sexta-feira, 10 de outubro de 2014

ARGENTINA DE MESSI É O PRIMEIRO TESTE VERDADEIRO DA SELEÇÃO DE DUNGA



Enquanto confirma Tardelli como titular, Dunga condena amistoso na China. Ainda bem.






Pra dizer a verdade, não estou nem me lixando pra este amistoso Clássico das Américas que Brasil e Argentina farão na manhã de sábado na China. É jogo caça-níquel e já foi a época em que tal partida tinha o sabor das goiabinhas vermelhas de Rio Casca. Nem a rivalidade tão destacada pela mídia a fim de justificar as altas cotas de patrocínio nas tevês. O jogo, dentro das datas reservadas pela Fifa, serve tão-somente pra avacalhar nossa programação e estuporar nossos times. Na Europa, suspendem-se os campeonatos nacionais nas datas Fifa. O nosso é mantido, os jogadores convocados, viajam léguas e léguas, muitas vezes pra ficarem no banco de reservas. Os treinadores chiam com razão. Então, quem pretende acordar cedo pra ver esta brincadeira de mau gosto, que se divirta!

GALO EMPATA COM FLUMINENSE, mas a surpresa da 27ª rodada foi a humilhante goleada que a Chapecoense aplicou no Inter e ajudou ao Cruzeiro.
É o bom que Atlético e Cruzeiro aproveitem esta fase de distração da Rede Globo, mais preocupada com política, e tratem de disparem no G-4. contrariando os interesses da Poderosa sempre voltada pra Flamengo, Corinthians, Fluminense e São Paulo. No momento, a Vênus Platinada só dispara nos seus jornais matérias nas quais pretende afogar Dilma, em falsas denúncias e ilações que visem seus interesses, em favor da candidatura Aécio Never, como fez com Lula naquele famoso debate com o Collor.  

CRUZEIRO AINDA NA BOA - Cruzeiro e Atlético não souberam aproveitar esses dias de distração, numa passagem de entusiasmo global pelo segundo turno entre Dilma e Aécio. O Cruzeiro perdeu pro Corinthians e viu perigosamente a possibilidade do Internacional voltar à vice, com seis pontos de vantagem celeste. Deu sorte, porque o Chapecoense, desesperado, enfiou 5 a 0 no Internacional, que já havia escapado, pela tangente, de levar uma goleada dos azuis no Mineirão. O São Paulo voltou à vice com sete pontos atrás do Cruzeiro como era há três rodadas.
Já o Galo estava no quarto lugar do G-4 caiu pelos resultados de Grêmio, Corinthians e São Paulo na abertura da rodada. No entanto, se tivesse vencido no Maracanã, voltaria ao antigo lugar pelo número de gols marcados. Empatou em 0 a 0, num jogo feio, ruim e que o fez despencar mais ainda na tabela.

( Superesportes) Gilvan Tavares não levou na política, mas teve sucesso na reeleição, com chapa única e apoiou total dos conselheiros. Até chorou. E já conversa com Marcelo Pacote Oliveira, que diante da continuidade, já fala em renovar por mais um ano.

LIBEROU GERAL - O STJD deu efeito suspensivo ao Atlético pra jogar a partida contra a Chapecoense em casa, no Horto. O jogo era, relativo à perda de mando de campo. Não me perguntem como ficará este imbróglio,
que segundo o tribunal o efeito prevalece até o julgamento do mérito. E se a perda de campo for confirmada?
Antes o Tribunal já havia concedido também igual efeito ao Cruzeiro pra que jogue sua partida contra o Palmeiras, no Mineirão. Este filho do Sodico, em sua sapiência total, imagina que agora os vândalos de Atlético e Cruzeiro estão liberados, também, pra quebrarem o pau em todos os clássicos., Não haverá mais punição aos clubes!!!!

MAICOSUEL VOLTA - Falando sério, meu Bom, você concorda com a volta de Maicosuel ao time do Galo domingo contra o São Paulo? Ou apenas se Levir Culpi não tiver outra opção por contusão ou suspensão? Ou apenas como bancário pra uma alternativa de jogo? O técnico alvinegro tá absolutamente convicto na sua decisão. De minha parte, guardo minha boca pra comer minha farinha. Pode ser mais agudo do que aqueles que jogaram contra o Flu, no empate de 0 a 0. Contratado em junho da Udinese, o camisa 70 já disputou 15 partidas pelo Atlético, com três gols e três assistências até o momento.

MINHAS CONTAS - Nem minha bola de cristal tem funcionado a contento, nem minhas contas estão batendo com a prática. Pra esse final de semana, contudo, prevejo o Cruzeiro, ainda desfalcado, derrotando o fraco time do Flamengo no Maracanã e o Galo dando aquela mãozinha na caminhada do bicampeonato e na briga pelo G-4 ferrando o São Paulo no Horto. Ah, e o Internacional? É cachorro morto à esta altura. Cabe ao Fluminense chutá-lo no Beira-Rio.


Kalil estendeu a mão em sinal de paz e a Receita Federal aceitou. Dívidas fiscais estão escalonadas e acordo será assinado por esses dias. (Superesportes)



FALANDO EM CONTAS - Nas próximas semanas, o Atlético assina o documento de refinanciamento de suas dívidas com a Receita Federal. Meu advogado e competente diretor jurídico do clube, Lásaro Cândido da Cunha, informou-me que no acordo de 15 anos o Atlético pagará R$ 864 mil mensais, além de uma entrada de 20% sobre o montante.

Segundo o brilhante diretor jurídico - posso elogiar porque conheço a capacidade do distinto - será feito um  pagamento imediato com os valores já depositados e bloqueado da venda de Bernard ao Shakhtar. Disse, também, que a dívida fiscal de R$ 274 milhões foi reduzida na negociação pra em torno de R$ 184 milhões. Isso é assunto morto, penso eu, e em breve a moçada do elenco, e os empregados vão ver a cor da grana no dia certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.