terça-feira, 20 de janeiro de 2015

GALO ESTREIA PRATTO HOJE À NOITE EM AMISTOSO INTERNACIONAL CONTRA SHAKHTAR NO INDEPENDÊNCIA.

    Levir Culpi orienta Pratto - foto de Alexandre Guzansche - EM, Superesportes

VAGA DE TARDELLI - Carlos ou Maicosuel disputam a vaga de Diego Tardelli no amistoso desta quarta-feira contra Shakhtar, da Ucrânia, no Horto, a partir das oito e meia da noite.Esta dúvida, no entanto, não tem o menor efeito na presença da torcida no terreiro do Galo; a torcida quer mesmo é ver a nova contratação da equipe, o goleador Lucas Pratto, considerado ano passado o melhor jogador do futebol argentino.

GUILHERME VEM AÍ - Talvez esta dúvida nem persista após a diretoria resolver a questão do contrato de Guilherme. Deverá ser ele o substituto de Tardelli, como segundo atacante, ao lado de Pratto. Por enquanto, o mais cotado é Maicosuel, por causa de sua velocidade e capacidade de ocupar os dois lados do gramado. O time funcionou bem assim durante os treinos da semana.

ENTUSIASMO DE CULPI - O técnicoLevir Culpi tem mostrado entusiasmo com os treinos; mexeu pouco no time que terminou bem o campeonato brasileiro de 2014 e ainda foi campeão da Copa do Brasil. Perdeu apenas Tardelli entre os titulares e recompôs com Lucas Pratto. A base está mantida e, com certeza, irá bem no amistoso desta noite. O time está definido com Victor, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Donizete, Rafael Carioca, Luan e Dátolo; Maicosuel (ou Carlos) e Lucas Pratto.

DUPLA IDEAL 


O ideal seria, realmente, que o Cruzeiro tivesse formado a dupla Felipe Gedoz e Arrascaeta no seu ataque. Estes dois meninos chamaram a atenção na Libertadores de 2014, jogando pelo Defensor do Uruguai. De Arrascaeta, 20 anos, e o brasileiro Felipe Gedoz, 21, ajudaram sua equipe a chegar à semifinal, com jogadas de habilidade e um entrosamento incomum. Gedoz chegou à Seleção Brasileira sub-20 e Arrascaeta teve oportunidade no time principal do Uruguai.

DUPLA DE LASCAR - Para Gedoz, Everton Ribeiro e Arrascaeta têm muita semelhança no estilo de jogar. Entende que formarão uma dupla de arrasar as defesas adversárias. Também acho; mas gostaria que essa dupla fosse formada por Felipe e Arrascaeta, com Everton Ribeiro completando o trio na vaga de Ricardo Goulart. Preocupa-me saber quem jogar no lugar de Nilton. Contra o Londrina ficou claro que o Cruzeiro perdeu 90% das jogadas aéreas, sem Nilton, Marcelo Moreno, Dedé e Bruno Rodrigo.

QUANTA BOBAGEM ! - Os meus críticos afinam seus cavaquinhos "pra brigar de galo" comigo quando analiso as bobagens escritas pelos "parciais".  Por exemplo: o Cruzeiro contratou Riascos e não vejo ninguém valorizar tal reforço que, tudo bem, chega para o time rival, mas engrossará a força do futebol mineiro. Preferem explorar o pênalti que Riascos bateu no jogo contra o Atlético e cometem o absurdo de esquecer que o herói foi Victor, com uma defesa genial, de pé esquerdo, decantada no mundo inteiro. Não teve bandido na história...

NENA NO PERIGO - A transação de Nena com o Cruzeiro pode melar por causa do salários. O jogador pediu 60 mil dólares mensais e o Cruzeiro achou alto. Sua contraproposta está bem abaixo da pedida do atleta. Enquanto isso, o time busca a opção B e mandou um de seus cartolas a Salvador negociar com o Bahia a contratação do lateral esquerdo Pará. A daneira é que o referido cartola é ruim de jogo, apesar de estar no negócio há uns 40 anos. Não aprendeu nada ainda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.