas, em especial os filiados que pagam taxas altíssimas à FMF e CBF, quase sempre sem reconhecimento e retorno.
Nos últimos dez anos, juntamente com o Ministério Público, ajuizou diversas ações Judiciais contra a FMF e o presidente cassado, buscando alternância no poder e eleições democráticas.
Agora as irregularidades e ilegalidades cometidas na FMF foram reconhecidas pela Justiça Mineira, que anulou através de sentença judicial uma alteração estatutária feita de forma arbitrária e ilegal, na tentativa desesperada de manutenção do poder.
Isso gerou a cassação do atual presidente e toda sua diretoria, que coadunava com tais abusos, proporcionando uma nova chance de mudança efetiva na administração do futebol no estado, para buscar o crescimento coletivo de Clubes e Ligas e, não somente contemplar expectativas individuais. Com a cassação do atual presidente e marcação de eleições, surge um novo horizonte para o futebol mineiro.
Contatos: E-MAIL: silvestrefutebolmineiro@yahoo.com.br,
FACEBOOK: Silvestre Antonio Ferreira
FONES: (31) 9988-9000 (vivo) ou (31) 8884-9001 (oi)
CONTATOS DA CAMPANHA: (31) 9751-0005 (vivo) ou (31) 8585-9001 (oi)

NOVO LÍDER NO BARÇA

O lateral direito da Seleção Brasileira e do Barcelona,  Dani Alves, reclamou das constantes críticas que o clube catalão tem sofrido. “Há tempos fazem campanha para o fim do nosso ciclo. Se ganhamos, é graças aos árbitros, se perdemos, estamos acabados”.
Ele aproveitou a entrevista coletiva para alertar que o Barça “não deve ficar olhando para trás”. Para ele, o importante é pensar em fazer um bom jogo pela competição mais importante da Europa. “Temos que pensar lá na frente. É importante darmos um passo em casa, porque o semifinalista só vai ser conhecido no jogo de volta”.
Dani Alves enalteceu alguns de seus companheiros, como Iniesta e Xavi, que, para ele, já deveriam ter recebido muitas Bolas de Ouro, e aproveitou para analisar seu companheiro de Seleção Neymar, blindando-o das críticas que tem sofrido por suas atuações.
“É normal esse processo que ele está vivendo. Adaptação. Muda de cultura, do jeito de jogar futebol. Se pagaram caro, é porque ele vale tudo isso. Temos que valorizar seu trabalho e tudo o que ele dá à equipe. Estão falando muitas besteiras sobre ele e seu pai”, finalizou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.