quinta-feira, 8 de maio de 2014

DERROTA, SEPULTAMENTO, MORTE: É A COISA REALMENTE TÁ FEIA, CHICO MAIA!

Não me deem outra quarta-feira como essa: o sepultamento do meu sobrinho Lincoln, o primeiro que perco tão novo, apenas 62 anos. À noite, a derrota do Cruzeiro pro fraco time do San Lorenzo por 1 a 0, com Marcelo Pacote Oliveira, meu caro Marcelo, fazendo ás vezes de coveiro e sepultando algumas esperanças - apenas a metade, tá bom! - porque haverá a segunda partida em Beagá, da torcida da conquista do tricampeonato. Que time medroso! Pensei que Pacote havia aprendido a jogar na Libertadores após vencer no Chile e em Assunção. Aprendeu nada. O Cruzeiro foi medroso e ele não mexeu durante a partida pra tornar a equipe mais aguerrida, afora aquelas previsíveis mudanças que nunca dão em nada. Dagoberto no lugar de William e Borges no de Júlio Baptista. Mas deixou em campo Everton Ribeiro e Ricardo Goulart que, também, não jogaram nada,. No banco estava o aguerrido Nilton, mas em Beagá ficou Moreno que tem feito gol, enquanto Borges não faz nada. Foi 1 a 0, gol contra de Pacote.
  Jair Rodrigues e os filhos Luciana e Jairzinho. Uma simpatia que conheci pessoalmente no Minas Esportes da Band há vários anos, quando a emissora em BH prestava.



Um comentário:

  1. O sr falou pouco mas falou tudo doutor flavio anselmo, ta osso aguentar o marcelo oliveira, julio batista, everton ribeiro, willian, ceara e o horroroso ricardo goulart. Enquanto isso o marcelo moreno que esta fazendo gols não fica nem no banco de reserva. Ta difícil.

    ResponderExcluir

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.