quinta-feira, 19 de junho de 2014

SUAREZ, DE NOVO, É PERSONAGEM NUMA COPA DO MUNDO. DESTA VEZ LEVA URUGUAI À DESPACHAR OUTRO CAMPEÃO DO MUNDO: A INGLATERRA
















Luizito Suarez comemora seu 40º gol na Celeste Olímpica - foto de Matthias Hangs/ Getty Images
"Mão de Deus" salva e recoloca o Uruguai na semifinal após 40 anos.
Imagine cometer um pênalti no último instante do segundo tempo da prorrogação? Dramático, para não dizer trágico. É escrever seu nome na história das Copas como um grande vilão. Mas, para Luis Suárez, foi justamente ao contrário. O lance que poderia ter selado o destino do atacante acabou por transformá-lo em salvador. Gyan acertou o travessão na cobrança (Suárez vibrou como se tivesse feito gol enquanto deixava o campo), e a decisão foi para os pênaltis. E o Uruguai acabou nas semifinais, quarto colocado no Mundial.

Pra refrescar a memória dos amantes do futebol na Copa do Mundo. Suarez faz pênalti contra Gana em 2010 e salva o Uruguai. Predestinado, o moço

O texto acima eu fui buscar no Google, porque ainda está viva na memória de quem ama o futebol e este lance no finalzinho da prorrogação do jogo entre Gana e Uruguai, na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Gyan, de Gana, chuta pro gol vazio e Luizito Suarez faz o papel de Muslera e defende. Pênalti e o craque expulso. Gyan cobrou o pênalti pra fora.
No jogo desta quinta-feira, não se dava tanto por Luizinho Suarez. Veio que meio na fogueira, como salvador da pátria após a derrota pra Costa Rica na estreia e que colocava o Uruguai na portão da despedida.

Outra vez foi o herói. Suarez não aceita papel de mero coadjuvante numa Copa do Mundo. Tem que marcar a sua presença como importante personagem, este Suarez. Marcou seu 39º gol pela Celeste Olímpica aos 39m do primeiro tempo - coincidência? - escorando de cabeça um cruzamento de Lodeiro.
A Inglaterra estava melhor e Wayne Rooney, que ao contrário, corre pra eliminar a maldição de não fazer gol em Copa do Mundo, já é a terceira que disputa, havia acertado a trave numa bela cabeçada.

Dois minutos depois, Luizinho Suarez marcou o seu primeiro gol no jogo. Logo ele que voltava de uma artroscopia e era tido como fora da Copa do Mundo. No segundo tempo, de uma batalha campal civilizada, técnica e tática, Wayne Rooney conseguiu quebrar o encanto. Fez o seu primeiro gol numa Copa do Mundo e empatou a partida, aos 37m, concluindo uma sensacional jogada de Johnson, pela direita.

Não houve nem tempo do leãozinho Willie piscar pra leoazinha e Suarez despachou os ingleses com outro gol de raça e já entregue ao cansaço.
O goleiro Muslera chutou a bola pro ataque e ela foi disputada por Gerrard e Cavani no alto. O inglês desvia de cabeça e a bola sobra pra Suarez na ponta direita. Ele escapa e bate cruzado, estufa as redes inglesas: Uruguai 2 a 1. Após este ato heroico, sai de maca e entra Coares. No final, Luizito Suarez é carregado pelos companheiros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.