quarta-feira, 18 de março de 2015

O DIABO NÃO É TÃO FEIO QUANTO PINTAM

DIABINHOS BONITOS - Existem os diabinhos até bonitinhos, vermelhinhos, como dizia o saudoso Carlos Valadares, meu companheiro de bancada na TV Record por cinco anos. E acrescentava: "são aqueles diabinhos vermelhinhos, simpáticos, risonhos, sentados na beira dos copos e insistindo com a gente - "bebe, bebe logo, senão esquenta..." Eu mesmo cheguei a anunciar aqui que o jogo de hoje entre Independiente x Atlético, em Santa Fé, Colômbia, pelo Grupo l da Libertadores seria decisivo pros mineiros. Uma derrota, colocaria o Galo fora da competição. Não é verdade.

MANIA DERROTISTA - A verdade que a derrota complicaria muito a vida dos atleticanos, mas o empate deixaria o Galo confortavelmente em último lugar, mas podendo chegar a classificação porque terá os jogos do returno da chave l. Então o diabo não é tão feio assim. Dois desses jogos serão no Independência, aumentando as chances do Atlético. É eterna mania de derrotista nossa, brasileiros, que enxergamos de viés qualquer pequeno problema a ser enfrentado. Não veem aí o que fazem com a presidente Dilma. Perderam nas urnas, querem ganhar no tapetão. Heita Brasil dos diabos, sô!

CRUZEIRO MELHOR NA FITA - O time de Marcelo Pacote Oliveira tá melhor na fita porque tem dois empates: um fora, outro em casa. Joga nesta quinta-feira,na Venezuela, onde nunca perdeu e espero que não seja a zebra da rodada justo agora, e caso vença o Mineros local chega a cinco pontos. Tá bom demais. Terminar em primeiro lugar no grupo é a meta, visto que deixaria o vencedor numa caminhada boa, sempre com as decisões nos mata-matas em casa. Com o Galo não foi assim? Mas viram o aperto que o time do Cuca passou, né. O negócio é subir degrau por degrau. Como faço aqui na pirambeira da rua Abre Campo, quando a pé vou em direção à minha favelinha particular, um prédio sujo e feio. Subo de vagar, degrau por degrau, roendo minha goiabinha vermelha lá de Rio Casca, sem ligar pra vida de durango. O importante é chegar...


FALANDO EM CUCA - O ex-comandante atleticano (foto), campeão continental, ganhando um milhão de dólares por mês, não anda bem na China.Seu Shandong Luneng perdeu a segunda partida seguida, em três disputas na Liga dos Campeões da Ásia, a Libertadores deles. Sob o comando de Cuca, o Shandong Luneng acaba de sofrer a sua segunda derrota em três partidas, dessa vez pela Liga dos Campeões da Ásia. Cuca deu uma de arrogante, o que não é o seu estilo e disse: "Se quiserem mudar o técnico, não há problema. Todo dia tem voo da China para o Brasil".

NADA DE REFORÇOS - Segundo Cuca, o "time fez o melhor que podia, a performance foi boa, após a derrota de 2 a 1 para o Kashiwa Reysol, do Japão. A derrota complicou a vida do time de Cuca, que está em terceiro lugar no Grupo E, com apenas três pontos. Empatados estão Kashima e Jeonbuk com sete pontos, em primeiro lugar. Ainda assim, Cuca não quer reforços e pretende, se ficar, esperar até o final do ano pra mexer no elenco, que conta com os meias Montillo e Júnior Urso, além do atacante Aloisio, o Boi Bandido..



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escolha a melhor forma de se identificar em Comentar como: Depois pitaque à vontade.