domingo, 22 de junho de 2014

FELIPÃO SOLTA OS CACHORROS NO TÉCNICO HOLANDÊS QUE FALOU BOBAGENS E OFENDEU ATÉ CAMARÕES -
Flávio Anselmo - 22-6-14

 Fiquei bem amolado quando ouvi parte da entrevista coletiva de Luiz Felipe Scolari rebatendo críticas ou declarações de alguém. Pensei comigo: "Chiii, Felipão teve uma recaída e voltou a ser o mal educado e intolerável de sempre". Quando Luiz Roberto, o narrador global, revelou que logo diria a quem estavam dirigidas aquelas palavras de Felipão na coletiva, refiz minha críticas.

Eram para o treinador da Holanda, Louis Van Gaal, que mais cedo mostrou contrariedade sobre os horários diferentes do Grupo B - o dele - com o Grupo A - o nosso. Dava a entender que seríamos beneficiados, como sempre acontece com os anfitriões, porque poderíamos escolher nossos adversários na outra fase.

Pô, mas nem estamos classificados. Este arrogante treinador holandês foi deselegante com Camarões, nosso adversário desta terça-feira e, ainda, candidato à uma vaga.

Luiz Felipe Scolari, após confirmar a presença de Hulk no time titular, esquentou o clima pras oitavas de final. A primeira pergunta da entrevista coletiva oficial no Estádio Mané Garrincha, foi sobre quem ele preferia enfrentar na próxima fase.

Felipão começou a responder brincando, mas depois mostrou contrariedade com o que o treinador Louis Van Gaal, da Holanda, disse mais cedo. Van Gaal deixou entender que o Brasil pode escolher o adversário do mata-mata - caso a equipe verde-amarela fique em primeiro lugar da chave, duela com o segundo colocado da outra.

Felipão respondeu na bazófia: - Eu prefiro a Espanha. Já não está mais aqui. Seria WO. Primeiro, temos que pensar que temos que ganhar amanhã, temos que classificar. Alguns se manifestam dizendo que vamos escolher adversários. Ou são burros, ou mal-intencionados. Se perdermos, nós podemos não classificar. Não temos que escolher ninguém - afirmou arrancando risos dos jornalistas.
Ele se recusou a citar o nome do técnico da Holanda. Quando foi questionado sobre a quem estava se referindo, respondeu apenas "vocês sabem". Depois, insistiu no assunto e disse que as acusações significavam "desrespeito a Camarões".
classificarem em qualquer uma das duas posições. Mas já saberão quem poderão enfrentar nas oitavas, pois Holanda e Chile, garantidos antecipadamente na próxima fase, duelam pela liderança do Grupo B, às 13h (de Brasília), na Arena Corinthians.
  
TIME CONFIRMADO

Na entrevista coletiva, o técnico também confirmou o time que vai enfrentar Camarões - será o mesmo da estreia, que venceu a
Croácia por 3 a 1. Assim, Hulk volta a estar entre os 11, e Ramires retorna para o banco de reservas.
-  Confio no time que coloquei no primeiro jogo. Eu confio nos jogadores, eles sabem disso. Nós somos um grupo, tem uma pessoa que tem o comando, que lidera, trabalha com os jogadores e tem que escolher os jogadores. Vou começar com o time do primeiro jogo, e as mudanças que vou fazer durante o jogo já sei quais são.
Luiz Felipe Scolari voltou a afirmar que o time mostrou evolução nos dois jogos que fez até aqui na Copa do Mundo. E despejou elogios sobre Paulinho, que contra Croácia e México não mostrou o mesmo futebol da Copa das Confederações, no ano passado.

Vem voltando a retomar sua produção. Confio cegamente no Paulinho, gosto como jogador, admiro a pessoa e a dedicação que mostra em todos os treinamentos e jogos. Amanhã estará num nível melhor. (Com o Superesportes)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.