domingo, 30 de março de 2014

PRIMEIRO JOGO DA DECISÃO DO MINEIRO ENTRE ATLETICO X CRUZEIRO COMEÇA NA QUINTA-FEIRA, DIA DE LIBERTADORES FORA DE CASA

Rapazes, esta nova decisão entre Atlético x Cruzeiro do Campeonato Mineiro, na primeira partida no próximo domingo, estará cercada de detalhes importantes. Poderão até mudar, de repente, a história do confronto em favor de uma das equipes, menos desgastada física e psicologicamente. Tudo em razão dos jogos decisivos que ambas farão quinta-feira,dia 03, pela Libertadores das Américas como visitantes.

No seu segundo confronto contra o América, o Galo tomou o susto de levar o gol nos primeiros minutos, marcado por Carlos Renato, que dominou a bola com o braço antes de chutar. Essa ducha encheu os americanos de nervosismo, acreditando na possibilidade de tirar a diferença de quatro gols em favor do Atlético. A partida ficou nervosa por parte da turma do Coelho, enquanto a do Galo mantinha a calma, ciente de sua força e da diferença em seu favor.
No início do segundo tempo, Neto Berola empatou num rebote da defesa americana, que tentou cortar a bola área de Guilherme na cobrança de falta. A temperatura subiu mais ainda. Leandro Guerreiro e Guilherme chegaram a trocar empurrões em vários lances e foram amarelados. Com Guilherme bem marcado, Marion criava as boas jogadas.
Assim como foi no primeiro tempo, o segundo começou com gol. Do Galo, e de Neto Berola pegou rebote na área e fuzilou para o gol, de primeira, sem chances para Matheus. As chances do América diminuíram e pra complicar Carlos Renato foi expulso após entrada por trás em Alex Silva. Mais tarde, Obina, também, foi expulso por usar o cotovelo no mesmo Alex Silva.
Agora o Galo pegará o Cruzeiro na decisão do estadual, onde irá tentar buscar o tricampeonato da competição nos próximos dois finais de semana. Antes disso, tem o confronto contra Independiente de Santa Fé, em Bogotá, na quinta-feira, pelo Grupo 4. Já o Coelho volta as atenções pra Copa do Brasil, onde encara o Santos do Amapá, na quarta-feira, lá no Norte do Pais.

CRUZEIRO, TAMBÉM, TEVE SEU SUSTO

O Cruzeiro, também, teve seu pequeno susto diante do Boa Esporte, o Mineirão. Enfrentou brava retranca e contra-ataques rápidos, sem se expor em demasia e de olho no jogo de quinta-feira contra La Universidad de Chile, em Santiago, pela Libertadores. Jogo de vida ou morte. Se empatar, tá fora da competição.
Aproveitou a única chance real de gol que teve: lançamento de Dedé pra William, nas costas da zaga e o goleiro Leandro saiu afoito e fez pênalti em William. Aos 29m,  Dagoberto cobrou muito bem e fez 1 a 0. O Boa não se arriscava e jogava no erro do Cruzeiro. Fábio esteve tranquilo no gol.
A dupla de frente destoava: Júlio Baptista e Marlone não estava bem. Ceará se machucou e entrou Maike, dando mais velocidade pela direita.No intervalo, Henrique entrou no lugar de Nilton, que não joga em Santiago, suspenso. Por volta dos 35m, Borges entrou no lugar de JB e, também, não fez nada.
O Boa empatou numa jogada ensaiada e bem completada por Matheus, numa cobrança de falta da entrada da área. Isso aos sete minutos. Cruzeiro se assustou. Aos 17, no entanto, William cobrou escanteio na cabeça de Bruno Rodrigo que fechou o placar em 2 a 1.

JOGO DE PREPARAÇÃO

Visivelmente se sentiu que o Cruzeiro jogava dentro de uma programação de treinamento visando o jogo contra a La U na quinta-feira. Ninguém se arriscou demais e a torcida até ensaiou uma vaia quando o time empatava por 1 a 1 e sai devagar da defesa trocando passes. Não havia motivo pra tanto despreparo do torcedor: afinal, a equipe com o placar tinha o objetivo conquistado, que era passar às finais.
 Após fazer 2 a 1 o Cruzeiro se poupou mais ainda e irritou ainda mais a torcida. No final não houve nem comemoração pelo objetivo alcançado. O Cruzeiro faz o primeiro jogo contra o Atlético no Independência e terá a decisão no Mineirão. Com dois empates ou dois resultados - uma vitória e uma derrota - com o mesmo placar será campeão mineiro e evitará o tricampeonato do Atlético.

ZEBRA EM SÃO PAULO

O Santos teve que suar muito pra dobrar a zebra Penapolense na Vila Belmiro por 3 a 2 - chegou a tomar 2 a 1 - porém a mesma sorte não teve o Palmeiras, No Pacaembu lotado, o Verdão caiu diante do Ituano por 1 a 0 que fará a final do Paulistão com o Santos. A imprensa paulista leva enorme pessimismo quanto ao futuro dos times paulistas no Brasileirão, lembrando que em 2013 nenhum deles classificou-se pra Libertadores.

No Rio de Janeiro, os santos estão ao lado de Adilson Batista. O Vasco derrotou o Fluminense por 1 a 0 e fará a final do Campeonato Carioca com o Flamengo. No primeiro jogo, houve empate em 1 a 1 e neste domingo, o Vasco da Gama, que disputará a Série B nacional este ano, derrotou o Flu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.