sexta-feira, 23 de maio de 2014

LISBOA INVADIDA POR ESPANHÓIS JÁ ESCOLHEU TORCER PELOS COLCHONEROS -

Maior astro da final da Liga dos Campeões, que acontece nesta tarde, às três e quarenta,  Cristiano Ronaldo não será a personalidade mais aplaudida no Estádio Luz, em Lisboas palco da grande decisão entre Real Madrid e Atlético de Madrid da Liga dos Campeões deste ano. Bobagem, direis: CR-7 é ídolo na terra natal porque é ídolo na Seleção e o maior jogador do mundo no momento. Porém, os colchoneros conseguiram inverter tal situação com exibições de raça e amor ao futebol. Mais que CR-7, toda equipe do Atlético será mais aplaudida.

A UEFA colocou 80 mil ingressos à venda, 50% pra cada clube e todos foram vendidos. O restante será de convidados e jornalistas. Calcula-se que em redor do mundo quase um bilhão de pessoas assistirão está grande decisão. Já comprei meu camarote diante da minha TV Philco, valvulada, 21 polegadas, porque sou pobre e ela me atende. Botei suco de laranja natural na geladeira e preparei umas 15 goiabadas vermelhas pra degustar durante o confronto que acompanharei no ESPN.

NOVA CONSAGRAÇÃO

Não tenho dúvida, no entanto, que apesar de minha torcida pelo sucesso colchonero, que Cristiano Ronaldo terá de novo uma consagração no belo Estádio da Luz. Estará atuando em seu país, na condição de principal jogador do mundo na atualidade. Sabe-se que lá é assim: ou torce pelos merengues ou são contra a Seleção Portuguesa, é o que dizem os fanáticos, aludindo que o RM tem a base do escrete luso.

Nem tanto, divide esta atenção com o grande rival Barcelona. Na capital madrilhena, onde passei trinta dias durante a Copa de 82, a rivalidade local, claro, ultrapassa a do Barcelona. Me disseram que em outras decisões, a gente do Barça torceu para o Madrid, como chamam o Real. Nesta última sexta-feira, Cristiano Ronaldo usou sua página no Instagram para expressar sua alegria em jogar a decisão, porque até então era dúvida por lesão.

Todavia, o craque português não gosta nem de lembrar a derrota há dez anos, quando, ainda jovem, perdeu a disputa final com a Seleção Portuguesa, grande favorita, por 1 a 0 pra Grécia e ficou sem  o título da Eurocopa de 2004.-  Ele diz, "foi a maior decepção de minha vida".Lisboa foi palco de uma das maiores decepções da carreira de Cristiano Ronaldo, então jovem revelação da seleção portuguesa.

DIEGO VAI LÁ

A notícia boa pros torcedores do Atlético Madrid é que as chances do brasileiro naturalizado luso, Diego Costa, jogar aumentaram. O treinador Diego Simione deu até umas cambalhotas no gramado de treinamento quando soube da informação. Como tenho maior simpatia pelo Atlético de Madrid, mandei logo soltar uma dúzia de foguetes aqui na Comunidade do Santo Antônio
O atacante participou o tempo todo dos treinamentos no Estádio da Luz e surpreendeu Simione. No primeiro prognóstico deu negativo ao se constatar a lesão após o jogo contra o Barcelona na última rodada do Espanhol, Costa foi à Sérvia e fez tratamento alternativo com líquido de placenta equina, que garantem é tiro e queda. Anotem aí senhores facultativos (céus!) dos grandes clubes mineiros.

PLACENTA DA BOA

A garrafada deu resultado. Veja bem: é garrafada, mas não é de beber. É uso externo. Diego se comportou bem, deu piques, chutes a gol, e, em determinado momento, até pediu para que seus companheiros aumentassem o ritmo de uma das atividades, pra se testar com intensidade maior e saber se estava apto ou não pra partida. Durante a atividade, conversou diversas vezes ao pé do ouvido e cobrindo a boca com os preparadores físicos da equipe.

O técnico Diego Simeone passou o treino sem tirar o lho do atacante brasileiro, disse que ele superou suas expectativas e será ótima opção pro jogo. Ficou apenas nisso e como estratégica não quis adiantar mais nada: Diego joga ou não? As apostas são pra que ele irá jogar.

O turco Arda Turan, que também estava lesionado, ficará à disposição de Diego Simeone. Com menos grave que a de Diego Costa, o meia Turan tá confirmado no time titular neste sábado. Com os dois em condições de jogo, o Atlético deve jogar com Courtois, Juanfran, Miranda, Godin e Filipe Luís; Mario Suarez, Gabi, Koke e Arda Turan; Villa e Diego Costa.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.