domingo, 8 de março de 2015

JOGO MORNO, FALHAS DOS GOLEIROS E ATÉ IMBECIL JOGANDO BOMBA EM RADIALISTA - CLÁSSICO FICOU EM DÉBITO

MULHERES LINDAS - Enquanto em todos os campeonatos estaduais, a torcedora foi a figura central, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, Cruzeiro e Atlético não fizeram nada pra destacar a beleza feminina das Geraes e, ainda, quase fizeram que a maioria elas, presentes ao Mineirão, cochilasse debaixo de um bruto calor e desmotivada por um clássico morno e de pouquíssimas emoções. O clima foi de paz entre as duas torcidas, exceto pelo bandido que atirou a bomba no gramado. (foto Superesportes)

Os heróis do classico - Carioca, do Galo, e Damião, do Cruzeiro. Goleadores





MÉRITOS DO GALO - Cruzeiro e Atlético empataram por 1 a 1,com todos os méritos pro Galo que jogou bem desfalcado, enquanto os celestes estiveram inteiros, porém com Marcelo Pacote Oliveira apressado e aos 15m mexeu mal no time ao sacar Arrascaeta (entrou Alisson) e William Bigode ( entrou Judivan) e a coisa não funcionou. Mas tarde, colocou Joel no lugar de William volante, outro furo. (fotos Superesportes)


FALTOU INSPIRAÇÃO POÉTICA - Mesmo com o Mineirão colorido e perfumado pelas lindas mulheres, o clássico foi tão sem inspiração que até os gols saíram de falhas gritantes de Fábio e Victor. O cruzeirense foi rebater uma bola e a mandou nas costas de Patric. Houve a sobra e Rafael Carioca, livre, marcou 1 a 0. No gol de Leandro Damião, a zaga atleticana enrolou-se com o atacante e ele conseguiu virar, mas chutar sem força. Victor pulou com dois dias de atraso e a bola entrou no cantinho.  Faltou um poeta da bola.

CRUZEIRO MANTÉM PONTA - O placar de empate serviu pra manter o Cruzeiro na liderança com 14 pontos, enquanto o Galo tem 13. O gosto dessa história toda é que há um rififi nos lugares abaixo: América x Villa Nova empataram em Nova Lima por 0 a 0 e estão colados nos líderes


BANDIDO PRESO -  Está preso o torcedor suspeito de atirar uma bomba próximo ao radialista Christian Mascary, da Rádio Sucesso de Divinópolis, que trabalhava no clássico entre Cruzeiro e Atlético, neste domingo, no Mineirão. Segundo a Polícia Militar, o homem foi identificado e encaminhado para a delegacia do estádio. O repórter foi medicado no posto médico do estádio, mas, a princípio, não sofreu lesões. Tomara que o bandido tome uma pena pesada, sem prejuízo pro Cruzeiro. (Foto Superesportes)

 SETE LAGOAS -  Nesta quarta-feira, a nossa querida Sete Lagoas voltará ao cenário da divisão de elite do futebol mineiro: Villa Nova x Cruzeiro farão jogo der líder e quinto colocado na Arena do Jacaré, com o Leão de mandante. O Galo estará em perigo diante da Caldense, terceira colocada, em Poços de Caldas e o América, na moleza, porque enfrenta o Mamoré no Horto.

Museu Histórico de San José 












FIM DA VIAGEM A COSTA RICA - A antiga Villa Del la Boca del Monte, como se chamava Costa Rica até 1723, tinha uma linha férrea que ligava o Mar do Caribe (Atlântico) ao Pacífico. Era uma viagem maravilhosa segundo me conta o Guia Marco. No entanto, como aconteceu no Brasil  após o fortalecimento da CNT - Confederação Nacional do Transportes, liderada pelo ex-senador biônico Clésio Andrade, lá também os caminhoneiros ganharam a batalha do frete. O trem sumiu do mapa.

TEMBLORES - Há pouco terremoto em Costa Rica, porém tremores aconteceu quase todos os dias. Não senti nenhum. Em 1910, houve o maior terremoto, pelos lados de Cartago. Em San José, o efeito foi pequeno,. Porém morreram milhares de pessoas. Em 1983, houve outro de grandes proporções no norte do País, também sem efeito na capital.


VIDA CARA - A democracia de Costa Rica é cara. Um salário mínimo gira em torno de 600 a 800 colóns. Um dólar se troca por 530 cólons. Um almoço simples, com certeza, custa unms 5 mil cólons. O taxi do aeroporto até o hotel me cobrou 33 dólares. Mas o País, seguindo soube, pelo interior, é um barato de bacana. Um dia volto lá. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.