sábado, 8 de novembro de 2014

GALO ESTÁ MESMO INFERNAL: TIME RESERVA BATE NO PALMEIRAS DENTRO DO PACAEMBU E VOLTA AO G-4

SE LEVIR CULPI, por questão de lógica, focou mais na decisão da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro, a partir de quarta-feira que vem, o Espírito Alvinegro não quis nem saber: baixou na moçada escalada pra vestir o manto sagrado do Galo atropelou os titulares do Palmeiras, no Pacaembu, por 2 a 0, e com muita autoridade. 
O placar foi aberto aos 38m do primeiro tempo, com o novato Tiago (foto), de cabeça, aproveitando a cobrança de falta perfeita de Dodô, o melhor em campo.  O zagueiro marcou seu segundo gol no Galo. O Galo Doido parecia jogar no Horto; fez o gol e só levou dois sustos com o atacante Henrique, em chutes defendidos por Victor, o único titular em campo.
E olha que a partida era de extrema importância para o Verdão paulista ainda ameaçado pelo rebaixamento com 39 pontos ganhos. Dodô foi o nome do jogo e no início obrigou ao goleiro Fernando Prass a fazer a primeira defesa difícil do jogo. Victor trabalhou nos lances de Henrique. No primeiro dele, Valdívia lançou Henrique, que driblou Victor, mas chutou por cima da meta. No  lance seguinte, num cabeceio de Henrique, Victor fez defesa difícil. Foi só.
No segundo tempo, aos 21m, Dodô tabelou com Pedro Botelho e na saída de Fernando Prass tocou no canto fazendo Galo 2 a 0, placar final.  Como o Fluminense foi derrotado pelo Coritiba por 1 a 0, no Couto Pereira, o Galo voltou ao G-4, provisoriamente, com 57 pontos.

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS 0 X 2 ATLÉTICO

Palmeiras - Fernando Prass; João Pedro, Tobio, Nathan e Victor Luis (Juninho); Renato, Marcelo Oliveira, Mazinho (Diogo) e Valdivia; Allione (Mouche) e Henrique. -  Técnico: Dorival Júnior
Atlético - Victor; Alex Silva, Tiago, Edcarlos e Pedro Botelho (Douglas Santos); Pierre, Leandro Donizete, Eduardo e Rafael Carioca (Paulinho); Dodô e Marion. -Técnico: Levir Culpi
Gols: Tiago (38min/1ºT), Dodô (21min/2ºT)
Cartão amarelo: Pierre (ATL)
Motivo: 33ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Pacaembu, em São Paulo
Data: Sábado, 8 de novembro, às 19h30
Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Clovis Amaral da Silva (PE)
TEM JEITO NÃO COELHO - O América enganou a torcida com uma provável reação que o levasse ao G-4 da série B, apesar dos pontos perdidos no tapetão, sob o comando de Givanildo Oliveira.  Porém, voltou a jogar mal neste sábado e empatou em casa, no Horto, em 1 a 1 com o Icasa. Aí a porca torceu o rabo. Abaixo a ficha técnica da partida:

AMÉRICA 1 X  1 ICASA

AMÉRICA - João Ricardo; Pablo, Adalberto, Renato Santos e Gilson; Leandro Guerreiro (Júnior Negão), Andrei Girotto, Tchô (Renan Oliveira) e Mancini (Bruninho); Willians e Obina. Técnico: Givanildo Oliveira
ICASA - Busatto; Naylhor, Carlinho Rech e Gilberto; Albano, Ivonaldo (Dodó), Rodrigo Vitor, Lucas e Zeca; Nilson (Núbio Flávio) e Erik. Técnico: Vladimir de Jesus
Gols: Gilson (37' 1T), Lucas (37' 2T)
Cartões amarelos: Rodrigo Vitor (11' 2T), Nayllhor (30' 2T), Lucas (44' 2T), Renato Santos (45' 2T)
Motivo: 34ª rodada da Série B
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Data: sábado, 8 de novembro de 2014, às 17h20
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ/FIFA)
Auxiliares: Rodrigo F. Henrique Correa (RJ-ESP) e Wagner de Almeida Santos (RJ-CBF)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.