domingo, 31 de agosto de 2014

CRUZEIRO VIRA EM CIMA DA CHAPECOENSE E DISPARA NA LIDERANÇA DO BRASILEIRO

Coisa impressionante; bastou uma mexida no intervalo, a entrada de Alisson no lugar de William para o time do Cruzeiro reverter toda uma situação adversa neste sábado diante do Chapecoense, no Mineirão. No primeiro tempo, os azuis insistiram nas bolas áreas e a coisa não funcionou. Pelo contrário, o vento dos deuses soprou em favor do Chapecoense que abriu a contagem aos10m, num chute sem maiores pretensões de Dedé e a bola desviou no seu companheiro Zezinho e enganou Fábio que ia pro canto certo. A torcida ficou preocupada com a história de porco magro é que suja a água.
Com Alisson em campo, o time ganhou mais movimentação  e ficou mais solto com Maike pelo lado direito. As bolas áreas continuaram, só que agora acertando a cabeça dos goleadores. O gol de empate veio com Léo que escorou cruzamento de Alisson.
A vitória por 4 a 2 sobre o time catarinense,  no Mineirão, deixou o Cruzeiro com 42 pontos, dois a mais que o do turno de 2013, quando terminou com o título no fim do ano. A marca pode ser ampliada na 19ª rodada, contra o Fluminense, no Maracanã. A vantagem para o Internacional, atual segundo colocado, é de oito pontos. Se o São Paulo vencer o Figueirense, fora de casa, no domingo, a vantagem ficará em sete pontos.
O placar foi aberto no Gigante da Pampulha pelos catarinenses. Em chute de Dedé, a bola desviou em Zezinho e enganou Fábio. A virada celeste começou com Leo, que escorou cruzamento de Alisson. Leo e Moreno, duas vezes, também de cabeça, marcaram para o Cruzeiro. O jovem Alisson também deixou o seu, mas com o pé direito. Bruno Rangel ainda marcou para a Chapecoense.
No desempate, Maike acertou a cabeça de Moreno que botou a bola no canto esquerdo de Danilo: 2 a 1. Poucos minutos depois, veio o terceiro gol, com Alisson que recebeu um cruzamento de Maike, dominou e chutou forte: Cruzeiro 3 a 1.  
O Cruzeiro tirou o pé do acelerador e a Chapecoense marcou seu segundo gol com Bruno Rangel. Mas não teve nem tempo de comemorar: Maike foi no fundo e cruzou pra Marcelo Moreno, de cabeça, marcar outra vez - Cruzeiro 4 a 2. Com os dois gols, Moreno chegou a 37 na temporada pelo clube e ultrapassou Montillo, se tornando o segundo estrangeiro com mais tentos pelo clube. Ele também é artilheiro do Brasileiro de 2014, com nove gols, ao lado de Ricardo Goulart. 

Cruzeiro 4 x 2 Chapecoense
Cruzeiro - Fábio, Mayke, Dedé, Leo e Samudio; Henrique, Lucas Silva (Nilton), Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (Alisson) e Marcelo Moreno (Dagoberto)
Técnico: Marcelo Oliveira
Chapecoense - Danilo; Edinei, Rafael Lima, Jaílton e Neuton; Wanderson, Abuda (Jones), Dedé (Tiago Luís), Camilo (Ricardo Conceição) e Zezinho; Bruno Rangel
Técnico: Celso Rodrigues
Gols: Zezinho, aos 10 minutos (Primeiro tempo) – Leo, aos 4 minutos; Marcelo Moreno, aos 6 minutos; Alisson, aos 13 minutos; Bruno Rangel,aos 26 minutos e Marcelo Moreno, aos 28 minutos; (Segundo tempo)
Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Data: Sábado, 30 de agosto, às 18h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva- PA
Auxiliares: Marrubson Melo Freitas-DF e Heronildo Freitas da Silva-PA
Amarelos: Edinei, Abuda e Zezinho (Chapecoense); Henrique, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Lucas Silva (Cruzeiro)
Vermelhos:
Pagantes: 26.682
Renda: R$ 1.203.320,00


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.