sábado, 11 de outubro de 2014

FILHO DE JOÃO LEITE PARA CORINTHIANS E BOTAFOGO AJUDA CRUZEIRO EM MANAUS

VINGANÇA PRÓ CRUZEIRO - O Botafogo vingou o Cruzeiro com a vitória por 1 a 0 na Arena Amazonas neste sábado, gol do ex-cruzeirense Walyson cobrando pênalti, aos 29m do primeiro tempo. Porque vingou? Por que após a vitória aqui no Mineirão, o arrogante Mano Meneses falou um monte de besteira, arrotou caviar mesmo estando fora do G-4. O time carioca, lanterna da competição, apesar de ter um jogador a menos na maior parte do segundo tempo, com a expulsão de Bolati, que vinha sendo o melhor jogador em campo, numa decisão bem discutível do árbitro André Luiz de Freitas Castro.
CARIOCAS DEIXAM LANTERNA - O Botafogo saiu da lanterna, mas não deixou o Z-4. É o primeiro na entrada, com 29 pontos. O Corinthians ficou em 5º, com 46 pontos e 12 vitórias, atrás do Grêmio, quarto, que tem 46 e 13 vitórias. O Galo que joga contra o São Paulo neste domingo, no Horto, tá em sexto com 44 pontos e 12 vitórias. Dependerá de uma combinação de resultados pra voltar ao G-4.
FILHO DE PEIXE - O goleiro do Botafogo, Helton Leite, considerado o terceiro na hierarquia de General Severiano, - titulares são Jefferson e Andrei, que servem às seleções brasileiras - fez misérias na meta contra o Corinthians. Pegou até pensamento. Helton lembrou bem a melhor fase de seu pai, o deputado João Leite, reeleito pra novo mandato, no gol do Atlético, do América e da Seleção Brasileira. Filho de peixe...
LÍDER NO RIO - O líder Cruzeiro busca reabilitação contra o Flamengo, no novo Maracanã, onde não venceu ainda. Marcelo Pacote Oliveira tem vários problemas físicos e lesões que não o deixam dormir. Sem contar com Everton Ribeiro, na Seleção, e Ricardo Goulart, lesionado, Pacote perdeu, também, Dagoberto, o que não é novidade. Dagoberto foi pro chinelinho de novo, com problema no púbis. A novidade será a volta de Dedé. A melhor decisão de Pacote é a de escalar o quarteto ofensivo com Marquinhos, Alisson, Moreno e Marlone. No mais é torcer pra que funcione, o que não aconteceu contra o Corinthians.




Jô não aparece pra treinar e está fora da relação do jogo contra o São Paulo, no Horto.





GALO E SEUS PROBLEMAS -  PQP, no momento certas coisas que acontecem no 
Atlético têm tirado todo mundo do sério. Jô faltou de novo ao treino, agora nesta sexta-feira, mas segunda vez em dois meses e foi cortado do jogo contra o São Paulo neste domingo. Outra rotina de sempre é Guilherme jogar uma partida e correr pro DM. Também está fora do jogo contra o São Paulo. Levir Culpi terá Maicosuel pro seu lugar. O assunto foi entregue à Diretoria, porém é preciso que uma decisão enérgica saia da Toca do Urso Bravo.
DUNGA ESNOBA NO CLÁSSICO - Tentei entender o gesto e o que Dunga dizia pro pessoal da Argentina após a vitória do Brasil por 2 a 0, gols de Tardelli, no Superclássico das Américas, em Pequim. Com certeza, a comissão técnica dos hermanos andou falando pelo nariz e o gesto de Dunga foi esse. Bem, ridículo se levarmos a sério sua manifestação, porque se trata do técnico da Seleção Brasileira. Aliás, a única personagem com direito de mandar algum recado seria Diego Tardelli, direto pra Luiz Felipe Scolari:, que o deixou fora da Seleção na Copa do Mundo 2014..
Teve mais coisa pra a ser comemorada: a defesa de Jefferson no pênalti cobrado por Lionel Messi e que daria o empate à Argentina.
Tardelli fez os gols em alto estilo. O primeiro num chute cruzado, de primeira, quando a partida estava equilibrada. Depois do pênalti cobrado por Messi, o atacante alvinegro marcou o segundo de cabeça, já na fase final. Mais coisa a ser comemorada: em três disputas deste clássico, o Brasil venceu todas. Em 2011 e 2012, o torneio foi disputado apenas com jogadores que atuam nos seus países em ida-e-volta.
O jogo também fica marcado por ser o centésimo entre os dois países. Os brasileiros aumentaram a vantagem sobre o rival pra 40 vitórias,m 24 empates e 36 derrotas. Na terça-feira, o Brasil joga amistosamente contra o Japão em Cingapura.

FICHA TÉCNICA - BRASIL 2 X 0 ARGENTINA
Local: Estádio Ninho do Pássaro, em Pequim (China)
Data: 11 de outubro de 2014, sábado
Horário: 9h05 (de Brasília)
Árbitro: Fan Qi (China)
Assistentes: Huo Weiming e Mu Yuxin (ambos da China)
Cartões amarelos: David Luiz (Brasil); Mascherano (Argentina)
Gols: BRASIL: Diego Tardelli, aos 27 minutos do primeiro tempo e aos 18 do segundo
BRASIL: Jefferson; Danilo, Miranda, David Luiz (Gil) e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Elias, Willian e Oscar; Neymar (Robinho) e Diego Tardelli (Kaká). Técnico: Dunga
ARGENTINA: Romero; Zabaleta, Demichelis, Fernández e Rojo; Mascherano, Pereyra (Pérez), Lamela (Pastore), Messi e Di María; Aguero (Higuaín) - Técnico: Gerardo Martino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.