sábado, 5 de abril de 2014

CANTE COMIGO - Jardim da Fantasia


ME DESCULPE,  Orlando José, mas seu filho Almir Roberto costuma me chamar de pai, tb táí! Você soube criá-lo bem. É dele que recebo a mensagem "CANTE COMIGO', da brincadeira séria que abri no meu blog. Diz ele:
Querido Flávio, está na minha cabeça como se fosse ontem a nossa turma de sempre, reunida num barzinho novo, na rua Juiz de Fora, e de repente alguém lá inventou um concurso de cantor da plateia. Kleyton Borges e eu nos oferecemos pra cantar Jardim da Fantasia, de Paulinho Pedra Azul. A mesma ficou dividida, mas eu ganhei pelo voto - em palmas - da massa.  Nossa saudosa amiga esteve do meu lado. Portanto, este "Cante Comigo" meu leva o " Jardim da Fantasia" pra ela. Que pena!


Bem te vi, bem te vi
Andar por um jardim em flor
Chamando os bichos de amor
Tua boca pingava mel
Bem te quis, bem te quis
E ainda quero muito mais
Maior que a imensidão da paz
E bem maior que o sol
Onde estás?
Voei por este céu azul
Andei estradas do além
Onde estará meu bem?
Onde estás?
Nas nuvens ou na insensatez
Me beije só mais uma vez
Depois volte prá lá


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.