terça-feira, 17 de junho de 2014

BÉLGICA CONFIRMA SUA FORÇA E VIRA SOBRE ARGÉLIA - 2 A 1 NO MINEIRÃO

Tida como uma das melhores seleções da Europa, após passar invicta nas eliminatórias de 10 jogos, com oito vitórias e dois empates, a Bélgica confirmou com alguma dificuldade sua condição de uma das favoritas ao título derrotando a Argélia por 2 a 1, de virada, no Mineirão.

Os argelinos trataram de fechar bem as portas de sua defesa aos toques rápidos e aos velozes contra-ataques da Bélgica, tirando o espaço do principal armador e jogador belga, o meia Hazard, do Chelsea de Londres.

Deu resultado: a seleção europeia parecia presa, com as pernas amarradas, e atuava sem velocidade e sem tocar a bola. A vitória colocou-a numa situação boa no Grupo H, que tem, também, Rússia e Coreia do Sul. Este será o jogo das sete da noite.

Enquanto a Bélgica se virava pra acertar o time, a Argélio tentava tirar proveito da situação. Conseguiu aos 26 minutos, quando Vertoghen fez pênalti em Feghonh, bem marcado pelo árbitro mexicano, 40 anos, Marco Antônio Rodrigues Moreno, já em sua terceira copa. O próprio Feghonh bateu e converteu: Argélia, 1 a 0.

No intervalo, o time belga foi reforçado com a presença de outro meia atacante Fellaine e sua sorte então mudou. Aos 25m, Fellaine marcava o gol de empate - 1 a 1 . Aos 35m, ele começou a jogada do gol da vitória, num lançamento perfeito pra Hazard na ponta-esquerda. A estrela do Chelsea, com o canto do olho, viu Mertens no outro lado do campo correndo livre e fez o passe na medida.

Mertens dominou e fulminou o goleiro MBolh, sem chance de defesa: Bélgica 2 a 1. Virada de time forte e que não se entrega nunca.

NO ENTORNO DO JOGO

* Foi a partida mais faltosa da Copa do Mundo até este momento: 39 faltas.
* Foi o sexto jogo do torneio que terminou com o placar de 2 a 1.

* O Mineirão, ao contrário do que se imaginava, manteve a média alta de público, a maioria belga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.