quarta-feira, 27 de agosto de 2014

MOLEZA A MILÉSIMA VITÓRIA DO CRUZEIRO NO MINEIRÃO: 5 a 0 NO SANTA RITA PELA COPA DO BRASIL





Marcelo Moreno voltou a marcar e foi um dos melhores do Cruzeiro na goleada sobre o Santa Rita, na milésima vitória do Cruzeiro no Mineirão. (Foto Superesportes)



Público foi o esperado: pouco mais de 15 mil pessoas. O jogo foi de um time só, o Cruzeiro. O motivo extremamente importante: Copa do Brasil, cujo título leva o campeão à Copa Libertadores da América. O jogo foi do jeito que a torcida gosta: três bolas na trave, gol anulado e 5 a 0 no placar final para os azuis. Foi, então, moleza chegar ao milésima vitória no Mineirão e abrir a porta pra caminha em busca do pentacampeonato do torneio.
O time das Alagoas valorizou num aspecto: tentou evitar a goleada, reconhecendo a superioridade do Cruzeiro e jogou sem apelação. Marcelo Oliveira descansou alguns titulares, como Everton Ribeiro, Egídio,e Júlio Baptista e Marcelo Moreno como dupla de área.  No segundo tempo, colocou os meninos e estreou o atacante Neilton contratado junto ao Santos. Jogou pouco tempo, apenas 15 minutos e esteve meio inibido.
Praticamente, o Cruzeiro usou a cabeça pra encaminhar sua vaga às quartas de final da Copa do Brasil. Claro que haverá o segundo jogo, dia 03, em Arapiraca, mas duvido que o Santa Rita consiga tirar a diferença de 5 a 0. Os três primeiros gols foram marcados de cabeça:, marca da equipe de Marcelo Pacote: Marcelo Moreno, Dedé e Júlio Baptista, no primeiro tempo. O quarto gol foi de pé, um chutaço de Henrique da marca do pênalti.
Classificado o que vai acontecer, sem dúvida, o Cruzeiro pega o Vasco da Gama ou ABC. No primeiro jogo, em São Januário, houve empate em 1 a 1 e no segundo jogo o time de Natal joga pelo 0 a 0.
Aos 7m do primeiro tempo, Lucas Silva cruzou da direita e Marcelo Moreno desviou de cabeça pras redes. Pouco depois, Dagoberto quase fez o segundo, mas o goleiro Jefferson fez uma defesa milagrosa. Pouco adiantou: minutos depois, na cobrança do escanteio por Dagoberto, Dedé ampliou, de cabeça, pra 2 a 0.
Um gol anulado e outra bola na trave. Marcelo Moreno poderia ter feito mais dois gols na sequência da primeira etapa. A jogada pelo alto continuou eficiente na equipe celeste. Aos 34´, Júlio Baptista cabeceou no contrapé do goleiro para fazer o terceiro: 3 a 0.
Na fase final, em ritmo de treino, cadenciando o jogo o máximo possível o Cruzeiro teve outras oportunidades, mandou mais duas bolas na trave e marcou 4 a 0 com Marcelo Moreno, aproveitando-se de um rebote do goleiro Jefferson que não conseguiu segurar o petardo de Lucas Silva de fora da área.; - 4 a 0, Cruzeiro
Pouco depois de entrar, Marlone acertou um chute violento no poste superior do goleiro alagoano. Pra coroar sua atuação como o melhor jogador em campo, ao lado de Marcelo Moreno, o volante Henrique fechou o placa aos 42m, com outro petardo, de dentro da área, após bate-e-rebate na defesa.
Cruzeiro : - Fábio, Mayke, Manoel, Dedé e Samudio, Lucas Silva (Willian Farias), Henrique, Alisson (Neílton) e Júlio Baptista; Dagoberto e Marcelo Moreno (Marlone)
Técnico: Marcelo Oliveira;

Santa Rita - Jeferson; Edy, Selmo Lima, Junior Carvalho e Jeanderson; Adriano, Cristiano Fontes, Edson Magal (Guêba) e Lucas (Rafael Soares) ; Rafael Silva e Reinaldo Alagoano
Técnico:Eduardo Neto
Motivo: Oitavas de final da Copa do Brasil
Estádio: Mineirão, às 19h30
Data: 27 de agosto de 2014
Gols: Marcelo Moreno, aos sete minutos; Dedé, aos 17 minutos; Júlio Baptista, aos 34 minutos – Segundo tempo: Marcelo Moreno, aos nove minutos; Henrique, aos 42 minutos
Árbitro: Ranilton Oliveira de Souza (AM), boa atuação.
Auxiliares: Thiago Gomes Brigido (CE) e Márcio Gleidson Correia Dias (BA)
Pagantes: 15.048
Renda: R$ 501.895,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.